Autenticação | |             Cadastre-se |
Pesquisar

ABLV - Academia Brasileira de Laringologia e Voz

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

30/08/2019

A ACADEMIA BRASILEIRA DE LARINGOLOGIA E VOZ - ABLV, inscrita no CNPJ. 06.103.662/0001-73, vem, através do presente edital, e por meio de seu Diretor-Presidente, de acordo com o estatuto vigente, levar ao conhecimento de todos os associados, a Assembleia Geral Ordinária, a realizar -se no dia 31 de outubro de 2019 das 12:30 às 14:00 durante o 49º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico - Facial, no centro de Internacional de Convenções do Brasil, localizado St de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Conjunto 63, lote 50 - Asa Sul - CEP 70200-002, Brasília-DF, a qual ocorrerá para deliberarem a seguinte ordem do dia

Para visualizar o Edital clique aqui

São Paulo, 30 de agosto de 2019.

Dr. Gustavo Polacow Korn
Presidente da ABLV

Eleições 2019 | Chapa inscrita na Academia Brasileira de Laringologia e Voz - ABLV

25/07/2019

DIRETORIA EXECUTIVA

Presidente - Fabrizio Romano
  
Vice-presidentes regionais:

Norte-Nordeste - Thiago Bezerra
Centro-Oeste - Maria Julia Issa
Leste - Henrique Ramos
São Paulo Capital - Fabio Pinna
São Paulo Interior - Fabiana Valera
Sul - Camila Meotti

Secretário: Otavio Piltcher

Tesoureiro: Marco Cesar Jorge

Diretor de Relações Exteriores: Marcio Nakanishi

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÕES GERAIS

02/07/2019

A ACADEMIA BRASILEIRA DE LARINGOLOGIA E VOZ - ABLV, inscrita no CNPJ sob o nº 06.103.662/0001-73, com sede à Av. Indianópolis, 1.287, Bairro Planalto Paulista, na cidade de São Paulo, neste ato representado por seu Presidente - Dr. Gustavo Polacow Korn, vem através do presente, COMUNICAR aos seus  associados, de acordo com o Estatuto Social em vigor, que PROMOVERÁ, as eleições para Diretoria Executiva e Conselho Fiscal, sendo seus resultados, respectivamente, proclamados e referendados na Assembleia Geral Ordinária que será realizada em 31 de outubro de 2019, por ocasião do 49º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, em Brasília/DF.

Para visualizar o Edital clique aqui.

São Paulo, 03 de julho de 2019.

Dr. Gustavo Polacow Korn
Presidente da ABLV

ABLV convida para o World Phonosurgery Congress 2019

07/02/2019

Clique aqui para ler o convite oficial.

A Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) informa aos seus associados sobre o convite realizado pelo comitê de organização do World Phonosurgery Congress 2019 para o evento, que será realizado nos dias 05 e 06 de setembro em Buenos Aires, Argentina.

Entre os temas que serão abordados no evento, destacam-se: anatomia e fisiologia da produção vocal, lesões benignas e malignas da laringe, voz fala e voz cantada, emergências vocais, casos desafiantes, o futuro da laringologia, fonocirurgia (laser, coblation e instrumentos frios), treinamento vocal vs. tratamento vocal.

A Sociedad Argentina de la Voz (SAV) e Asociación Internacional de Fonocirugía (IAP) são as organizações locais responsáveis pelo apoio à organização do evento. Para mais informações e para inscrições, basta acessar o site do evento: www.phonosurgery2019.com.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

03/09/2018



Para visualizar o Edital clique aqui.



CONFIRA OS RESULTADOS DO SORTEIO DA CAMPANHA DA VOZ

23/05/2018

No dia 22 de maio de 2018, às 7h, foi realizado na sede da ABORL-CCF o sorteio entre os postos que mais realizaram atendimentos durante a 20ª Edição da Campanha da Voz. O sorteio foi realizado pelo presidente da ABLV e Coordenador da Campanha, Dr. Gustavo Korn, pelo diretor da Associação, Sr. Carlos Roberto e Renato Batista Staff da ABORL-CCF.

A quantidade de senha que cada posto de atendimento teve durante o sorteio foi proporcional ao número de atendimentos realizados, sendo que uma ficha corresponde a uma dezena de atendimentos. Foram sorteadas 10 inscrições para cursos do IOCP, 10 inscrições para o Congresso da FORL e 10 inscrições para o Congresso da SBCCP.

Confira a lista dos premiados!

10 inscrições para cursos do IOCP

              1. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA 

              2. OTORRINOCENTER MOC

              3. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA

              4. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA

              5. HOSPITAL GETÚLIO VARGAS - AMBULATÓRIO AZUL

              6. HOSPITAL CORONEL MOTA

              7. HOSPITAL OTORRINO CENTER

              8. HOSPITAL CORONEL MOTA

              9. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA

              10. ESCOLA BAHIANA DE MEDICINA E SAÚDE PÚBLICA - ADAB ( AMBULATÓRIO DOCENTE ASSISTENCIAL DA BAHIANA )


10 inscrições para cursos do SBCCP

              1. SANTA CASA DE BARRA DO PIRAÍ

              2. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES

              3. SERVIÇO DE OTORRINOLARONGOLOGIA HUAP-UFF 

              4. ORL BOSAIPO 

              5. COFE CENTRO DE OTORRINOLARINGOLOGIA E FONOAUDIOLOGIA ESPECIALIZADO 

              6. ESPAÇO CLÍNICO GONIK DIAS 

              7. HOSP GOVERNADOR CELSO RAMOS 

              8. ESCOLA BAHIANA DE MEDICINA E SAÚDE PÚBLICA - ADAB ( AMBULATÓRIO DOCENTE ASSISTENCIAL DA BAHIANA ) 

              9. SERVIÇO DE OTORRINOLARINGOLOGIA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PORTO ALEGRE - AMBULATÓRIO I 

              10. HOSP GOVERNADOR CELSO RAMOS   



10 inscrições para cursos do FORL

              1. HOSP GOVERNADOR CELSO RAMOS 

              2. SERVIÇO DE OTORRINOLARINGOLOGIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO GAFFRÉE E GUINLE DA UNIRIO 

              3. SERVIÇO DE OTORRINOLARINGOLOGIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO GAFFRÉE E GUINLE DA UNIRIO 

              4. SERVIÇO DE OTORRINOLARINGOLOGIA DO HOSPITAL SÃO LUCAS COPACABANA 

              5. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA 

              6. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA 

              7. HOSPITAL GETÚLIO VARGAS - AMBULATÓRIO AZUL 

              8. HOSPITAL SANTO ANTÔNIO / OBRAS SOCIAIS IRMÃ DULCE - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA 

              9. SERVIÇO DE OTORRINOLARINGOLOGIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO BETTINA FERRO DE SOUZA DA UFPA 

              10. HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - AMBULATÓRIO DE OTORRINOLARINGOLOGIA 


Veja o vídeo do sorteio!

Sorteio | Campanha da Voz from ABORL-CCF Comunicação on Vimeo.

Sorteio | Campanha da Voz

18/05/2018

Prezado associado,

É com muito prazer que realizaremos, no dia 22 de maio de 2018, às 7h, o sorteio entre os postos que mais realizaram atendimentos durante a 20ª Edição da Campanha da Voz. Os prêmios serão sorteados para os postos de atendimento e cada um destes serviços irá distribui-los entre seus integrantes.

A quantidade de senhas que cada posto de atendimento terá durante o sorteio será proporcional ao número de atendimentos realizados, sendo que uma ficha corresponde a uma dezena de atendimentos.

O sorteio será gravado e disponibilizado no site da ABLV e da ABORL-CCF. A ordem de sorteio será:

- 10 inscrições para cursos do IOCP;
- 10 inscrições para o Congresso da FORL;
- 10 inscrições para o Congresso da SBCCP.

Não deixe de conferir e prestigiar mais essa conquista!

Att,

Dr. Gustavo Korn
Presidente da ABLV

Cerimonia de Abertura | Campanha da Voz 2018

27/04/2018

Cerimonia de Abertura | Campanha da Voz 2018 from ABORL-CCF Comunicação on Vimeo.

Cerimônia de Abertura da Campanha Nacional da Voz Palestra sobre “Voz da Sociedade & Voz da Garganta”

20/04/2018

Acesse aqui o conteúdo

A Campanha Nacional da Voz 2018 agradece o apoio das seguintes entidades e instituições

11/04/2018

Mensagem de um voluntário anônimo

29/03/2018

Mensagem de um voluntário anônimo. Estranha sensação, essa agitação me traz a lembrança de um poema-oração dedicado por um paciente a seu médico, em que clama a Deus que o proteja, para que a ferida que ele pensa (cuida) não lhe faça mal. Pois é isso, por mais que nos sintamos no caminho de uma festa - afinal o que seria tal Campanha, senão um sério festejo da capacidade de fazer juntos? - nos entristece um pouco que seja (mas não desanima), perceber que, talvez por descuido próprio ou divino, alguns colegas não foram devidamente protegidos, e se veem hoje feridos, médicos mutilados, carentes da essência. Seria culpa do sistema, da rotina ou do noticiário, ou do salve-se quem puder moral no barco nacional em que navegamos? Seus corações de estudante ou residente, sob uma insidiosa anestesia monetária, teriam sido arrancados, há evidências, ou pior, trocados por um pobre espírito de trocador, acumulador compulsivo de vantagens, guias e faturas. Alguns no sufoco, inimaginável por vezes, é verdade, teriam boa desculpa, mas choca ouvir um não, um não tenho nada com isso, um não topo enxugar gelo, é fria, um não tenho tempo para isso e um tenho mais é que pagar minhas contas. É, talvez, mas quem não poderia parar um dia por gripe, tendinite ou afonia, ou por tantas viagens, passeios e compras, e ainda bem vivo e saudável, dedicar um período que fosse a um ato solidário? E, ao invés de restar solitário e inexplicado a si próprio, no fundo envergonhado por razões que torturam seu diploma, poderia estar se aprontando para a festa, antes de seu final. Me dizem certos, afinal ninguém pode ser obrigado; mas fala sério! Não seria sem noção assumir tal omissão? Um irresponsável não-ato médico? Será que de fato todos percebem o tempo correndo, e de qual festa maior, vibrante aquarela, estamos falando, ou na mais negada verdade, vivendo ou vendo passar? E digam-me, como se alerta um médico sobre o risco que corre de perder seu Bem mais valioso? Será que lendo, esta pena enfim espeta fundo esse homem e o desperta a tempo da Festa? E vamos nessa!? Vamos juntos começar a resolver esse nosso problema!?

E vejam, não poderia faltar a voz nordestina! Ouçam aqui o que tem nos a dizer (e cantar) Geraldo Azevedo, voluntário da Campanha Nacional da Voz

27/03/2018



Vejam agora o que Elisa Lucinda, voluntária da Campanha Nacional da Voz, tem a dizer

23/03/2018

Dr. Márcio Abrahão, presidente da ABORL-CCF, fala sobre a Campanha da Voz 2018

22/03/2018

Dr. Márcio Abrahão, presidente da ABORL-CCF, fala sobre a Campanha da Voz 2018 from ABORL-CCF Comunicação on Vimeo.

Dr. Gustavo Korn fala sobre a 20° Campanha da Voz

22/03/2018

Dr. Gustavo Korn fala sobre a 20° Campanha da Voz from ABORL-CCF Comunicação on Vimeo.

Vem aí a 20ª Semana Nacional da Voz

22/03/2018

Campanha contará com Postos de Atendimento Voluntário por todo o país. Ação visa atender aos que buscarem auxílio e, por meio de uma triagem, encaminhar os que necessitam para tratamento


Alertar o maior número possível de pessoas a respeito dos riscos e consequências da falta de cuidados com a garganta e o aparelho fonador é o foco da Semana Nacional da Voz, campanha iniciada em 1999 e que é promovida em parceria pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF), pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP).

Retomando o mote inicial: "Afine a sua Saúde. Cuide da sua voz", a ação em 2018 aponta o fato de que hoje muitos querem falar, mas poucos desejam ouvir, buscando levar à discussão como lidar com as diferentes vozes num mundo com tanta diversidade. "Na manhã do domingo, dia 15 de abril, realizaremos a Cerimônia de Abertura no Museu do Amanhã, na Praça Mauá, Centro do Rio de Janeiro. Vamos falar sobre intolerância, falta de capacidade de dialogar e promover debates inteligentes em que os vários lados das questões se expressem e se respeitem, bem como a importância de exercermos, como médicos e instituições, nossa parcela de responsabilidade social", declara o médico Marcos Sarvat, um dos coordenadores da Campanha.

Neste ano, o grande diferencial da ação é a disponibilização de Postos de Atendimento. "Prevemos uma alta procura da população a estes pontos, já que existe uma notória demanda reprimida, cidadãos com pouco acesso à saúde em geral e sem planos e seguros de saúde. Temos como missão a avaliação e possível detecção de enfermidades de boca, faringe e laringe e, nestes casos, o encaminhamento para o devido tratamento", afirma o presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF), Marcio Abrahão.

Aracaju, Belém, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Manaus, Natal, Recife, Salvador e Vitória são algumas das muitas cidades que oferecerão serviços à população. No caso de a demanda ultrapassar a capacidade de atendimento dos postos participantes, Marcos Sarvat explica como será o procedimento. "Postos cheios não significam um problema; o tamanho da fila mede o sucesso da ação. Se, porventura, a capacidade de atendimento for superada, serão entregues senhas, de acordo com a ordem de chegada, remarcando a avaliação para dias subsequentes", detalha o otorrinolaringologista.

De acordo com o presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV), Gustavo Korn, que também atua na coordenação da Campanha, muitas vezes as pessoas não levam a sério problemas apresentados na garganta e na voz, que é a principal ferramenta de comunicação do ser humano. "Um problema de voz reflete muito mais que uma simples dificuldade na produção do som básico para a fala, podendo interferir na própria habilidade de se comunicar. É fundamental que as pessoas tenham total consciência da importância em cuidar bem da voz e, no caso de qualquer sinal de problema, procure por ajuda especializada para identificar o motivo, definir o tratamento adequado e resolver a questão antes que algo de mais grave ocorra", finaliza o médico.

A relação de postos para atendimento está disponível no site da Campanha:

www.semanadavoz.com.br


Informações à Imprensa: ADCom Comunicação Empresarial

Fone: (11) 3825-7171

www.adcompress.com.br

Eleições 2017 | Chapa inscrita na Academia Brasileira de Laringologia e Voz – ABLV

09/10/2017

Chapa única - Colégio eleitoral divulga a chapa inscrita na Academia Brasileira de Laringologia e Voz - ABLV.

Os membros serão aclamados na assembleia que acontecerá durante o 47º CBO.

 

Diretoria Executiva

Diretor Presidente - GUSTAVO POLACOW KORN

Diretor Vice Presidente - HUGO VALTER LISBOA RAMOS

Diretor Secretário Geral - RUI IMAMURA

Diretor Secretário Adjunto - SILVIO JOSE DE VASCONCELOS

Diretor Tesoureiro Geral - BRUNO TEIXEIRA DE MORAES

Diretor Tesoureiro Adjunto - LUIZ HENRIQUE FONSECA BARBOSA

Diretor de Comunicação e Publicações - NATASHA MASCARENHAS ANDRADE BRAGA

Diretor de Eventos e Cursos - LUCIANA MIWA NITA WATANABE


Conselho Fiscal

Conselheiro -  ADRIANA HACHIYA

Conselheiro - JOSÉ EDUARDO DE SÁ PEDROSO

Conselheiro - PAULO SERGIO LINS PERAZZO

Conselheiro Suplente - BRUNO DE REZENDE PINNA

Conselheiro Suplente - CLAUDINEY CANDIDO COSTA

Conselheiro Suplente - PABLO ALVES AUAD MOREIRA

Comissão aprova, na Câmara Federal, política de saúde vocal para professores

03/08/2017

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou proposta que institui a Política Nacional de Saúde Vocal. O objetivo é garantir, no Sistema Único de Saúde (SUS), a oferta de ações de prevenção e de assistência ligadas à saúde dos profissionais que trabalham com o uso da voz, como os professores.

O texto prevê a avaliação anual desses profissionais por médicos otorrinolaringologistas, psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais. Também serão oferecidos programas periódicos de capacitação e treinamento para o uso adequado da voz, além de ações de reabilitação dos profissionais acometidos por lesões vocais ou laríngeas.

Por fim, a proposta prevê incentivos ao desenvolvimento e à adoção de tecnologias de ensino que reduzam o esforço vocal.

Substitutivo

O texto aprovado é um substitutivo apresentado pelo deputado Diego Garcia (PHS-PR) ao Projeto de Lei 2776/11, do deputado Saraiva Felipe (PMDB-MG). O substitutivo reúne elementos do projeto original e do texto aprovado anteriormente na Comissão de Educação.

Em relação ao projeto original, o substitutivo da Comissão de Seguridade estende as disposições da política a outros profissionais que trabalham com a voz, e não apenas a professores. O texto também deixa claro que os detalhes acerca da política serão estabelecidos em regulamento posterior, sem maiores especificações.

Diego Garcia observou que professores, principalmente, sofrem mais de problemas vocais que o restante da população e acabam faltando ao trabalho em decorrência disso. Tal absenteísmo, ressaltou o deputado, gera encargos previdenciários, uma vez que um professor substituto deve entrar no lugar do ausente, sendo que os dois precisam ser pagos.

"Se aprovado, o projeto de lei trará ao ordenamento jurídico pátrio um conjunto de normas básicas que auxiliarão os profissionais de educação na verdadeira fruição do direito à saúde", disse Garcia.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será examinado ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte:Politica Distrital

Edital de Convocação para Eleições Gerais Academia Brasileira de Laringologia e Voz - ABLV

28/07/2017

A ACADEMIA BRASILEIRA DE LARINGOLOGIA E VOZ - ABLV, inscrita no CNPJ sob o nº 06.103.662/0001-73, com sede à Av. Indianópolis, 1.287, Bairro Planalto Paulista, na cidade de São Paulo, neste ato representado por seu Presidente - Dr. Luciano Rodrigues Neves, vem através do presente, COMUNICAR aos seus  associados, de acordo com o Estatuto Social em vigor, que PROMOVERÁ, no período de 15 de setembro a 05 de outubro de 2017, as eleições para Diretoria Executiva, sendo seus resultados, respectivamente, proclamados e referendados na Assembleia Geral Ordinária que será realizada em 02 de novembro de 2017, por ocasião do 47º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, em Florianópolis/SC.
 

Para visualizar o Edital clique aqui.

Manaus promove evento em alusão ao Dia Mundial da Voz

13/04/2017

O Serviço de Otorrinolaringologia e Fonoaudiologia do Hospital Universitário Getúlio Vargas de Manaus, em parceria com a Secretaria de Estado e Educação, promoverão, no dia 17 de abril, no Auditório Dr. Zerbini (da Faculdade de Medicina da UFAM), um Ciclo de Palestras alusivo ao "Dia Mundial da Voz". O evento ocorre a partir das 13h30 e é voltado a profissionais da voz em geral, fonoaudiólogos, acadêmicos em fonoaudiologia e otorrinolaringologia, professores e cantores.

O evento beneficiará aproximadamente 120 professores da Rede Estadual de Educação, os mesmos passarão por orientação, triagem fonoaudiológica vocal, encaminhamento para realizar o exame de laringoscopia e terapia fonoaudiológica para os que apresentarem patologias vocais.

"A celebração do Dia Mundial da Voz é de extrema importância e representa uma oportunidade única de disseminar conhecimento, orientar a população, promover ações de saúde e auxiliar no encaminhamento adequado de problemas potenciais ou reais", declarou a Dra. Nina Raisa Brock, Profª da Disciplina Otorrinolaringologia da UFAM.

Serviço
O que: Ciclo de Palestras em alusão ao Dia Mundial da Voz
Onde: Auditório da Faculdade de Medicina da UFAM - Dr. Zerbini
Endereço: Rua Afonso Pena, 1053 - Praça 14 de Janeiro - Manaus
Quando: Dia 17 de abril de 2017
Horário: a partir das 13h30

CELEBRIDADES APOIAM DIA MUNDIAL DA VOZ PARA ALERTAR SOBRE IMPORTÂNCIA DA SAÚDE VOCAL

11/04/2017

Fernanda Machado e Cecília Lemes - atriz e dubladora - são algumas das personalidades que apoiam a 19º Campanha Nacional da Voz e 15º Dia Mundial da Voz.

A voz é um aspecto importantíssimo na comunicação humana, expressando muito de quem somos. Ela é capaz de revelar detalhes da nossa personalidade, estado de humor, condição emocional, sexo e idade aproximada.

Um grande número de profissionais tem na voz a principal ferramenta de trabalho. Além da classe artística (cantores, atrizes e atores, dubladores, locutores), fazem parte deste grupo professores, palestrantes, advogados, jornalistas, feirantes, operadores de telemarketing e muitos outros. A voz pode ser usada durante jornadas de trabalho de até oito horas diárias. Isso, entretanto, exige que o profissional intercale o uso da voz com períodos de descanso.

"A voz é a principal ferramenta de comunicação do corpo humano e, por isso, deve ser utilizada da melhor forma. No caso de alterações na voz ou rouquidão que dure mais de 14 dias, destacamos a importância da avaliação desse paciente, pois um dos possíveis diagnósticos é o câncer de laringe" alerta o otorrinolaringologista Dr. Gustavo Korn, coordenador da 19º Campanha Nacional da Voz, que, em 2017, tem como tema "Dê VOZ ao que é Bom".
Esse cuidado é importante porque alterações na voz podem ser os primeiros sintomas de algumas doenças, como nódulos, pólipos e, até mesmo, do câncer de laringe. "Quando diagnosticado precocemente, o câncer de laringe tem grandes chances de cura", orienta Dr. Korn.

"A avaliação médica permite o diagnóstico da alteração na voz e, baseado nessa informação, o paciente é orientado sobre o melhor tratamento, que pode variar desde cuidados gerais, medicamentos, terapia de voz com um fonoaudiólogo, e, em alguns casos, tratamento cirúrgico", orienta Dr. Luciano Neves, presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz.

"Algumas dicas importantes para prevenir problemas na laringe são não fumar, não forçar a voz, gritar e até cochichar, não pigarrear, consumir bastante água em temperatura ambiente, evitar consumo de álcool e evitar alimentos que causem azia ou má digestão", orienta Dra. Wilma Anselmo Lima, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF).

 

Dia da Voz

O Dia Mundial da Voz, no Brasil realizado pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) com apoio da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), tem como principal objetivo provocar reflexão sobre a importância da saúde vocal, uma vez que ela é um aspecto importante da convivência social. Este ano, as comemorações acontecem no Parque do Povo, em São Paulo, das 9h às 17h, com a realização de atividades lúdicas e de orientação, gratuitas a toda a população. Confira mais detalhes no site www.ablv.com.br ou no Facebook da Campanha da Voz (facebook.com/campanha.davoz).

15º Dia Mundial da Voz e 19ª Campanha Nacional da Voz
Quando: 16 de abril (domingo)
Horário: Das 9h às 17h.
Local: Parque do Povo (Av. Henrique Chamma, 420 - Chácara Itaim)
Entrada franca.
*Materiais educativos sobre o aparelho vocal estarão à disposição do público, gratuitamente. Dúvidas também poderão ser esclarecidas com profissionais da saúde.
_______________________________________________________________
Campanha da Voz - Dia Mundial da Voz (16 de abril)
Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)
Assessoria de imprensa: Time Comunicação - 3667-6320
Jornalistas: Paula Saletti (psaletti@timecomunicacao.com.br).

ABLV DESTACA 10 DICAS DE CUIDADOS COM A VOZ

11/04/2017

Orientação integra celebração do 15º Dia Mundial da Voz, que contará com evento gratuito no Parque do Povo, em 16 de abril, das 9h às 17h.

O Dia Mundial da Voz, no Brasil realizado pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) com apoio da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), tem como principal objetivo provocar reflexão sobre os cuidados com a saúde vocal. "Por meio de ações de orientação e conscientização, a Campanha da Voz promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção que estamos fazendo", comenta Dr. Gustavo korn, coordenador da 19° edição da Campanha da Voz no Brasil.

"Problemas com o sistema da voz apresentam um impacto muito grande na rotina das pessoas, afetando seu bem-estar social, econômico, profissional e pessoal", avalia a otorrinolaringologista Dra. Wilma Anselmo Lima, presidente da ABORL-CCF.

Por isso, o Dr. Luciano Neves, presidente da ABLV, destaca 10 dicas importantes que podem ajudar a população a cuidar da voz de forma adequada. Confira:

  1. Não fumar;
  2. Não forçar a voz;
  3. Não gritar e não cochichar;
  4. Manter o volume normal da voz e articular bem as palavras;
  5. Evitar falar excessivamente durante exercícios físicos, quando gripado ou com alguma crise alérgica;
  6. Não pigarrear excessivamente;
  7. Ingerir muito líquido em temperaturas fresca ou ambiente;
  8. Evitar bebidas alcoólicas;
  9. Evitar alimentos que causem azia ou má digestão;
  10. Evitar ambientes com poeira, mofo ou cheiros fortes.

 

15º Dia Mundial da Voz e 19ª Campanha Nacional da Voz
Quando: 16 de abril (domingo)
Horário: Das 9h às 17h.
Local: Parque do Povo (Av. Henrique Chamma, 420 - Chácara Itaim)
Entrada Franca
*Materiais educativos sobre o aparelho vocal estarão à disposição do público, gratuitamente. Dúvidas também poderão ser esclarecidas com profissionais da saúde.
_______________________________________________________________
Campanha da Voz - Dia Mundial da Voz (16 de abril)
Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)
Assessoria de imprensa: Time Comunicação - 3667-6320
Jornalistas: Paula Saletti (psaletti@timecomunicacao.com.br)

CAMPANHA MUNDIAL ALERTA PARA IMPORTÂNCIA DA SAÚDE VOCAL

11/04/2017

Com o tema "Dê VOZ ao que é Bom", evento gratuito estimula reflexão com atividades lúdico-culturais no Parque do Povo, em 16 de abril, das 9h às 17h.

O Dia Mundial da Voz, no Brasil realizado pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) com apoio da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), tem como principal objetivo provocar reflexão sobre a importância da saúde vocal, uma vez que ela é um aspecto importante da convivência social. "Problemas com o aparelho fonador têm grande impacto social, econômico, profissional e pessoal, configurando-se como uma das causas de afastamento do trabalho", afirma Dra. Wilma Anselmo Lima, presidente da ABORL-CCF.
Este ano, as comemorações acontecem no Parque do Povo, em São Paulo, das 9h às 17h, com a realização de atividades lúdicas e de orientação, gratuitas para toda a população. "Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção que estamos fazendo. Por meio da conscientização e orientação, buscamos promover um processo de sensibilização permanente em relação à importância dos cuidados com a voz", afirma o otorrinolaringologista Gustavo Korn, coordenador da 19ª Campanha Nacional da Voz.

Entre as ações previstas, está a exposição monitorada de uma laringe inflável gigante, na qual é possível observar a aprender sobre os principais elementos da boca e da laringe, como dentes, língua, amígdalas, úvula e cordas vocais. Ali, crianças e adultos poderão obter informações valiosas de profissionais especializados e perceber como a voz é produzida e quais são as principais doenças que afetam o sistema vocal.

Além disso, a diversão está garantida com a tradicional "Batalha das Goelas", promovida entre beatboxers profissionais e amadores. Para completar, uma cabine acústica convida todos a soltarem a voz e participar de atividades como a narração de lances de uma partida de futebol, transmissão de notícias no estilo do rádio ou cantando em um karaokê. A dupla de palhaços Fuska e Gaiato promete deixar o dia ainda mais divertido, com diversas intervenções junto ao público.

Profissionais da saúde irão orientar a população sobre a importância dos cuidados com a voz, já que alterações no sistema fonador podem ser os primeiros sintomas de doenças como nódulos, pólipos e até mesmo do câncer de laringe. Dados do Instituto Nacional do Câncer apontam que, anualmente, o Brasil registra mais de sete mil casos deste tipo de câncer, muitos dos quais podem ser curados se diagnosticados precocemente. Cuidar da VOZ é cuidar da saúde. Dê VOZ ao que é bom!

Quando: 16 de abril (domingo)
Horário: Das 9h às 17h.
Local: Parque do Povo (Av. Henrique Chamma, 420 - Chácara Itaim)
Ingressos: entrada gratuita.
*Materiais educativos sobre o aparelho vocal estarão à disposição do público, gratuitamente. Dívidas também poderão ser esclarecidas com profissionais da saúde.
_______________________________________________________________
Campanha da Voz - Dia Mundial da Voz (16 de abril)
Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)
Assessoria de imprensa: Time Comunicação - 3667-6320
Jornalistas: Paula Saletti (psaletti@timecomunicacao.com.br)

Terra | Campanha mundial alerta sobre importância da saúde vocal

10/04/2017


19ª Campanha Nacional da Voz ocorre em 16 de abril no Parque do Povo, em São Paulo

31/03/2017

A Campanha Nacional da Voz tem como objetivo primordial conscientizar a população sobre os cuidados necessários em relação ao sistema vocal, já que um problema de voz reflete muito mais que uma simples dificuldade na produção do som básico para a fala, podendo interferir na própria habilidade de se comunicar. Celebrado em 16 de abril, o evento será realizado no Parque do Povo, em São Paulo, das 9h às 17h, e conta com diversas atrações para despertar o interesse do público.

Neste ano, entre outras atividades, está confirmada a presença de artistas circenses, desafio de Beat Box, cabine de Karaokê e uma laringe gigante, que sempre chama muito a atenção de adultos e crianças. "Trata-se de uma superestrutura inflável em formato de boca imensa. Os visitantes, que podem entrar nela, conferirão os principais elementos da boca e da laringe, como dentes, língua, amígdalas, úvula e cordas vocais", detalha o otorrinolaringologista Dr. Gustavo Korn, coordenador do evento.

O especialista detecta que, muitas vezes, as pessoas não levam a sério problemas apresentados na voz, que é a principal ferramenta de comunicação do ser humano. "Por meio de ações de orientação e conscientização, a campanha promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. Ela tem papel fundamental na informação constante da sociedade sobre os cuidados necessários com o sistema vocal", alerta o médico.

O evento é organizado, em parceria, pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). "Realizada desde 2003, a campanha é a ação social de maior tradição da Otorrinolaringologia brasileira, promovendo projetos integrados em países como EUA, Espanha, Portugal, Bélgica, Suíça, Itália, Argentina, Chile, Venezuela e Panamá", finaliza Dr. Gustavo Korn.

Serviço
O que: 19ª Campanha Nacional da Voz;
Data: 16 de abril de 2017;
Local: Parque do Povo;
Endereço: Avenida Henrique Chamma, 420 - Itaim, São Paulo;
Horário: das 9h às 17h.

Edital de Convocação para Assembléia Geral Ordinária

29/09/2016

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

A ACADEMIA BRASILEIRA DE LARINGOLOGIA E VOZ - ABLV, inscrita no CNPJ. 06.103.662/0001-73, vem, através do presente edital, e por meio de seu Diretor-Presidente, de acordo com o estatuto vigente, levar ao conhecimento de todos os associados, a Assembleia Geral Ordinária, a realizar -se no dia 04 de novembro de 2016 das 12:45 às 14:00,durante o 46º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico - Facial, a qual ocorrerá para deliberarem a seguinte ordem do dia:

Ordem do Dia

1 - Aprovação da ATA anterior
2 - Apresentação do relatório da gestão
3 - Apresentação do relatório financeiro durante a gestão
4 - Aprovação das mudanças Estatutárias (clique aqui)
5 - Assuntos Gerais

Em referência a ATA da Assembleia anterior e relatório financeiro mencionado na da ordem do dia, estarão os mesmos disponibilizados no endereço eletrônico da ABLV - www.ablv.com.br, para análise dos associados interessados, eis que na Assembleia estará se propondo a não leitura dos mesmos.
Não havendo na hora acima indicada número legal de associados para a instalação dos trabalhos em primeira convocação, a Assembleia será realizada 30 (trinta) minutos após, no mesmo dia e local, com os mecanismos a atender os quóruns estatutários.

São Paulo, 29 de setembro de 2016.

Dr. Luciano Rodrigues Neves
Presidente da ABLV

Começou a 18ª Campanha Nacional da Voz da ABLV

14/04/2016

O centro de Brasília, no Distrito Federal, recebe hoje a Laringe Inflável Gigante das 9h às 17h

Desde cedo a Laringe Gigante está recebendo o público em sua superestrutura inflável em formato de boca gigante. Lá, os visitantes estão conferindo os principais elementos da boca e laringe, como dentes, língua, amígdalas, úvula e cordas vocais.

O evento já foi destaque televisivo logo cedo pelo canal local da Rede Globo e já recebeu centenas de crianças que ficaram curiosas e encantadas com os detalhes da exposição.

No sábado, 16 de abril, a campanha continua sob o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö, em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, com diversas atrações.

 

 

 

 

 

Dr. Gustavo Korn – "Estamos pensando grande neste ano"

14/04/2016

O diretor da ABLV e Coordenador nacional da Campanha da Voz, Dr. Gustavo Korn, fala em entrevista exclusiva sobre esta 18ª edição, que ocorrerá no dia 16 de abril, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Confira!
Como a Campanha da Voz contribui para a expansão de informações para o público sobre os cuidados com a saúde vocal?
Gustavo Korn: Por meio de ações de orientação e conscientização, a Campanha da Voz promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa Campanha é um tijolo na grande construção que estamos fazendo.

Quais as principais orientações direcionadas ao público durante o evento?

GK: Ressaltamos que a voz é a principal ferramenta de comunicação do corpo humano e, por isso, deve ser utilizada da melhor forma. No caso de alterações na voz ou rouquidão que dure mais de 14 dias, destacamos a importância da avaliação desse paciente, pois, um dos possíveis diagnósticos é o câncer de laringe. Por isso, é fundamental a procura por um médico otorrinolaringologista. O diagnóstico precoce aumenta expressivamente as chances de cura. Destacamos, também, a importância no cuidado com a voz, lembrando que mais de um terço da população é constituído por profissionais da voz, isto é, profissionais que dependem do uso da voz para o seu trabalho. O uso adequado, sem abusos e excessos, deve ser promovido. Além do otorrinolaringologista, o fonoaudiólogo tem um importante papel principalmente no tratamento de muitas doenças que comprometem o trato vocal.


Neste ano, as ações da campanha estão diferentes e mais interativas. Comente essa reformulação.

GK: Durante muitos anos, a principal atração da nossa Campanha era a Laringe Gigante, que neste ano, será apresentada em Brasília, graças ao empenho da nossa querida colega Dra. Luciana Miwa Watanabe. Com a importante sugestão do nosso presidente Dr. Domingos Tsuji de tentar descentralizar a campanha neste ano, conseguimos, com o mesmo orçamento das campanhas anteriores, montar uma edição em três grandes cidades: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Teremos o Flash Mob, uma novidade em importantes pontos turísticos dessas cidades, e esperamos uma mobilização expressiva dos visitantes dos locais para cantar com a gente! Em São Paulo, teremos mais atrações! No último ano tivemos dois Beat Boxers, e neste ano teremos 8! E uma ôbatalha entre elesö. Além disso, o Wendel Bezerra, dublador, a voz do Bob Esponja, estará com a gente! E por fim, com apoio importante da Strepsils, teremos a cabine ôSolte a Sua Vozö, que após o evento será doada para a ABORL-CCF.  Graças ao apoio da Strepsils, ampliamos a atuação da campanha, mesmo nessa situação de crise política e econômica. Estamos pensando grande!!!

 

O senhor é o coordenador do projeto pelo 7º ano consecutivo. Como tem sido a evolução desse trabalho social desde 2010?

GK: Nossa Campanha vem crescendo ao longo dos anos, ganhando cada vez mais visibilidade. A Campanha que teve origem no Brasil e se tornou, em 2003, uma Campanha Mundial. É a maior Campanha da Otorrinolaringologia Brasileira e, a cada ano, batalhamos para torná-la cada vez maior. Coordenar a campanha nesses anos é uma honra e um desafio que abraço com muito carinho. Esperamos no próximo ano que a Campanha Nacional da Voz seja unificada com a fonoaudiologia. Há 2 anos, após intensas conversas e reuniões com a Dra. Marcia Menezes (fonoaudióloga), junto com uma comissão mista de otorrinos e fonos, estamos caminhando para essa importante união.
O senhor tem alguma consideração final?
GK: Como já disse em outros anos, o sucesso da Campanha depende de um trabalho em equipe. Quero muito agradecer ao presidente da ABORLCCF, Dr. Domingos Tsuji, presidente da ABLV, Dr. Luciano Neves, ao incrível Staff da ABORL-CCF e a Sintonia, empresa parceira de tantos anos com um incrível apoio, que conseguimos realizar nossa 18ª edição da Campanha da Voz. Meus sinceros agradecimentos a todos os colegas que nos apoiam e nos prestigiam. Convido e conto com o apoio de todos neste sábado. ôAfine sua saúde. Cuide da Sua Vozö. Um forte abraço!!!!

18ª CAMPANHA NACIONAL DA VOZ PROMOVE FLASH MOB NO RIO DE JANEIRO

08/04/2016

A ação aborda a importância dos cuidados com o aparelho fonador e visa à exaltação da voz
 
No dia 16 de abril, a Praça Mauá, ao lado do Museu do Amanhã, e a Praça XV, parte da cidade olímpica, no Rio de Janeiro, receberão a Campanha Nacional da Voz, que comemora sua 18ª edição com o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, e promoverá uma intervenção cultural gratuita para a população com o objetivo de alertar sobre as principais doenças que afetam o aparelho fonador e a importância da voz para a comunicação humana.

Nos locais, o público poderá assistir e participar de um flash mob com dez artistas cantando um mix de sucessos no estilo acapella.  Crianças e adultos terão a possibilidade de exaltar a sua voz. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem a região da cabeça e pescoço e 2% de todas as doenças malignas. A estimativa do INCA é que, em 2016, sejam registrados  7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres.
Em alguns casos, os médicos são procurados quando os problemas vocais já estão agravados. Sintomas como ardor, pigarro, rouquidão, irritabilidade, dor no pescoço, dificuldade em engolir e a sensação de que existe ôuma bola na gargantaö são importantes sinais de alerta. A prevenção pode passar por atitudes simples como não falar alto, não beber líquidos gelados, não fumar, evitar bebidas alcoólicas, cuidados na alimentação, tomar bastante água e dar pequenas pausas para as cordas vocais durante o dia. 
Reconhecida internacionalmente, a campanha é promovida desde 2003 pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Pelo sétimo ano consecutivo, tem a coordenação do otorrinolaringologista, Dr. Gustavo Korn. "Por meio de ações de orientação e conscientização, promovemos uma sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção do que estamos fazendo", destaca o especialista.

 

Serviço:
18ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16 de abril de 2016
Local: Praça Mauá (Museu do Amanhã) e Praça XV.
Endereço: Av. Rodrigues Alves, 135 - Centro, Rio de Janeiro û RJ
Endereço: Praça Quinze de Novembro - Centro, Rio de Janeiro - RJ
Horário: 11h30, 12h30 (Praça Mauá); 14h30 e 15h30 (Praça XV).

ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

 

Atendimento à imprensa û Sintonia Comunicação
(11) 3542.5264 ò 3542.5267 ò 3542.5269
Gabriela Rocha
gabriela@sintonia.com.br

18ª CAMPANHA NACIONAL DA VOZ PROMOVE FLASH MOB EM BELO HORIZONTE

08/04/2016

Ação aborda a importância dos cuidados com o aparelho fonador e visa à exaltação da voz
 
No dia 16 de abril, a Praça Rui Barbosa, mais conhecida como Praça da Estação, em Belo Horizonte, receberá a 18ª Campanha Nacional da Voz, que comemora sua 18ª edição com o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, e promoverá uma intervenção cultural gratuita para a população com o objetivo de alertar sobre as principais doenças que afetam o aparelho fonador e a importância da voz para a comunicação dos seres humanos.  

No local, o público poderá assistir e participar de um flash mob com dez artistas cantando um mix de sucessos no estilo acapella.  Crianças e adultos terão a possibilidade de exaltar a sua voz. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem a região da cabeça e pescoço e 2% de todas as doenças malignas. A estimativa do INCA é que, em 2016, sejam registrados  7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres.
Em alguns casos, os médicos são procurados quando os problemas vocais já estão agravados. Sintomas como ardor, pigarro, rouquidão, irritabilidade, dor no pescoço, dificuldade em engolir e a sensação de que existe ôuma bola na gargantaö são importantes sinais de alerta. A prevenção pode passar por atitudes simples como não falar alto, não beber líquidos gelados, não fumar, evitar bebidas alcoólicas, cuidados na alimentação, tomar bastante água e dar pequenas pausas para as cordas vocais durante o dia. 
Reconhecida internacionalmente, a campanha é promovida desde 2003 pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Pelo sétimo ano consecutivo, tem a coordenação do Dr. Gustavo Korn. "Por meio de ações de orientação e conscientização, promovemos uma sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção do que estamos fazendo", destaca o otorrinolaringologista.

 

Serviço:
18ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16 de abril de 2016
Local: Praça Rui Barbosa (Praça da Estação)
Endereço: Praça Rui Barbosa, 600 û Belo Horizonte û MG
Horário: das 9h às 17h

ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

 

Atendimento à imprensa û Sintonia Comunicação
(11) 3542.5264 ò 3542.5267 ò 3542.5269
Gabriela Rocha
gabriela@sintonia.com.br

18ª CAMPANHA NACIONAL DA VOZ MONTA CABINE ACÚSTICA INTERATIVA NO IBIRAPUERA

08/04/2016

Com o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö, evento alerta para as doenças que afetam o aparelho fonador e aborda a importância da saúde vocal
 
No dia 16 de abril, o Parque do Ibirapuera, em São Paulo, receberá a 18ª Campanha Nacional da Voz. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, e promoverá atividades educativas e intervenções culturais gratuitas para a população alertando sobre os cuidados com a saúde vocal e o aparelho fonador.

No local, o público terá acesso a uma cabine acústica interativa, das 9h às 17h, onde serão executadas atividades lúdicas dando a oportunidade de conhecimento sobre a importância da voz, como narrar lances de uma partida de futebol, cantar no karaokê e dar notícias no estilo do rádio. Além disso, o público poderá assistir e participar de um flash mob com dez artistas cantando um mix de sucessos no estilo acapella. Também participar de um workshop com o dublador Wendel Bezerra, às 12h, que falará sobre sua carreira e o mercado de trabalho do dublador no Brasil, e de uma batalha de beat box com a presença de oito beatboxers competindo entre si, às 15h.

Reconhecida internacionalmente, a campanha é promovida desde 2003 pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Pelo sétimo ano consecutivo, tem a coordenação do Dr. Gustavo Korn. "Por meio de ações de orientação e conscientização, promovemos uma sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção do que estamos fazendo", destaca o otorrinolaringologista.

A voz é a principal ferramenta da comunicação humana, mas nem sempre os problemas que ela pode apresentar são levados a sério. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem a região da cabeça e pescoço e 2% de todas as doenças malignas. A estimativa do INCA é que, em 2016, sejam registrados 7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres.

A Campanha Nacional da Voz também conta com o patrocínio de Strepsils, marca especialista em dor de garganta e única pastilha que contém flurbiprofeno, princípio ativo que combina a ação anti-inflamatória com analgésica. ôÉ com muita satisfação que apoiamos essa iniciativa através da parceria com a ABORL-CCF/ABLV que demonstra claramente o quanto é essencial manter a saúde da voz em diaö, explica Marisa Cazassa, gerente da marca pela Reckitt Benckiser, comercializadora da marca no Brasil.

Serviço:
18ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16 de abril de 2016
Local: Parque do Ibirapuera (Arena da Ponte de Ferro)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral û Vila Mariana, São Paulo û SP
Horário: das 9h às 17h

ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

Sobre Strepsils: Strepsils é conhecida para o tratamento de dor de garganta e está presente em vários países, incluindo o Brasil. Strepsils possui ação analgésica e anti-inflamatória, atuando diretamente na causa da dor e diminuindo o processo inflamatório em até 15 minutos e sustentada por até 3 horas. É a única marca no Brasil que contém flurbiprofeno, princípio ativo amplamente utilizado para o tratamento de estados inflamatórios de várias origens.
Saiba mais em www.strepsils.com.br

STREPSILS® (flurbiprofeno) M.S. 1.7390.0003. Indicado para alívio da inflamação da garganta. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. (abril/2016).

 

Atendimento à imprensa û Sintonia Comunicação
(11) 3542.5264 ò 3542.5267 ò 3542.5269
Gabriela Rocha
gabriela@sintonia.com.br

18ª CAMPANHA NACIONAL DA VOZ RECEBE O DUBLADOR WENDEL BEZERRA

08/04/2016

Com o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö, evento alerta para as doenças que afetam o aparelho fonador e aborda a importância da saúde vocal
 
No dia 16 de abril, o Parque do Ibirapuera, em São Paulo, receberá a 18ª Campanha Nacional da Voz. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, e promoverá atividades educativas e intervenções culturais gratuitas para a população alertando sobre os cuidados com a saúde vocal e o aparelho fonador.

No local, o público poderá assistir e participar de um workshop com o dublador Wendel Bezerra, às 12h, que falará sobre sua carreira e o mercado de trabalho do dublador no Brasil. Personagens famosos como Bob Esponja, o vampiro Edward Cullen, Goku e Jackie Chan são uma pequena amostra do imenso trabalho dele. Além disso, serão realizadas apresentações de flash mob com dez artistas cantando um mix de sucessos no estilo acapella.

O evento contará ainda com uma cabine acústica interativa, das 9h às 17h, onde serão executadas atividades lúdicas dando a oportunidade de conhecimento sobre a importância da voz, como narrar lances de uma partida de futebol, cantar no karaokê e dar notícias no estilo do rádio.  Também poderão participar de uma batalha de beat box com a presença de oito beatboxers competindo entre si, às 15h.

Reconhecida internacionalmente, a campanha é promovida desde 2003 pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Pelo sétimo ano consecutivo, tem a coordenação do Dr. Gustavo Korn. "Por meio de ações de orientação e conscientização, promovemos uma sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção do que estamos fazendo", destaca o otorrinolaringologista.

A voz é a principal ferramenta da comunicação humana, mas nem sempre os problemas que ela pode apresentar são levados a sério. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem a região da cabeça e pescoço e 2% de todas as doenças malignas. A estimativa do INCA é que, em 2016, sejam registrados 7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres.

A Campanha Nacional da Voz também conta com o patrocínio de Strepsils, marca especialista em dor de garganta e única pastilha que contém flurbiprofeno, princípio ativo que combina a ação anti-inflamatória com analgésica. ôÉ com muita satisfação que apoiamos essa iniciativa através da parceria com a ABORL-CCF/ABLV que demonstra claramente o quanto é essencial manter a saúde da voz em diaö, explica Marisa Cazassa, gerente da marca pela Reckitt Benckiser, comercializadora da marca no Brasil.

Serviço:
18ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16 de abril de 2016
Local: Parque do Ibirapuera (Arena da Ponte de Ferro)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral û Vila Mariana, São Paulo û SP
Horário: das 9h às 17h

ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

Sobre Strepsils: Strepsils é conhecida para o tratamento de dor de garganta e está presente em vários países, incluindo o Brasil. Strepsils possui ação analgésica e anti-inflamatória, atuando diretamente na causa da dor e diminuindo o processo inflamatório em até 15 minutos e sustentada por até 3 horas. É a única marca no Brasil que contém flurbiprofeno, princípio ativo amplamente utilizado para o tratamento de estados inflamatórios de várias origens.
Saiba mais em www.strepsils.com.br

STREPSILS® (flurbiprofeno) M.S. 1.7390.0003. Indicado para alívio da inflamação da garganta. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. (abril/2016).

 

Atendimento à imprensa û Sintonia Comunicação
(11) 3542.5264 ò 3542.5267 ò 3542.5269
Gabriela Rocha
gabriela@sintonia.com.br

16 DE ABRIL. DIA MUNDIAL DA VOZ. CAMPANHA ALERTA SOBRE A INCIDÊNCIA DO CÂNCER DE LARINGE

08/04/2016

Beber água e evitar o consumo de cigarros, alimentos gordurosos e bebidas ricas em cafeína são algumas das recomendações médicas para prevenir problemas no aparelho fonador

Rouquidão, pigarro constante, falhas na voz, cansaço ao falar, dor ou ardência na garganta, dificuldade para engolir ou para respirar são alguns dos sintomas que mostram o possível comprometimento da saúde do aparelho fonador. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos que acometem a região da cabeça e pescoço e 2% de todas as doenças malignas. A estimativa do INCA é que, em 2016, sejam registrados  7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres.

De acordo com o presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV), Luciano Neves, ônão fumar, beber bastante água, não gritar ou sussurrar e evitar alimentos muito condimentados e gordurosos, além de refrigerantes e bebidas ricas em cafeína são hábitos simples que ajudam a manter a saúde da vozö. E o otorrinolaringologista alerta, ainda, quando diagnosticados precocemente, a maioria dos problemas de saúde vocal tem grandes chances de ser solucionados.

Para conscientizar a população sobre os cuidados com o aparelho fonador, a Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) promovem a 18ª Campanha Nacional da Voz.

Por meio de atividades educativas e intervenções culturais gratuitas, para comemorar o Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, as ações serão realizadas no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, na Praça Mauá, no Rio de Janeiro e na Praça da Estação, em Belo Horizonte, simultaneamente.

Nos locais, o público poderá assistir e participar de um flash mob com dez artistas cantando um mix de sucessos no estilo acapella.  Crianças e adultos terão a possibilidade de exaltar a sua voz. Além disso, o evento em São Paulo contará com uma cabine acústica, das 9h às 17h, onde os visitantes poderão narrar lances de uma partida de futebol, cantar no karaokê e dar notícias no estilo do rádio. Também poderão participar de um workshop com o dublador Wendel Bezerra, às 12h, e de uma batalha de beat box com a presença de oito beatboxers competindo entre si, às 15h. Tudo gratuito e aberto ao público.

Reconhecida internacionalmente desde 2003, a Campanha Nacional da Voz é a ação social de maior tradição da Otorrinolaringologia no Brasil, promovendo projetos integrados em países como EUA, Espanha, Portugal, Bélgica, Suíça, Itália, Argentina, Chile, Venezuela e Panamá. Pelo sétimo ano consecutivo, o evento tem a coordenação do Dr. Gustavo Korn. ôPor meio de ações de orientação e conscientização, a Campanha da Voz promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantementeö.

Para o especialista, a campanha tem papel fundamental na conscientização constante da sociedade sobre os cuidados com o sistema vocal. ôUm problema de voz reflete muito mais que uma simples dificuldade na produção do som básico para a fala, podendo interferir na própria habilidade de se comunicar. Como otorrinolaringologistas, queremos trazer o assunto à tona e esclarecer as dúvidas da população", afirma.

A Campanha Nacional da Voz também conta com o patrocínio de Strepsils, marca especialista em dor de garganta e única pastilha que contém flurbiprofeno, princípio ativo que combina a ação anti-inflamatória com analgésica. ôÉ com muita satisfação que apoiamos essa iniciativa através da parceria com a ABORL-CCF/ABLV que demonstra claramente o quanto é essencial manter a saúde da voz em diaö, explica Marisa Cazassa, gerente da marca pela Reckitt Benckiser, comercializadora da marca no Brasil.

Serviço:
18ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16 de abril de 2016
Local: Parque do Ibirapuera (Arena da Ponte de Ferro)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral û Vila Mariana, São Paulo û SP
Horário: das 9h às 17h

Local: Praça Mauá (Museu do Amanhã)
Endereço: Av. Rodrigues Alves, 135 - Centro, Rio de Janeiro - RJ
Horário: das 9h às 17h

Local: Praça Rui Barbosa (Praça da Estação)
Endereço: Praça Rui Barbosa, 600 û Belo Horizonte û MG
Horário: das 9h às 17h

ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

Sobre Strepsils: Strepsils é conhecida para o tratamento de dor de garganta e está presente em vários países, incluindo o Brasil. Strepsils possui ação analgésica e anti-inflamatória, atuando diretamente na causa da dor e diminuindo o processo inflamatório em até 15 minutos e sustentada por até 3 horas. É a única marca no Brasil que contém flurbiprofeno, princípio ativo amplamente utilizado para o tratamento de estados inflamatórios de várias origens.
Saiba mais em www.strepsils.com.br

STREPSILS® (flurbiprofeno) M.S. 1.7390.0003. Indicado para alívio da inflamação da garganta. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. (abril/2016).

 

Atendimento à imprensa û Sintonia Comunicação
(11) 3542.5264 ò 3542.5267 ò 3542.5269
Gabriela Rocha
gabriela@sintonia.com.br

Campanha Nacional da Voz é lançada na página de Facebook da ABORL-CCF

06/04/2016

Para conscientizar a população sobre os cuidados com o aparelho fonador por meio de atividades educativas e intervenções culturais gratuitas, a Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), promovem a 18ª Campanha Nacional da Voz.

A ABORL-CCF já começou a divulgação da ação em sua página do Facebook, que conta com 59 mil fãs e engajamento superior a 300 mil pessoas. 

 

Confira os serviços:

 

18ª Campanha Nacional da Voz

Data: 16 de abril de 2016

Local: Parque do Ibirapuera (Arena da Ponte de Ferro)

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana, São Paulo - SP

Horário: das 9h às 17h

 

Local: Praça Mauá (Museu do Amanhã)

Endereço: Av. Rodrigues Alves, 135 - Centro, Rio de Janeiro - RJ

Horário: das 10h às 16h

 

Local: Praça Rui Barbosa (Praça da Estação)

Endereço: Praça Rui Barbosa, 600 - Belo Horizonte - MG

Horário: das 10h às 16h 

CHAPA ABLV 2015-2017

06/11/2015

Diretoria Executiva

Diretor Presidente:  Luciano Rodrigues Neves
Diretor Vice-Presidente:Gustavo Polacow Korn
Diretor Secretário Geral:Rui Imamura
Diretor Secretário Adjunto:Hugo Valter Lisboa Ramos
Diretor Tesoureiro:Luiz Henrique Fonseca Barbosa
Diretor Tesoureiro Adjunto:Bruno Teixeira Moraes
Diretor de Comunicações e Publicações:Adriana Hachiya
Diretor de Eventos e Cursos:Silvio José de Vasconcelos

 





EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA - ABLV 45 CBO

07/10/2015

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AGO - ABLV 45 CBO










O diretor da ABLV e coordenador nacional da Campanha da Voz, Dr. Gustavo Korn, fala em entrevista exclusiva sobre esta 17ª edição

14/04/2015

Como a Campanha da Voz contribui para a expansão de informações para o público sobre os cuidados com a saúde vocal?

Gustavo Korn: Por meio de ações de orientação e conscientização, a Campanha da Voz promove um processo de sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa Campanha é um tijolo na grande construção que estamos fazendo.
 
Quais as principais orientações direcionadas ao público durante o evento?

GK: Ressaltamos que a voz é a mais importante ferramenta de comunicação do corpo humano, que traz muitos benefícios e, por isso, deve ser utilizada da melhor forma. No caso de alterações na voz ou rouquidão que dure mais de 14 dias, destacamos a importância da avaliação desse paciente, pois um dos possíveis diagnósticos é o câncer de laringe. Por isso, é fundamental a procura por um médico Otorrinolaringologista, especialista habilitado para o tratamento adequado, já que com o diagnóstico precoce, as chances de cura são muito grandes. Destacamos também a importância no cuidado com a voz, lembrando que mais de um terço da população são constituídos por profissionais da voz, isto é, profissionais que dependem do uso da voz para o seu sustento.
 
Neste ano, será exposta novamente a laringe gigante. Comente sobre essa grande atração da campanha.

GK: Esse inflável foi criado em 2010 e, em 2011, sofreu uma grande reforma. É muito interessante explicar para o público como é a laringe e como a voz é produzida por meio de uma estrutura como essa. Vale conferir também o interesse das crianças na exposição. A presença dos palhaços e do beatbox em muito nos ajuda nesse evento.

Neste ano, a exposição ocorrerá no Parque do Povo, um dos principais parques de São Paulo e muito bem frequentado. Outra vantagem importante que o local nos oferece é a visibilidade. Nosso inflável poderá ser visto de qualquer lugar do parque, como também por quem passar por fora dele. Vale ressaltar, ainda, que teremos duas novidades: os Doutores da Alegria, que farão uma divertida apresentação sobre ôo transplante de vozö e a contadora de histórias Jane Fucs.
Aproveito para convidar a todos os colegas otorrinolaringologistas para trazerem seus familiares e passarem um dia diferente e extremamente agradável com a gente.
 
O senhor é o coordenador do projeto pelo 6º ano consecutivo. Como tem sido a evolução desse trabalho social desde 2010?

GK: A Campanha da Voz começou em 1999 no Brasil e ganhou abrangência internacional. Assumi a coordenação que antes era do Dr. José Eduardo de Sá Pedroso, que sempre me auxiliou, e  aqui expresso profunda gratidão. Estamos na 17ª edição dessa Campanha. Tive a oportunidade de participar da criação do inflável da Laringe Gigante, em 2010, e a partir desse ano, o inflável é a principal atração da nossa querida campanha.  A exposição conta com médicos residentes que muito nos ajudam por meio de um tour pelo inflável, e a maravilhosa disposição em tirar dúvidas e passar orientações aos visitantes.
Já dispomos de um levantamento de informações sobre atendimentos à população publicada no editorial da última edição da Revista Brasileira de Otorrinolaringologia do ano passado. O dia 16 de abril é o dia Mundial da Voz, cuja origem se deu por colegas otorrinolaringologistas brasileiros. Estar à frente da Campanha pelo 6º ano é uma honra e uma responsabilidade. É uma marca na Otorrinolaringologia brasileira.

O senhor tem alguma mensagem final?

GK: A fórmula do sucesso da nossa Campanha é o trabalho em equipe. Agradeço o importante apoio do nosso presidente da ABORLCCF, Dr. Sady Selaimem da Costa, o presidente da nossa ABLV, Dr. Antonio Lobo, do imprescindível apoio da Sintonia Comunicação, que sempre esteve do nosso lado contribuindo em tudo o que é necessário, de todo o staff da ABORLCCF, que sempre nos ajudam, do Wellington Nogueira, fundador da ONG Doutores da Alegria pela gentil participação, e de todos os colegas otorrinolaringologistas que de alguma forma contribuem para o sucesso da Campanha. Espero por todos vocês no Parque do Povo nos dias 16,17 e 18 de abril. Grande abraço!

Mau uso da voz pode afetar desempenho no trabalho!

04/04/2015

Rouquidão, cansaço ao falar, dor ou ardência na garganta, dificuldade para engolir e pigarro constante são alguns dos sinais que mostram o possível comprometimento da saúde do aparelho fonador. Segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), de janeiro a agosto de 2011, 4.318 pessoas foram afastadas do emprego por distúrbios no sistema vocal, 324 delas devido ao ofício que exerciam. Em 2010 foram 3.601 casos.

A lista de profissionais que utilizam a voz como principal instrumento de trabalho é ampla. Professores, cantores, atores, advogados, jornalistas, locutores, entre outros. No entanto, nem todos sabem como prevenir ou tratar problemas relacionados ao trato vocal. O mais preocupante é que muitos não procuram a ajuda de especialistas. 

De acordo com o presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV), Antônio Lobo, ônão fumar, beber bastante água, não gritar ou sussurrar e evitar alimentos muito condimentados e gordurosos, além de refrigerantes e bebidas ricas em cafeínaö são hábitos simples que ajudam a manter a saúde da voz. O otorrinolaringologista alerta, ainda, que sintomas, como rouquidão, que se estendem por mais de 15 dias devem receber acompanhamento médico.

Para falar sobre a importância dos cuidados com o aparelho fonador e explicar as principais doenças que atingem a região, a ABLV, em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), promove a 17º Campanha Nacional da Voz com o tema ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö.

Entre os dias 16 e 18 de abril, no Parque do Povo, em São Paulo, a mostra terá uma boca gigante inflável, onde os visitantes poderão entrar e conhecer a fisiologia do sistema vocal e o processo de formação da voz. Além disso, o evento, que conta com o apoio da ONG Doutores da Alegria e tem o fundador da instituição, Wellington Nogueira, como padrinho, vai trazer a apresentação dos palhaços Fuska e Gaiato, da contadora de histórias Jane Berenstein e dos beatboxers Borracha e Mautari.

A Campanha Nacional da Voz também conta com o patrocínio de Strepsils, marca especialista em dor de garganta e única pastilha que contém flurbiprofeno, princípio ativo que combina a ação anti-inflamatória com analgésica. ôÉ com muita satisfação que apoiamos essa iniciativa através da parceria com a ABORL/ABLV que demonstra claramente o quanto é essencial manter a saúde da voz em diaö, explica Marisa Cazassa, gerente da marca pela RB (Reckitt Benckiser), comercializadora da marca no Brasilö.

Serviço:
17ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16, 17 e 18 de abril de 2015
Local: Parque do Povo
Endereço: Av. Henrique Chamma, 420 û Pinheiros
Horário: das 9h às 17h

Sobre:
ABLV: Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

Doutores da Alegria: É uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que, desde 1991, atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde. A essência do trabalho é a utilização, no hospital, da paródia do palhaço que finge ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem. A ONG é a única organização no mundo que evoluiu do trabalho no hospital para atividades que também priorizam a formação, a pesquisa e a geração de conteúdo para a sociedade. Por sua atuação pioneira no país em benefício à saúde pública, foi certificada e reconhecida internacionalmente.

Strepsils: Strepsils é conhecida para o tratamento de dor de garganta e está presente em vários países, incluindo o Brasil. Strepsils possui ação analgésica e anti-inflamatória, atuando diretamente na causa da dor e diminuindo o processo inflamatório em até 15 minutos e sustentada por até 3 horas. É a única marca no Brasil que contém flurbiprofeno, princípio ativo amplamente utilizado para o tratamento de estados inflamatórios de várias origens.


Saiba mais em www.strepsils.com.br.

STREPSILS® (flurbiprofeno) M.S. 1.7390.0003. Indicado para alívio da inflamação da garganta. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. (abril/2015).

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://www.micheltelles.com.br/campanha-da-voz-mau-uso-da-voz-pode-afetar-desempenho-no-trabalho

Campanha da Voz

04/04/2015

No dia 16 de abril, comemora-se o Dia Mundial da Voz. Para celebrar a data, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP realiza, entre 13 e 16 de abril, a 17ª Campanha da Voz.

O objetivo é difundir informação relacionada ao uso e aos cuidados com a voz e conscientizar a população da importância da saúde vocal.

A campanha contará com atividades educativas, culturais como: apresentação de recitais, corais, palestras, além de atendimentos assistenciais realizados pela equipe de fonoaudiólogos da FMRP e do HCFMRP.

Instalados em estande na praça XV de Novembro, centro de Ribeirão Preto, os profissionais orientarão a população, realizando também avaliações e triagem de possíveis problemas de voz, das 8 às 16 horas.

Aqueles que apresentarem qualquer problema serão encaminhados ao HCFMRP para avaliação médica, nos dias 15 e 22 de abril, das 13 às 17 horas. Os pacientes do Centro Integrado de Reabilitação û CIR- HE também participam da Campanha da Voz e serão beneficiados com atendimentos especiais.

A Campanha da Voz é organizada pelos alunos e professores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) e do departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, com o apoio do Hospital das Clínicas, entidades científicas e acadêmicas de Fonoaudiologia e Otorrinolaringologia.

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://www.usp.br/agen/?p=205227

Abril Verde promove a cultura de prevenção no Brasil

04/04/2015

Iniciativa popular e de participação espontânea que chama a atenção da sociedade brasileira para a adoção de uma cultura permanente de prevenção de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais, o Movimento Abril Verde luta para marcar o mês de abril com a cor da segurança no calendário nacional.

A intenção é concentrar anualmente nesse período uma série de atividades (muitas das quais já ocorrem por ocasião do Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em 28 de abril), dando-lhes mais visibilidade e manifestações de apoio à causa.

Movimentos internacionais como o Maio Amarelo (redução de acidentes de trânsito), Outubro Rosa (prevenção do câncer de mama) e Novembro Azul (prevenção do câncer de próstata), simbolizados por laços nas cores amarela, rosa e azul, respectivamente, já são conhecidos da maioria dos brasileiros. Com uma ampla divulgação em veículos de comunicação e atividades de conscientização em todos os estados, esses movimentos são disseminadores da cultura de prevenção.

No que diz respeito à saúde e segurança do trabalhador, o Movimento Abril Verde trilha um caminho semelhante. Embora seja mais recente e não se tenha conhecimento do projeto em outros países - o que tornaria o Brasil pioneiro na organização desse tipo de evento -, o objetivo é fazer com que a cultura prevencionista no ambiente de trabalho seja propagada e assimilada pelo maior número possível de pessoas.

A iniciativa se soma a outras importantes ações na área de SST que já são realizadas em datas simbólicas (como o 28 de abril, por exemplo). Mas o conceito do Abril Verde, por ter um mês inteiro dedicado à conscientização para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho, é o de agrupar as diversas programações e facilitar a identificação pela população. De forma espontânea, cada atividade que integra o movimento reforça um mesmo propósito.

Para o presidente da FENATEST (Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho), Armando Henrique, um dos maiores problemas que precisam ser enfrentados é a falta da cultura de prevenção. "Somente com uma iniciativa como esta, nós temos certeza de que a prevenção pode, de certa forma, ser incorporada na sociedade. Sem bandeira ideológica, sem corporativismo, simplesmente aproveitando um mês significativo como o mês de abril para sensibilizar", acredita.

"De baixo para cima"
Uma das características positivas do Abril Verde, apontada por profissionais de SST que apoiam o movimento, é o fato de ter emergido da mobilização popular, "de baixo para cima". Armando Henrique considera o ato "tão valoroso quanto o próprio engajamento do Estado" e argumenta que exemplos assim têm mais sustentação justamente por se originarem da ação de coletivos organizados. "Apostamos muito nessa possibilidade", afirma.

De acordo com Adir de Souza, presidente do SINTESPAR (Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho no Estado do Paraná), o Abril Verde é um dos raros movimentos idealizados pelos próprios prevencionistas. "Estamos fazendo algo que é nosso. Porém, não é algo só do técnico de segurança, mas também do assistente social, do psicólogo, do fisioterapeuta, do jornalista, etc., diferente daquilo que vem do Estado. É isso que as pessoas precisam valorizar", opina.

Cabe ressaltar que SRTEs (Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego), CERESTs (Centros de Referência em Saúde do Trabalhador), sindicatos, centrais sindicais, federações, associações de classe, parlamentares, escolas técnicas de SST, universidades, auditores fiscais do Trabalho, consultores de SST, empresários, profissionais liberais e imprensa, entre outros, já "abraçam" a causa, observa Nivaldo Barbosa, presidente do SINTEST-PB (Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado da Paraíba).

"É uma conquista que muito nos orgulha e nos traz esperança de dias melhores porque o movimento se amplia em todo o Brasil de forma espontânea. Com sensibilização, informação e cobrança dos poderes públicos, conseguiremos ter uma mudança nesse cenário de tantos acidentes e óbitos que se impõe atualmente no meio ambiente de trabalho", enfatiza.

Engajamento
Importantes entidades da área de SST e órgãos governamentais manifestaram apoio ao movimento, como o Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério da Saúde, Ministério da Previdência Social, SOBES (Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança), ANEST (Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho), ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho) e ANENT (Associação Nacional de Enfermagem do Trabalho), entre outros.

Durante todo o mês de abril, o Movimento Abril Verde promoverá encontros, palestras, seminários, debates, mobilizações sociais, sinalizações com o símbolo do laço verde e iluminação esverdeada de edificações públicas ou privadas em referência à segurança e à saúde do trabalhador. A programação terá repercussão midiática e deverá chamar atenção para a realidade dos acidentes e doenças.

Fonte: Redação Revista Proteção

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://www.protecao.com.br/noticias/eventos/abril_verde_promove_a_cultura_de_prevencao_no_brasil/AQjbAAy4/7977

17ª Campanha Nacional da voz tem apoio da ONG Doutores da Alegria

04/04/2015

Promovida pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz, a ação alerta para as doenças que afetam o aparelho fonador e aborda a importância dos cuidados com a voz

Pela segunda vez consecutiva, o Parque do Povo, em São Paulo, vai receber a Campanha Nacional da Voz, que comemora sua 17ª edição com o tema ôAfine sua saúde. Cuide da sua voz!ö durante os dias 16, 17 e 18 de abril. O evento faz parte das comemorações do Dia Mundial da Voz, celebrado em 16 de abril, e promoverá atividades educativas e intervenções culturais gratuitas para a população sobre os cuidados que devem ser tomados com o sistema vocal. 

Neste ano, a campanha conta com o apoio da ONG Doutores da Alegria e tem o fundador da entidade, Wellington Nogueira, como padrinho. Para Wellington, a voz tem papel essencial nos trabalhos realizados pela ONG: ôAlém do olhar e da escuta, outro recurso muito utilizado pelo palhaço é a voz. Nossos artistas sabem da importância de manter uma boa saúde do aparelho vocal no trabalho nos hospitais e, por isso, nós, dos Doutores da Alegria, temos orgulho de poder chamar a atenção para um assunto pouco exploradoö. Além de apadrinhar a campanha, uma dupla de artistas da organização fará intervenções artísticas no Parque do Povo, com a encenação de um divertido transplante de voz. 

No local, o público poderá visitar a marca registrada do evento: uma boca gigante inflável que traz os principais elementos do aparelho fonador, como dentes, língua, amígdalas, úvula e cordas vocais. Dentro da estrutura, crianças e adultos terão a possibilidade de aprender, de forma lúdica e divertida, como é produzida a voz e quais as principais doenças que afetam o sistema vocal. Durante a mostra, também haverá apresentações dos palhaços Fuska e Gaiato, da contadora de histórias Jane Berenstein e dos beatboxers Borracha e Mautari. Reconhecida internacionalmente, a campanha é promovida desde 2003 pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Pelo sexto ano consecutivo, tem a coordenação do Dr. Gustavo Korn. ôPor meio de ações de orientação e conscientização, promovemos uma sensibilização permanente em relação aos cuidados com a voz. A iniciativa tem por finalidade reforçar essa mensagem constantemente. Cada ano da nossa campanha é um tijolo na grande construção do que estamos fazendoö, destaca o otorrinolaringologista. A Campanha Nacional da Voz também conta com o patrocínio de Strepsils, marca especialista em dor de garganta e única pastilha que contém flurbiprofeno, princípio ativo que combina a ação anti-inflamatória com analgésica. ôÉ com muita satisfação que apoiamos essa iniciativa através da parceria com a ABORL/ABLV que demonstra claramente o quanto é essencial manter a saúde da voz em diaö, explica Marisa Cazassa, gerente da marca pela RB (Reckitt Benckiser), comercializadora da marca no Brasilö.

Doutores da Alegria
A Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que, desde 1991, atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde. A essência do trabalho é a utilização, no hospital, da paródia do palhaço que finge ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem. A ONG é a única organização no mundo que evoluiu do trabalho no hospital para atividades que também priorizam a formação, a pesquisa e a geração de conteúdo para a sociedade. Por sua atuação pioneira no país em benefício à saúde pública, foi certificada e reconhecida internacionalmente.

Serviço:
17ª Campanha Nacional da Voz
Data: 16, 17 e 18 de abril de 2015
Local: Parque do Povo
Endereço: Av. Henrique Chamma, 420 û Pinheiros
Horário: das 9h às 17h

Sobre:
ABLV:
Academia Brasileira de Laringologia e Voz û comitê científico da ABORL-CCF, sem fins lucrativos, representado pelos otorrinolaringologistas especializados no diagnóstico e tratamento dos problemas da laringe.

ABORL-CCF: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial û entidade sem fins lucrativos que representa a classe dos otorrinolaringologistas do Brasil.

Doutores da Alegria: É uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que, desde 1991, atua junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde. A essência do trabalho é a utilização, no hospital, da paródia do palhaço que finge ser médico, tendo como referência a alegria e o lado saudável dos pacientes e colaborando para a transformação do ambiente onde se inserem. A ONG é a única organização no mundo que evoluiu do trabalho no hospital para atividades que também priorizam a formação, a pesquisa e a geração de conteúdo para a sociedade. Por sua atuação pioneira no país em benefício à saúde pública, foi certificada e reconhecida internacionalmente.

Strepsils: Strepsils é conhecida para o tratamento de dor de garganta e está presente em vários países, incluindo o Brasil. Strepsils possui ação analgésica e anti-inflamatória, atuando diretamente na causa da dor e diminuindo o processo inflamatório em até 15 minutos e sustentada por até 3 horas. É a única marca no Brasil que contém flurbiprofeno, princípio ativo amplamente utilizado para o tratamento de estados inflamatórios de várias origens.

Saiba mais em www.strepsils.com.br.

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://jornalprimeiraimpressao.com/site/?p=10828

Parar de fumar deve se tornar prioridade para os fumantes em 2015

25/03/2015

OMS volta a alertar para os riscos do cigarro; estimativa é que 10 milhões de pessoas morram em virtude do cigarro nos próximos 20 anos

O consumo do cigarro é apontado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o principal causador de mortes que poderiam ser evitadas em todo o mundo. Baseado em estudos a OMS estima que existam 2 bilhões de fumantes no mundo, cerca de um terço da população adulta no mundo.

O cigarro possui mais de 4,7 mil substâncias tóxicas, entre elas o alcatrão que contém mais de 40 compostos cancerígenos. O monóxido de carbono na corrente sanguínea dificultando a oxigenação de vários órgãos levando a doenças como aterosclerose que obstrui a passagem do sangue nos vasos sanguíneos. Já a nicotina é apontada como a causadora da dependência química do cigarro, além de elevar a pressão arterial, aumento da freqüência cardíaca e contração dos vasos sanguíneos, causando a hipertensão.

O cigarro está diretamente relacionado a mais de 50 doenças, representando 90% das mortes por câncer de pulmão, 30% das incidências de câncer de boca, 85% das mortes por bronquite/enfisema e 25% dos acidentes vasculares cerebrais (AVC).

Estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que em 20 anos mais de 10 milhões de pessoas morrerão em virtude de doenças causadas pelo cigarro, hoje este número é superior a cinco milhões de pessoas.

No Brasil o Instituto Nacional do Câncer (INCA), vinculado ao Ministério da Saúde Brasileiro está entre os principais institutos do mundo que estudam os malefícios do cigarro. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) revela que o cigarro está diretamente relacionado à impotência sexual, câncer de laringe, câncer de estômago, leucemia, enfisema pulmonar, trombose, renites alérgicas, úlceras, angina e principalmente o câncer de pulmão.

Em 2013 o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) elaborou uma pesquisa e identificou que 11,3% da população brasileira ainda fuma. No Brasil mais de 200 mil pessoas morrem todos os anos em virtude das doenças causadas pelo cigarro, somente em 2012 foram 23.501 mortes causadas por câncer de pulmão e 4.339 casos de câncer de laringe. Assim que os dados de 2014 forem consolidados a estimativa é que esse número chegue a mais de 27 mil casos de câncer de pulmão e 7 mil novos casos de câncer de laringe.

Cada vez mais as políticas públicas encabeçadas pelo Ministério da Saúde tem sido determinantes para o combate ao tabagismo. Em 1996 a lei federal n°9.294 restringiu a propaganda de cigarro e produtos derivados do tabaco. No dia 03 de Dezembro de 2014 passou a vigorar a Lei Nacional Anti Fumo, a lei n°12.546 sancionada pela Presidenta Dilma Rousseff restringe o uso do cigarro em ambientes públicos e passa a ser mais dura contra estabelecimentos comerciais que desrespeitarem a nova lei, estes estabelecimentos podem ser multados entre 2 mil reais a 1,5 milhão de reais dependendo da infração.

Outra medida importante é que Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou em Diário Oficial da união uma resolução que determina a proibição do comércio e importação dos cigarros eletrônicos, conhecidos também como e-cigarros, e-ciggy, ecigar. Estes dispositivos apresentam como alternativa do cigarro convencional e ao combate ao tabagismo. A medida adota pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é válida para todo o território nacional, os cigarros eletrônicos nunca tiveram registro no país e sua proibição levou em conta que não existem comprovações científicas sobre a segurança dos cigarros eletrônicos e eficácia no combate ao tabagismo. Na contra mão dos cigarros eletrônicos cada vez mais a indústria farmacêutica tem investido em novos tratamentos de combate ao tabagismo, novos métodos tem ganhado notoriedade como alternativas eficazes no tratamento contra o cigarro.

Existem diversos tratamentos autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entre eles estão os repositórios de nicotina, como adesivos, chicletes e pastilhas que auxiliam no processo de parar de fumar, entre os produtos estão o Niquitin e o Nicorette, vale ressaltar que estes tratamentos para parar de fumar que adotam o método de reposição auxiliando no processo de parar de fumar, mas como possuem nicotina em sua fórmula e se levarmos em consideração que a nicotina é a causadora da dependência química do cigarro estes produtos auxiliam, mas não são garantia de parar de fumar e para muitos estes tratamentos não indicados já que possuem contra indicações em especial pessoas com problemas cardíacos.

A Aliança de Controle do Tabagismo revela que o Brasil gasta mais de R$21 bilhões nos tratamentos de pacientes com doenças causadas pelo cigarro e todos os dias mais 350 pessoas morrem no Brasil e no mundo este número é de 10 mil mortes diariamente. Segundo o renomado médico oncologista Doutor Dráuzio Varella em seu site comenta: ôOlha! Há erros que a gente comente na vida em que a gente depois acha um jeito de reparar, o cigarro não é um deles, o cigarro não tem conserto, se você fuma você tem que parar de fumar!. Estamos às vésperas do Carnaval e logo vem a quaresma e muita gente coloca como meta parar de fumar, se antecipe a quaresma e pare já de fumar!ö

Fonte: A Rede (11 de fevereiro de 2015)

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://arede.info/cotidiano/parar-de-fumar-deve-se-tornar-prioridade-para-os-fumantes-em-2015/

Campanha Nacional da Voz é divulgada no site do World Voice Day

23/03/2015

Reconhecida como a campanha mais tradicional da Otorrinolaringologia brasileira e umas principais bandeiras de divulgação da especialidade, a 17ª Campanha Nacional da Voz, que reforça o slogan ôAfine sua saúde. Cuide da sua Voz!ö, começa suas atividades em 2015 com destaque internacional.

Na última semana, a ação realizada pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) em conjunto com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) foi adicionada ao site oficial do World Voice Day como um das principais iniciativas de 2015 para o Dia Mundial da Voz.

No portal, leitores do mundo inteiro poderão conferir todas as informações sobre o evento, que ocorre entre os dias 16 e 18 de abril, no Parque do Povo, em São Paulo, e traz diversas atrações gratuitas para conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com o sistema vocal.


Para conferir o texto de apresentação da 17º Campanha Nacional da Voz (em inglês), acesse: http://world-voice-day.org/sao-paulo-%E2%80%A2-17th-national-voice-campaign/

Câncer de língua como o de Bruce Dickinson é raro, diz médico

19/03/2015

Famoso por seus agudos, Bruce Dickinson, vocalista da banda de heavy metal inglesa Iron Maiden, em um exame de rotina realizado antes do Natal de 2014, foi diagnosticado com um pequeno tumor cancerígeno em sua língua. O famoso músico realizou o tratamento de radioterapia e quimioterapia durante sete semanas, e, agora, está se recuperando.

No caso de Bruce Dickinson, o tumor estava em estágio inicial e, segundo o comunicado emitido pelo hospital que o tratou, o "prognóstico do paciente é considerado muito bom". A expectativa é que o cantor esteja em plena forma até maio deste ano. Agora, com relação à volta aos palcos com a banda Iron Maiden, ainda não existe informação oficial sobre datas.

Esse tipo de tumor que afetou o cantor inglês é extremamente raro em pessoas que mantêm um hábito saudável. "A gente classifica esse tipo de tumor que acometeu o músico de câncer de cabeça e pescoço. Ele não tem alta prevalência, por isso é pouco conhecido. E pode atacar também a faringe e a laringe, como foi o caso do ex-presidente Lula", explica o oncologista Alexandre Chiari, da clínica Oncomed em Belo Horizonte.

Segundo o especialista, todos os tumores que atingem a região da boca e da garganta possuem uma causa em comum: tabagismo associado ao etilismo. Ou seja, quem fuma muitos cigarros e bebe álcool constantemente, está mais propício ao surgimento de câncer na língua, por exemplo. "Em 20 anos de profissão, só presenciei um caso de uma paciente que tinha câncer na boca e nunca havia fumado ou bebido. Ela adquiriu o problema devido a uma prótese dentária", conta o oncologista.

Com relação ao tratamento, Alexandre Chiari diz que depende de cada caso, mas, normalmente, quando diagnosticado no estágio inicial, pode ser feita cirurgia para retirada do tumor, seguida de radioterapia û ou então a conjunção entre a quimioterapia e a radioterapia, como foi o caso de Bruce Dickinson. "Mas, depende muito de uma avaliação individualizada do paciente. É preciso saber qual a extensão da doença, se há comprometimento do pescoço", conclui o médico.

Autor: João Paulo Martins

Fonte: Revista Encontro (25 de fevereiro de 2015)

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://sites.uai.com.br/app/noticia/encontrobh/atualidades/2015/02/25/noticia_atualidades,152381/cancer-de-lingua-como-o-de-bruce-dickinson-e-raro-diz-medico.shtml

Adele atrasa lançamento do novo álbum pelo vício

18/03/2015

Cantora enfrenta problemas na voz devido ao uso excessivo de tabaco. Gravadora tenta esconder o caso

A cantora Adele enfrenta problemas de saúde devido ao uso excessivo de tabaco. O atraso do novo CD, que a produtora XL Recordings relacionava a problemas financeiros, na verdade, se deu por conta do vício.

A inglesa, de acordo com publicações locais, já deveria ter terminado de gravar todas as canções do novo álbum, o que não conseguiu fazer pela falta de voz ocasionada pelo cigarro.

Não é a primeira vez que a cantora enfrenta este tipo de situação. Há três anos, a estrela pop cancelou diversos shows por conta de problemas na garganta, também ligados ao tabagismo.

Adele, ainda segundo os veículos ingleses, já teria comparecido a sessões de hipnose em uma tentativa de acabar de vez com o vício e seus motivos. Entretanto, ao que parece, ela ainda não consegue controlá-lo.


Fonte: Diário de S. Paulo (5 de dezembro de 2014)

Para ler a matéria na íntegra, acesse: http://diariosp.com.br/noticia/detalhe/75632/adele-atrasa-lancamento-do-novo-album-pelo-vicio

Atriz Julie Andrews tem voz prejudicada por operação na garganta

10/03/2015

Vencedora do Oscar e do Prêmio Tony, a atriz Julie Andrews revelou, em uma entrevista recente, não ter recuperado sua voz após uma operação fracassada para remover nódulos não cancerígenos na garganta em 1997. Os danos do procedimento limitaram permanentemente sua habilidade de cantar.

"A cirurgia me deixou sem voz e sem um pedaço das minhas cordas vocais", conta Andrews, que estrelou em diversas peças de teatro e clássicos do cinema, como o filme "Minha Bela Dama".
A atriz afirma que ainda consegue falar bem e alcança algumas notas baixas. "Se você quisesse uma versão de "Old Man River", provavelmente a teria, mas eu não estou cantando muito, atualmente".

Andrews cantou publicamente diversas vezes desde então, inclusive no filme "O Diário da Princesa 2", em 2004, e em um concerto em Londres, em 2010. No entanto, ela chama as apresentações de "cantar-falando".

Julie revela, ainda, que, de uma forma estranha, sente-se sortuda por não poder cantar mais, já que isso a incentivou a buscar "diferentes caminhos" para usar a voz. Parafraseando sua personagem Maria von Trapp, de "A Noviça Rebelde", Andrews lembra: "Quando uma porta se fecha, uma janela se abre".

Fonte: The Telegraph

Para conferir a matéria completa, clique aqui (http://www.telegraph.co.uk/news/celebritynews/9725893/Julie-Andrews-famous-singing-voice-ruined-by-throat-operation.html)

 

Abusos durante a festa provocam rouquidão

10/03/2015

Além das viroses, é comum foliões ficarem sem voz após intensos dias de Carnaval. Wendell Sodré, 22, foi um dos que se descuidaram. "Não bebi  água direito e abusei do álcool. Estou  desanimado por não poder falar direito", contou.

A rouquidão, segundo o otorrinolaringologista Otávio Marambaia, é provocada por alguns abusos cometidos durante a festa. "É resultado de um trauma vocal. Ou seja, o uso não moderado da voz acaba irritando as pregas (cordas) vocais e causam edemas, elas ficam inchadas", diz o médico.

Com isso, há uma dificuldade para que as cordas vocais se juntem adequadamente e a voz soe natural. "O problema é reversível. Basta que a pessoa fale pouco, diminua o ritmo da fala, não grite e se hidrate bastante", recomenda Otávio.

No entanto, diminuir o ritmo e falar pouco não significa cochichar,  mas parar de falar realmente. "Falar pouco é diminuir o número de palavras, diminuir a intensidade com que se fala para que a prega vocal reduza o inchaço e volte à normalidade", explica.

Fonte: A Tarde

Para conferir a matéria completa, clique aqui (http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1661417-abusos-durante-a-festa-provocam-rouquidao)

Pesquisa diz que 'má sorte' é causa da maioria dos tipos de câncer

10/03/2015

A ocorrência da maior parte dos tipos de câncer pode ser atribuída mais à "má sorte" do que a fatores de risco conhecidos, como o hábito de fumar, segundo um estudo americano.

A pesquisa que chegou a essa conclusão tinha o objetivo de explicar a razão de alguns tecidos do corpo serem mais vulneráveis ao câncer do que outros.

Os resultados, publicados na revista científica "Science", mostraram que dois terços de todos os tipos de câncer analisados são originados de forma aleatória por mutações genéticas, independentemente do estilo de vida levado pelo paciente.

Mas a organização Cancer Research UK afirmou que um estilo de vida saudável ainda aumenta muito as chances de uma pessoa não desenvolver a doença.

Nos Estados Unidos, 6,9% da população desenvolve câncer de pulmão, 0,6% tem câncer de cérebro e 0,00072% sofre de tumores na laringe em algum momento de suas vidas.

Fonte:  Folha de S. Paulo

Para conferir a matéria completa, clique aqui (http://www1.folha.uol.com.br/bbc/2015/01/1569693-pesquisa-diz-que-ma-sorte-e-causa-da-maioria-dos-tipos-de-cancer.shtml)

Médico esclarece dúvidas sobre rouquidão

10/03/2015

Diversos distúrbios podem fazer com que uma pessoa fique rouca, sem voz. Para esclarecer as dúvidas dos internautas, o médico Dr. Alfredo Salim Helito falou sobre rouquidão ao site da Jovem Pan.

De acordo com o profissional, a rouquidão é uma alteração do timbre, do tom e do volume da voz, que pode ser causada por vários motivos. "A principal causa  é acompanhando processos virais agudos de vias respiratórias. Normalmente dura 3 ou 4 dias".

No entanto, uma grande quantidade de distúrbios que causam rouquidão não possuem relação com gripes. "Nesse caso, é preciso uma atenção especial e uma visita ao médico, pois ela pode denotar doenças graves, inclusive o câncer de laringe ou da parte superior dos pulmões", esclarece Dr. Alfredo.

O médico alerta, ainda, que pessoas com mais de 40 anos que consomem bebidas alcóolicas ou são fumantes devem realizar exames de rotina nas cordas vocais, pois a incidência de doenças nessa região para essas pessoas é muito grande.

Fonte:  Jovem Pan

Para conferir o vídeo, clique aqui
(http://jovempan.uol.com.br/videos/noticias/saude/71473-so-perdemos-a-voz-quando-ficamos-gripados.html)

Morre aos 62 anos escritor e artista plástico chileno Pedro Lemebel

10/03/2015

O escritor e artista chileno Pedro Lemebel morreu aos 62 anos na madrugada desta sexta (23) em uma clínica em Santiago, no Chile. Ele sofria de um câncer na laringe.

Definido por seu compatriota Roberto Bolaño (1953-2003) como o "maior poeta de sua geração", Lemebel militou contra a ditadura de Pinochet (à frente do Chile de 1973 a 1990) e a favor da causa gay.

O autor esteve em São Paulo em novembro de 2013 para participar da Balada Literária, evento de encontros com escritores. Na ocasião, disse à Folha que seus textos eram escritos "a unhadas" e que era adepto do "sarcasmo proletário". Uma cirurgia na laringe, feita em 2012, havia afetado sua voz. Não há obras suas publicadas no Brasil.

Fonte:  Folha de S. Paulo

Para conferir a matéria completa, clique aqui (http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/01/1579402-morre-aos-62-anos-escritor-e-artista-plastico-chileno-pedro-lemebel.shtml)

Projeto Bem Estar Global reuniu associados ABORL-CCF de Florianópolis

03/02/2015

Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial participou do evento prestando orientação sobre o olfato

No último dia 30/01, o Projeto Bem Estar Global, uma iniciativa da Rede Globo, foi transmitido ao vivo para todo o Brasil diretamente de Florianópolis, Santa Catarina. 

Na ocasião, associados regionais da ABORL-CCF estiveram presentes oferecendo orientações para a população local. Uma tenda da entidade foi montada e lá, mais de 200 pessoas realizaram um teste de reconhecimento de aromas e, ao final do teste, os especialistas orientaram sobre o olfato do participante.

 
Nossos agradecimentos pela participação dos Otorrinos:

EULÓGIO EMÍLIO MARTINEZ NETO
ANA AMELIA SOARES TORRES
PAULO ROBERTO CRESPI
CRISTIANE KHADUR DENIS
WALDIR CARREIRÃO NETO
ANA APARECIDA DE SANTIAGO
FABIO ZANINI
CLAUDIA ROCHA COPPOLI
GUILHERME WEBSTER

Projeto Bem Estar Global será realizado em Florianópolis no próximo dia 30 de janeiro

27/01/2015

Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) participa do evento prestando orientações à população presente


O Projeto Bem Estar Global, uma iniciativa da Rede Globo, transmitida ao vivo para todo o Brasil através do programa Bem Estar, terá sua próxima edição realizada em Florianópolis, Santa Catarina. O evento será no dia 30 de janeiro, das 8h às 17h, na avenida Beira Mar Norte.

 

Na oportunidade, associados da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF) estarão presentes oferecendo orientações à população local. Uma tenda da entidade será montada onde as pessoas interessadas terão a oportunidade de realizar um teste de reconhecimento de aromas e, ao final do teste, os especialistas orientarão sobre como está o olfato das pessoas participantes do teste.

 

É Otorrinolaringologista em Florianópolis? Valorize a sua regional e participe dessa importante ação! Basta enviar um email (comunicacao@aborlccf.org.br) dizendo a hora que estará disponível e comparecer!!

 

Histórico

Em 14/11/14, pela primeira vez, a ABORL-CCF participou da ação Bem Estar Global, fruto de parceria com o programa da Rede Globo, Bem-Estar, que aconteceu na cidade de Porto Alegre - RS.

Cerca de 6 mil pessoas passaram pelo Parque da Redenção em busca de atendimento, orientação e entretenimento. Na Tenda da Respiração, ao lado direito do palco principal,  foi possível realizar o Teste do Olfato e descobrir se alguma obstrução nasal estava atrapalhando o reconhecimento dos cheiros. Mais de 200 pessoas, na maioria mulheres, fizeram o teste.

Dr. José Faibes Lubianca Neto e mais 4 residentes participaram da ação orientando a população. O teste também foi transmitido ao vivo pelo Bem-Estar e gravado para jornais locais.

 

Dia Mundial da Voz 2014 alcança marco histórico em visibilidade

30/04/2014

Nos três dias de evento, centenas de pessoas estiveram no Parque do Povo e conferiram de perto a campanha promovida pela ABLV em parceria com a ABORL-CCF. Sucesso de público e mídia marca 16 anos da campanha.

Mais uma vez, a Academia Brasileira de Laringologia e Voz fez barulho. Motivada pelo interesse crescente da mídia, a Campanha Nacional da Voz ganhou projeção e consolidou-se como uma das mais expressivas de seus 16 anos de história.

Ao todo, mais de cem reportagens foram publicadas na imprensa nacional. Destaque para a cobertura da TV Globo, que reservou 30 segundos do jornal SPTV no primeiro dia do evento. A TV Brasil também reportou a data comemorativa, com entrevista do Dr. José Eduardo Pedroso, ex-presidente da ABLV.

Neste ano, a 16ª edição da Campanha Nacional da Voz aconteceu em três dias, no Parque do Povo, um espaço nobre da cidade de São Paulo. Com o apoio da ABORL-CCF, a campanha apresentou um inflável que simula uma laringe gigante, com todas as estruturas da boca e do aparelho fonador. A exposição gratuita recebeu centenas de pessoas, que foram ao parque atraídas pelas noticias divulgadas na imprensa.   

A rádio CBN entrevistou o presidente da ABLV, Dr. Antonio Lobo, sobre a incidência do câncer de laringe e o coordenador nacional da campanha, Dr. Gustavo Korn, que apontou para a importância da realização de campanhas de sobre os cuidados com a voz e o tratamento de doenças da laringe e garganta. As rádios Globo, Você e Gospel também cobriram o evento e realizaram entrevistas.

Na internet, o destaque ficou para O UOL, que reservou um espaço considerável para a cobertura, incluindo galeria de fotos e entrevista especial com Gustavo Korn.  

Já na mídia impressa, os jornais Zero Hora (Porto Alegre/RS), O Tempo (Belo Horizonte/MG), Diário Catarinense (Florianópolis/SC) e Diário do Nordeste (Fortaleza/CE) registraram as ações, abordando os principais temas tratados pelos médicos.

ôConquistamos um espaço importante na imprensa nacional, tamanho o alcance das ações da Campanha Nacional da Voz. Estamos bastante satisfeitos e repletos de ideias para as próximas ediçõesö, finaliza Korn.

 

Padrinhos
Os padrinhos da edição de 2014 foram os cantores Fernando e Sorocaba. A dupla, que cedeu gentilmente a imagem, fez fotos e gravou uma mensagem aos fãs e expectadores. ôTenso é não cuidar da saúdeö, disseram os músicos, em alusão a um de seus sucessos.

Os cantores ressaltaram a importância de se procurar um otorrinolaringologista sempre que os sintomas de rouquidão, cansaço ao falar ou dor na garganta forem detectados, contribuindo assim para o diagnóstico precoce de doenças como o câncer de laringe. ôPara nós, que utilizamos a voz como ferramenta de trabalho, é muito importante reforçar que as chances de cura são grandes quando a doença é detectada no inícioö, disseram.

 

Atrações paralelas
Os visitantes receberam orientações sobre as principais doenças que acometem a garganta e prejudicam a voz. Cerca de 20 médicos da Escola Paulista de Medicina, Faculdade de Medicina da USP, Hospital Paulista, Faculdade de Medicina do ABC e Santa Casa de Misericórdia de São Paulo participaram das ações durante os três dias de evento.

Para entreter o público, os palhaços Fuska e Gaiato e os beatboxers Borracha e Mautari fizeram apresentações e brincadeiras, que divertiram não apenas o público infantil, mas também os muitos adultos que circularam pelo local.  No último dia do evento, os visitantes contaram ainda com uma batalha entre o DJ Rocaferr e o beatboxer Borracha. Além de simples entretenimento, a batalha serviu para comparar os sons produzidos pelo equipamento de mixagem e pelo aparelho fonador.

 

Brasil adentro
Outros estados também contaram com ações em comemoração ao Dia Mundial da Voz, com orientação médica e atendimentos. Entre as cidades, destacam-se Botucatu (UNESP/SP), Goiânia (UFG/GO) e Manaus (FHAJ/AM).

De acordo com o coordenador nacional da campanha Dr. Gustavo Korn, a iniciativa social está consolidada e é a maior realizada nos últimos cinco anos pela ABLV. ôMuitas pessoas se envolveram na produção deste projeto, que já se consagrou como o cartão de visitas da nossa associação. Queremos mostrar à população brasileira nosso anseio por conscientizar e potencializar os cuidados com a voz e a gargantaö, declara. ôEsta edição foi uma das que mais alcançaram projeção na história da campanhaö, finaliza.

Álbum de imagens relacionadas ao conteúdo. Total de 6 imagens.

Clique aqui para visualizar o álbum de imagens

Cuide bem da sua voz

25/04/2014

Especialista explica como preservar a voz

17/04/2014

Entrevista do Dr. Antonio Lobo, presidente da Associação Brasileira de Laringologia e Voz, ao MGTV 1ª edição sobre o Dia Mundial da Voz.

Clique aqui para ver a participação do presidente da ABLV.






Campanha alerta população para cuidados com a voz

17/04/2014

Você sabia que cerca de 70% da população brasileira ativa é constituída de profissionais da voz, como os professores, atores e operadores de telemarketing? Para conscientizar a população sobre os cuidados com esta importante ferramenta de comunicação do corpo humano, especialistas lançaram uma campanha no Parque do Povo, em São Paulo. Esta quarta-feira (16) é o Dia Mundial da Voz.
O objetivo da campanha é alertar a população sobre os principais cuidados com a voz e sobre a prevenção de doenças vocais, um das principais causas de afastamento dos professores de suas funções.
Outra grande preocupação da ABLV é reduzir os casos de câncer de laringe, já que o Brasil ainda figura na lista dos países com maior incidência da doença.  
A ação foi promovida pela ABLV em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial. 

Tour 

Para levar as informações para a população de forma didática e divertida, a "Campanha Nacional da Voz" troue a São Paulo uma superestrutura inflável em formato de boca gigante. A exposição permite ao público conhecer a fisiologia desta área do corpo humano, além do processo de produção da voz. 
Fernando e Sorocaba, da dupla sertaneja, são os padrinhos da campanha este ano. A dupla aproveita um de seus maiores sucessos para dar o recado: "Tenso é não cuidar da saúde".

Voz

A voz é produzida na laringe pela vibração das cordas vocais. Essa vibração acontece por meio do ar que vem do pulmão, e o som produzido é moldado pela garganta, nariz, e boca. Quando a voz fica rouca, é sinal de que existe algo errado. Algumas causas são quadros de gripe e o refluxo do conteúdo do estômago (refluxo gastro-esofágico). Porém, muitos casos de rouquidão estão relacionados ao abuso vocal, seja gritando, falando em alta intensidade em locais com muito ruído ou por muito tempo sem dar descanso para a voz (repouso vocal).

O otorrinolaringologista Gustavo Korn, coordenador da campanha, explica a importância de estar atento aos sinais das cordas vocais, como dores, esforço ao falar e rouquidão frequente. "Nos casos de rouquidão que persistem por mais de duas semanas, é fundamental a avaliação médica, que inclui exames das pregas vocais, como a fibronasolaringoscopia (fibra flexível colocada pelo nariz até a laringe) ou a telelaringoscopia (o médico introduz pela boca do paciente um tubo rígido e apoia a língua com uma gaze). É muito importante descartar o câncer de laringe que, na maioria das vezes, a voz rouca é a primeira manifestação".

Dicas

Uma equipe de especialistas das associações ligadas à campanha reuniu as dez principais recomendações para a preservação da saúde da voz:

- Evite gritar ou falar alto em ambientes ruidosos;
- Não é recomendável ingerir líquidos ou alimentos muito gelados, principalmente em dias quentes;
- Fumar é altamente nocivo à saúde do sistema respiratório, principalmente às pregas vocais.
- O consumo excessivo de bebidas alcoólicas também é nocivo, pois propicia um efeito analgésico na laringe, causando abusos do aparelho vocal.
- É importante beber bastante água e manter uma alimentação leve, sem exagerar no consumo de alimentos gordurosos ou muito condimentados;
- Falar durante exercícios físicos de impacto, como vôlei e tênis, pode prejudicar as cordas vocais.
- Pigarrear e sussurrar são hábitos aparentemente inofensivos que podem trazer grandes prejuízos à voz.
- Chupar balas ou pastilhas para aliviar dores na garganta traz efeito anestésico, levando também a abusos vocais.
- O uso excessivo de ar condicionado pode traz problemas ao resfriar e reduzir a umidade do ar, provocando o ressecamento das cordas vocais.
- A qualquer sinal de problemas, como dores na garganta, rouquidão, cansaço ao falar, tosse, pigarro ou dificuldade para engolir, procure um médico Otorrinolaringologista.

Álbum de imagens relacionadas ao conteúdo. Total de 6 imagens.

Clique aqui para visualizar o álbum de imagens

Quando diagnosticado precocemente, câncer de laringe tem cura!

15/04/2014

Entrevista com Antonio Lobo, presidente da Associação Brasileira de Laringologia e Voz, que diz que a doença está diretamente associada ao consumo de tabaco e álcool.

Clique aqui para ouvir a entrevista à rádio CBN, Clique aqui.

Rouquidão que dura mais de 14 dias precisa ser avaliada pelo médico.

07/04/2014

Confira a entrevista com o Dr. Gustavo Korn.

http://cbn.globoradio.globo.com

 

 

Coral sem laringe canta contra o cigarro

10/03/2014

Coral é composto por doze pacientes que, após o diagnóstico de câncer de laringe avançado, retiraram este órgão em uma cirurgia chamada laringectomia

 


Foto: Reprodução
Coral sem laringe: pacientes interpretaram duas canções da famosa banda The Beatles - All you need is love e She loves you

São Paulo - Uma ação da JWT para o A.C.Camargo mostra um coral diferente no palco do Auditório do MASP, em São Paulo. Enquanto o público aguardava a apresentação do Coral da USP, o Grupo Sua Voz do A.C.Camargo Cancer Center subiu ao palco. O coral é composto por doze pacientes que, após o diagnóstico de câncer de laringe avançado, retiraram este órgão em uma cirurgia chamada laringectomia.

Acompanhados por fonoaudiólogos da instituição paulista, os pacientes interpretaram duas canções da famosa banda The Beatles - All you need is love e She loves you -, exibindo depois as placas com os dizeres ôEscute a voz deste Coral û Não Fumeö, emocionando o público presente. O tabagismo é o principal fator de risco para o câncer de laringe, com 7 mil novos casos/ano no Brasil, segundo o INCA. 

Os pacientes que compõem o Coral Sua Voz - a maioria acima dos 60 anos û fazem uso de voz esofágica, prótese, laringe eletrônica (vibrador), fala bucal ou articulação de sons. A segunda voz, coube aos fonoaudiólogos. ôA combinação das vozes grossas dos pacientes, intercaladas com as vozes dos fonoaudiólogos, fica muito especial", diz Elisabete Carrara de Angelis, que é a coordenadora do Grupo de Apoio ao Paciente Laringectomizado Sua Voz e diretora de Fonaudiologia Oncológica do A.C.Camargo. 

O Coral Sua Voz retornou nesta segunda, 9 de dezembro, em apresentação única e aberta ao público no Atrium do A.C.Camargo, em São Paulo. Além de comemorar o Dia do Fonoaudiólogo, a apresentação atraiu holofotes também para a maneira como a sociedade vê atualmente o convívio com os pacientes que retiram a laringe e fazem uso de métodos não convencionais de comunicação. "Ainda hoje, aqui no Brasil, as pessoas desligam o telefone quando ouvem alguém que se utiliza da laringe eletrônica, por pura desinformação. Isso não acontece em países cuja população é mais instruída sobre este assunto", destaca Elisabete Carrara. Ainda segundo a fonoaudióloga, há pacientes que estão seguindo um exemplo dos Estados Unidos e se organizando para criar uma associação nacional que pretende trabalhar em torno da criação do Dia do Laringectomizado Total. "Com isso, poderemos chamar a atenção da sociedade e romper paradigmas", acrescenta. 

O Sua Voz não é um programa exclusivo dos pacientes atendidos no A.C.Camargo e sim voltado a todos os submetidos à laringectomia parcial ou completa estando ou não em tratamento em outra instituição. O convite estende-se a familiares e cuidadores desses pacientes.
Mais informações em www.accamargo.org.br/sua-voz/.

O vídeo pode ser visto abaixo:

 

Leia a reportagem na íntegra aqui.
http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/coral-sem-laringe-canta-contra-o-cigarro?page=1

Fonte:Exame.com

Cordas vocais em ação

06/03/2014

Vídeo mostra a atividade das cordas vocais de quatro pessoas durante canto. Confira:


Fonte:YouTube

Portal M de Mulher - O que a sua voz diz sobre a sua saúde

05/03/2014

As cordas vocais dão duro toda vez que batemos um papo. Mas, se trabalham além da conta, ficam expostas a problemas sérios. Entenda o que prejudica a voz e o que ela comunicam sobre a sua saúde.

Os sons que soltamos pela boca revelam muito sobre o estado do organismo. A começar pela condição das próprias cordas (ou pregas) vocais. Entre os problemas mais recorrentes estão nódulos, cistos, hemorragias e laringite. "Gritar com frequência pode fazer com que essas lesões apareçam", informa a fonoaudióloga Ana Elisa Ferreira, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. "Assim como outros músculos, as pregas vocais precisam de condicionamento, em especial quando seu uso é intenso. Caso contrário, o risco de lesão é grande", arremata.

E atenção: embora professores, cantores e radialistas estejam mais predispostos a esses males, pesquisas apontam que a probabilidade de qualquer pessoa desafinar feio ao longo da vida é de 30%. "Se a voz ficar aguda, engrossar ou houver dificuldade para conversar, deve-se buscar ajuda", orienta Mara Behlau, fonoaudióloga e diretora do Centro de Estudos da Voz, na capital paulista. Além de consultar um expert, é fundamental manter os chamados hábitos de higiene vocal, que incluem beber muita água, não pigarrear, dialogar em um volume adequado, fugir do tabagismo e do consumo excessivo de álcool...
 
Sinal de Parkinson
No entanto, apesar de mudanças no jeito de falar geralmente estarem ligadas a encrencas menos graves, há casos em que doenças sérias dão pistas de sua progressão por meio da voz. Uma delas é o Parkinson, caracterizado por, entre outros sintomas, tremores involuntários. Aliás, a dificuldade para se comunicar costuma ser um dos primeiros sinais desse mal neurodegenerativo. "O transtorno enrijece os músculos, inclusive os da laringe. Daí a voz fica baixa, fraca e pouco melódica", explica Mara.

A rouquidão é outro fator que não pode passar em branco - ainda mais se dá as caras sem um motivo aparente. Afinal, é por meio dela que o câncer de laringe tende a se manifestar. "A alteração preocupa principalmente se permanecer por mais do que duas semanas", alerta o otorrinolaringologista Alexandre Enoki, do Hospital Paulista, em São Paulo. Cuide de suas cordas vocais e, acima disso, escute o que elas têm a dizer. Seus conselhos podem livrá-lo de uma porção de problemas.

 

Leia a reportagem completa aqui.
http://mdemulher.abril.com.br/saude/reportagem/prevencao-trata/sua-voz-diz-sua-saude-773069.shtml

 

Reportagem: Luiza Monteiro
Fonte: MdeMulher
Foto: Getty Images

Jon Hamm fará cirurgia de pólipo na garganta

03/10/2013

Antes de voltar às gravações da última temporada da série, o protagonista de Mad Men vai retirar um pólipo que está prejudicando suas cordas vocais

Jon Hamm, que vive o publicitário Don Draper, protagonista da cultuada série Mad Men, vai se submeter a uma séria cirurgia nos próximos dias. Segundo a revista norte-americana People, o agente do ator afirmou que ele vai retirar um pólipo da garganta, que estaria prejudicando sua voz. 
Os pólipos nas cordas vocais se desenvolvem pelo uso excessivo e errado da voz, mas não são cancerígenos. ôEle está com um único pólipo em sua garganta, que em breve será removido. Este é um procedimento ambulatorial de rotina, está tudo bemö, confirmou o agente do astro.
No domingo, Hamm marcou presença no Emmy Awards e apresentou, ao lado de Alec Baldwin, o prêmio de melhor atriz de séries de comédia, conquistado por Julia Louis-Dreyfus, de Veep.


Fonte: Caras


http://caras.uol.com.br/especial/tv/post/jon-hamm-protagonista-de-mad-men-vai-fazer-uma-cirurgia-na-garganta

Iron Maiden: problemas na voz de Dickinson

03/10/2013

Depois de duas grandes e impecáveis apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro, o vocalista Bruce Dickinson do Iron Maiden, apresentou problemas vocais durante o show da banda em Curitiba.
Devido a uma gripe e dor de garganta, Dickinson teve dificuldades em interpretar canções que exigem mais da voz, como The Trooper. 
O último show da Donzela no Brasil fez lembrar a ocasião da Somewhere on Tour de 1986, em Sheffield na Inglaterra, onde Bruce estava com uma forte gripe e febre, e sofreu para levar o show até o final.


Fonte: Whiplash.net


http://whiplash.net/materias/news_823/189011-ironmaiden.html

 

Álcool e tabaco aumentam os riscos de câncer de cabeça e pescoço

03/10/2013

O consumo abusivo de bebidas alcoólicas e de cigarros contribui para o aparecimento do câncer de cabeça e do pescoço

No mês de agosto deste ano, o Ministério da Saúde (MS) divulgou dados da pesquisa da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizada em 2012, a qual apontou que pela primeira vez a parcela da população brasileira acima de 18 anos que fuma caiu 20% nos últimos seis anos. O percentual de brasileiros fumantes alcançou o menor índice: 12%.
Apesar da baixa no índice, ainda existem inúmeras pessoas que são dependentes do cigarro, o qual, segundo o MS, assim como a má alimentação, o sedentarismo e o uso abusivo de álcool estão entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento de infarto agudo do miocárdio, AVC e tumores malignos (câncer). Dentre os tipos de neoplasias (tumores) que podem ser desenvolvidas, principalmente devido ao uso de cigarros e álcool, estão os tumores malignos que se manifestam na região da cabeça e pescoço, como o câncer de boca, de laringe (cordas vocais) e de faringe (garganta). 
Conforme o médico, cirurgião de cabeça e pescoço, doutor Daniel Garcia Raimundo, os tumores malignos (câncer) são aqueles capazes de invadir os tecidos, como ossos, artérias, veias, nervos, gânglios (ínguas), entre outros, e assim se disseminar por outras partes do corpo. Já os tumores benignos apenas crescem de tamanho, mas permanecem no mesmo local, geralmente não invadem outras partes do corpo. ôO tumor maligno é agressivo, sendo que nos casos avançados é necessário retirar osso, cartilagem, ou seja, muitas vezes é necessário sacrificar alguma estrutura para poder retirar a doença totalmente. Tais estruturas poderiam ser preservadas na cirurgia se o diagnóstico fosse feito no estágio inicial da doençaö, explicou.

Clique aqui e confira a reportagem completa.

Fonte: Diário do Sudoeste

Tire suas dúvidas sobre problemas da garganta

03/10/2013

Assista a matéria exibida na TV Liberal, afiliada da TV Globo em Belém-Pará e confira as dicas para manter a garganta saudável e prevenir doenças como a faringite e a laringite. A otorrinolaringologista Silvana Nobre Mazivero explica que cuidados com o estômago, boa alimentação e boas condições de moradia são medidas que ajudam a prevenir doenças vocais.

Assista aqui a matéria completa. 




Sandy nega problemas na garganta

16/09/2013

Uma semana após a internação de Junior Lima, agora é Sandy quem preocupa os fãs. Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, um problema na garganta poderia afastar a cantora dos palcos por até um ano.
De acordo com a publicação, Sandy tem um problema crônico na garganta e está tratando-o há dois anos. Tomando cortisona regularmente, a cantora procurou terapias alternativas, como acupuntura e homeopatia, que não deram o resultado esperado. Portanto, ela cogita se afastar dos palcos para se recuperar completamente.
Procurada pelo R7, a assessoria da cantora afirma que não tem conhecimento ou informações sobre a nota do jornal. Rogéria Takata disse ainda que a agenda de shows de Sandy está lotada, com apresentações em Sorocaba, Brasília e São Paulo.

Por enquanto, a assessoria não tem informações sobre a possível doença de Sandy e garantiu que está tudo bem com a cantora.
Fonte: R7

http://entretenimento.r7.com/musica/noticias/sandy-pode-deixar-os-palcos-por-causa-de-problema-na-garganta-diz-jornal-20130912.html

Exercícios de canto podem melhorar o ronco

06/09/2013

Estudo realizado na Grã-Bretanha provou que o ronco pode ser reduzido ou mesmo eliminado com exercícios de canto

Durante três meses, 60 pacientes participantes dos testes clínicos no hospital Royal Devon and Exeter, na cidade de Exeter (sudoeste da Inglaterra) fizeram os exercícios para melhorar a tonificação dos músculos da garganta desenvolvidos por uma professora de canto local, Alise Ojay, especificamente para pessoas que roncam. "Foi um teste consideravelmente grande, tivemos 60 pessoas com roncos simples e outros 60 com apneia do sono. A metade deles estava nos grupos de controle onde não fizeram nada, enquanto os outros fizeram os exercícios", explicou Ojay à BBC.

Segundo ela, pacientes que fazem estes exercícios de voz, pronunciando os sons "ung" e "gar" juntos e em tons diferentes conseguiram diminuir e até acabar com o ronco. A diretora de coral afirmou à BBC que os exercícios precisam ser feitos diariamente, durante três meses, para o paciente conseguir alguma melhora. Estes exercícios diários são realizados durante 12 minutos no primeiro mês e 18 minutos nos meses seguintes.

Depois de anos de estudo e testes com voluntários que roncavam, os estudiosos descobriram que os exercícios vocais funcionam para as pessoas que sofrem de uma forma simples do problema e aquelas com apneia do sono suave ou moderada Existem diferentes causas para o ronco. Mas, de acordo com Ojay, a maioria dos que começam a roncar com o passar do tempo, como parte do processo de envelhecimento, o fazem devido à falta de tônus muscular na garganta.

Confira aqui os exercícios de canto que ajudam a melhorar o ronco!

Fonte: BBC û Brasil

Você acha que cuidar da voz é coisa de artista?

29/08/2013


Exercícios e técnicas utilizadas por grandes estrelas podem ser aplicados na rotina de outros profissionais

Madonna, diva da música mundial. Sylvester Stallone, astro veterano de filmes de ação. Nicole Kidman, atriz ganhadora do Oscar. Ozzy Osborne, lendário vocalista de rock que se apresenta no Brasil em outubro com o Black Sabath. Consegue identificar algo em comum entre essas quatro figuras? Eles usam uma técnica ainda pouco comum no Brasil û a Speech LevelSinging (SLS) û que amplia as habilidades vocais e pode trazer benefícios para a autoestima e identidade, mesmo se você não tiver pretensões artísticas.

 

De acordo com o músico curitibano Wagner Barbosa, um dos poucos professores certificados pela técnica SLS no Brasil, o abuso vocal está presente em muitas profissões. ôEntender melhor o funcionamento da voz pode evitar inclusive o afastamento do trabalho. Há maneiras de usar bem a voz sem que isso cause rouquidão û que é diferente de um simples cansaço vocal, resolvido por uma boa noite de sonoö, explica. 

 

Os números confirmam a afirmação do especialista: uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), com resultados publicados nos Cadernos de Saúde Pública da Fiocruz, apontou que 59,2% dos professores brasileiros sofriam com rouquidão e 25,6% tiveram perda temporária da voz. Em outros estudos, publicados em revistas internacionais, o índice foi semelhante: 57% na Espanha e 58% nos Estados Unidos.

 

A voz, que pode ser definida como uma interação da respiração, força dos músculos da laringe e das caixas de ressonância que amplificam o som, pode trazer, portanto, impacto sobre a saúde das profissionais. É claro que, se a rouquidão persistir por vários dias, a recomendação é procurar um médico. Mas para o trabalho preventivo e o uso mais eficiente deste instrumento no dia a dia, o programa de treinamento vocal pode ajudar, combinado com ingestão de líquidos e alimentação balanceada.

Como funciona?

A técnica SLS chegou ao Brasil há menos de cinco anos, mas já conquista adeptos também entre artistas que alcançaram sucesso nacional recentemente, como Marcelo Jeneci e Laura Lavieri, Criolo, Marcelo Pretto, GianaViscardi e Verônica Ferriani. Criado pelo maestro norte-americano Seth Riggs, o método é inusitado e diferente das técnicas tradicionais, porque trabalha com causa e efeito (cause andeffect). 

Com um diagnóstico detalhado realizado pelo professor, o exercício é aplicado de forma individual, de acordo com a dificuldade do aluno. Por exemplo: para quem já é cantor ou pretende se tornar um profissional da voz, Wagner explica que o principal erro é achar que precisamos executar muitas tarefas ao cantar. ôIsso despende muita energia. Entender o funcionamento do instrumento voz é a grande chave. Assim você percebe que, na verdade, tem que fazer menos coisas ao mesmo tempo e a voz pode soar mais livrementeö, afirma o músico.

Fonte: Portal UAI

Confira a matéria completa:


http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2013/08/21/noticia_saudeplena,145029/voce-acha-que-cuidar-da-voz-e-coisa-de-artista.shtml

29 de agosto:
Dia Nacional de Combate ao Fumo

29/08/2013

Fumar está entre as principais causas do câncer de laringe, mal que atinge 10 mil brasileiros por ano, segundo o INCA

Nesta quinta-feira (29/08), é celebrado o ôDia Nacional de Combate ao Fumoö para alertar a população sobre os malefícios do tabaco e os cuidados para combater a doença. O tabaco está entre as principais causas do câncer de laringe, doença que atinge 10 mil pessoas no Brasil todos os anos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Ambientes fechados livres de fumo, aumento de preços e impostos, proibição da propaganda e promoção desses produtos, além do fim da adição de substâncias nos cigarros são as medidas mais efetivas para diminuir o consumo de cigarros, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

A lei que proíbe fumar em ambientes fechados foi sancionada em dezembro de 2011. Seu texto também proíbe propaganda de cigarros nos pontos de venda. No entanto, é necessária a regulamentação da lei, para que as medidas sejam cumpridas.

 

A proibição dos cigarros com aditivos de sabores e aromas, atrativos para novos consumidores, na maioria jovens, é uma vitória importante na luta contra o tabagismo. A proibição do mentol, cravo, canela, baunilha e outros sabores começará em 14 de setembro, segundo informa a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

Fonte: Fundação do Câncer

http://www.cancer.org.br/noticia/929/29-de-agosto-dia-nacional-de-combate-ao-fumo

Médicos descartam retorno de câncer em Lula

16/08/2013


O ex-presidente passou por exames de rotina neste sábado em São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou por exames de rotina neste sábado, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em entrevista coletiva, o médico Roberto Kalil Filho declarou que os três exames realizados apresentaram resultados normais, sem nenhum indício de retorno do câncer na laringe, detectado em 2011. Lula será submetido a uma nova avaliação apenas em 2014. 

Segundo Kalil Filho, a coletiva foi pedida pelo ex-presidente para pôr fim a uma série de boatos sobre o retorno do câncer na laringe. ôDecidimos por essa coletiva para esclarecer qualquer tipo de dúvidaö, disse Kalil Filho. Lula chegou ao hospital por volta das 8h e passou por três exames: Pet Scan do corpo inteiro, laringoscopia e ressonância magnética. ôOs três exames se mostraram completamente normais, assim como foi em abrilö, disse o médico.

Segundo os médicos, a avaliação de hoje já estava programada desde abril. Ao lado de Kalil Filho, estavam os médicos Artur Katz, Paulo Hoff, Luiz Paulo Kowalski, Rubens de Brito e João Luis Fernandes da Silva. Para Paulo Hoff, a divulgação dos resultados de hoje serviu para "colocar os rumores para escanteio".

Fonte: Terra

http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/apos-exames-medicos-descartam-boato-sobre-retorno-de-cancer-de-lula,7db1f57280960410VgnVCM3000009acceb0aRCRD.html

Câncer de laringe pode causar perda total da voz

16/08/2013


Segundo o Instituto Mexicano de Seguro Social (IMSS), Guadalajara-México, o câncer da laringe é a principal causa de afonia crônica, definida como a perda total da vozpor um período superior a 15 dias. ôOs danos podem persistir mesmo se paciente com câncer de laringe passar por cirurgia para remover o tumor maligno, quando ele está localizado muito perto das cordas vocaisö, disse o Dr. Arnulfo Cornejo Suarez, Otorrinolaringologista do IMSS.

Segundo ele, a perda da fala é geralmente gradual (com antecedentes de disfonia crônica) e é um sintoma que surge a partir de outras doenças originadas da laringe. Por isso, desde o primeiros sintomas de rouquidão aguda e persistente, os pacientes devem ser avaliados por um otorrinolaringologista para detectar a origem da doença e aplicar o tratamento mais adequado.

Fonte: Mi Morelia

http://www.mimorelia.com/noticias/120994

O que é laringite de refluxo?

06/08/2013

Apesar do nome complicado, o refluxo gastroesofagofaringolaringeano traz formas bastante simples de prevenção e tratamento

O refluxo gastroesofagiano é um problema já bastante conhecido da população em geral. Tem como queixas principais a pirose (algumas vezes chamada de azia), aquela sensação de queimação atrás do esterno e a regurgitação de alimentos. É definido como o retorno do conteúdo gástrico para o esôfago causando sintomas ou complicações. Acontece que o refluxo gastroesofagiano, às vezes, apresenta-se tão somente com o que chamamos de sintomas extraesofágicos, fugindo da clínica clássica e dificultando o diagnóstico aos mais desavisados. 

Toda essa introdução vem para frisar um assunto bastante discutido e comuníssimo nos consultórios de otorrinolaringologia e gastroenterologia û o refluxo gastroesofagofaringolaringeano ou laringite de refluxo. De forma simplória, é a chegada do agente refluído à faringe e à laringe e aí ocasionando uma faringolaringite crônica irritativa e seus sintomas, que são muitas vezes inespecíficos. 

Os pacientes costumam relatar-nos pigarro e uma necessidade frequente de limpar a garganta, sensação de bolo ou corpo estranho na faringe, ardência ou aspereza na garganta e rouquidão. Menos frequentemente, tosse seca, mudança no timbre da voz, perda da extensão do canto, dor de ouvido, descarga de secreção nasal pela sua parte posterior (rinorreia posterior).

Ao realizarmos a videolaringoscopia, que é um exame rotineiro e ambulatorial, feito com anestésico tópico em forma de spray, observamos achados pouco específicos, embora sugestivos, como inchaço e vermelhidão (edema e hiperemia) das aritenóides (cartilagens situadas na região posterior da laringe em contato com a parte superior do esôfago), inchaço e vermelhidão das pregas vocais, principalmente em seu terço posterior e outras alterações características do trauma de longa data sofrido por elas.

A laringite de refluxo ou o refluxo gastroesofagolaríngeo é um tema bastante controverso, até quando nos referimos à sua existência. Seu diagnóstico é baseado muitas vezes em critérios bastante subjetivos, como os usados à videolaringoscopia e o seu controle, não raro, é difícil. Na suspeita de laringite de refluxo, o paciente deve ser encaminhado pelo otorrino ao gastroenterologista para realização de endoscopia digestiva alta para avaliação do esôfago e de possíveis complicações. Em pacientes abaixo dos 45 anos, com clínica sugestiva, sem sinais de alerta, a terapêutica pode ser iniciada baseada no quadro clínico.

Usamos medicamentos que visam reduzir a secreção ácida do estômago. Outros remédios que visam diminuir o tempo de contato do esôfago com o agente refluído, chamados de procinéticos e medidas não medicamentosas (como reduzir a quantidade de ingestão de alimentos nas refeições, respeitar um intervalo de pelo menos duas horas entre uma alimentação e o horário de deitar e evitar certos alimentos) também são indicadas.

Mesmo com todos esses cuidados, os sintomas podem permanecer e nesse caso, as drogasdevem ser reajustadas ou outras medidas específicas devem ser adotadas. Em alguns casos, está indicado o procedimento cirúrgico.  No caso do refluxo gastroesofagofaringolaríngeo, o ideal é uma boa relação entre o otorrino e o gastro de confiança deve ser mantida para o tratamento adequado do paciente.

Fonte: Diário da manhã
http://www.dm.com.br/texto/131967-novo-palavrao-refluxogastroesofagofaringolaringeano

Lula desmente volta do câncer de laringe

24/07/2013

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desmentiu, nesta quinta-feira (18), os boatos que circulam na internet de que ele estaria recebendo tratamento médico novamente, por conta de uma reminiscência do câncer que teve na garganta. Alguns blogs chegaram a dizer que, dessa vez, a doença estaria se manifestando nos pulmões do ex-presidente.  

ù Têm circulado muitos boatos de que estou com metástase. Fui visitar o [governador do Sergipe] Marcelo Deda e dizem que vou ao [hospital] Sírio Libanês de madrugada escondido para fazer tratamento. Se eu tivesse, jamais esconderia. [..] Não tenho câncer, não quero ter câncer, não vou ter câncer e não gosto de quem tem câncer.

ù Vou fazer exames de novo em agosto. Se tiver [voltado a doença], serei o primeiro a comunicar pra imprensa. Jamais negaria isso. Os médicos declararam que Lula estava livre do câncer no ano passado. Mas o tratamento ainda prossegue. O ex-presidente precisa fazer exames rotineiros a cada quatro meses durante os próximos cinco anos para monitorar a cura da doença.

Fonte: R7        

http://noticias.r7.com/brasil/lula-desmente-boato-de-volta-do-cancer-e-avisa-se-tivesse-doente-jamais-esconderianbsp-18072013

Aulas de canto ajudam no tratamento de doenças respiratórias

24/07/2013

Além de ser um ótimo exercício para as cordas vocais, cantar pode ser uma alternativa divertida para pacientes com problemas de respiração


Um hospital em Londres, na Inglaterra, passou a oferecer aulas de canto e exercícios vocais para pessoas com problemas pulmonares e de respiração, como asma, enfisema ou doença pulmonar obstrutiva crônica (COPD, na sigla em inglês). A ideia da "terapia do canto", de acordo com a agência de notícias Associated Press, surgiu após médicos da instituição constatarem que técnicas de respiração adotadas por cantores poderiam ajudar os pacientes.

"Como muitas pessoas gostam de cantar, pensamos em algo que poderia ajudar os pacientes a adotar métodos de controle da respiração, algo agradável e positivo, em vez de apenas praticar a fisioterapia padrão para estes problemas", afirmou o médico Nicholas Hopkinson, especialista em problemas pulmonares do Hospital Real Brompton, em Londres.

Os pacientes da "terapia do canto", a maioria por pessoas idosas, reúnem-se semanalmente e contam sempre com um professor especializado nas aulas. Alguns especialistas, como Norman Edelman, chefe do setor médico da Associação Pulmonar Americana, consideraram a terapia válida, apesar de incomum. "Há um fundo racional na ideia do projeto", disse ele à Associated Press.

"O controle de respiração que você aprende cantando pode ser importante em pessoas com doença pulmonar obstrutiva crônica, por exemplo, porque ajudaria a aprender como executar inspirações profundas e sincronizar lentamente cada expiração, enquanto o paciente faz uma atividade como subir escadas", afirmou Edelman.

Sem substituir

Outros especialistas, no entanto, avaliam que a "terapia do canto" não deve substituir tratamentos tradicionais e que seu resultado pode ser positivo para uma minoria dos pacientes. "Nem todo mundo quer cantar, mas todos os doentes deveriam aprender exercícios para ajudar a melhorar", afirmou a porta-voz da Sociedade Britânica de Fisioterapia, Julia Bott.

Outras atividades, como yoga e tai chi chuan, têm técnicas de respiração similares aos exercícios de fisioterapia aplicados em pacientes com problemas de pulmão, e podem ser uma alternativa mais viável à "terapia do canto", diz Bott.

Fonte: G1 û Bem Estar
http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/07/hospital-britanico-adota-terapia-do-canto-para-asmaticos.html

Um terço dos casos de câncer de garganta é ligado ao HPV

24/07/2013

Especialistas afirmam que vírus é a principal causa de câncer cervical e se espalhar através do contato genital ou oral

Especialistas dizem que um estudo no periódico JournalofClinicalOncology, que quantifica a ligação entre o vírus e a doença , mostrou 'resultados impressionantes'. Existem mais de 100 tipos de HPV. A maioria das pessoas serão infectadas pelo HPV em algum momento, mas na maior parte o sistema imunológico oferecerá proteção.
Existem duas estirpes de HPV que são mais susceptíveis de causar câncer - HPV-16 e HPV-18. HPV-16 é supostamente responsável por cerca de 60% dos casos de câncer do colo do útero, 80% dos casos de câncer no ânus e 60% dos cânceres orais.
Cerca de 1.500 pessoas são diagnosticadas com câncer de garganta a cada ano no Reino Unido, com cerca de 470 mortes em decorrência da doença.

Fonte: BBC û Brasil


http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/07/130721_hpv_cancer_rp.shtml

Câncer de garganta: um perigo escondido

24/07/2013

O ator Guilherme Leme de 51 anos, descobriu o câncer na garganta há pouco mais de um mês e desde então está fazendo tratamento. A doença pode chegar aos poucos sem ser identificada. É preciso ficar atento a qualquer sintoma desconhecido.

Assista o vídeo e saiba mais sobre esse problema:
http://noticias.r7.com/videos/cancer-de-garganta-um-perigo-escondido/idmedia/51e6844a0cf2c9f75e6e9359.html

Neymar passa por cirurgia na garganta nesta sexta-feira

03/07/2013

Neymar, o melhor jogador da Copa das Confederações, será submetido a uma cirurgia na garganta na sexta-feira, antes de viajar à Espanha para integrar o elenco do Barcelona. "É um problema que eu tenho, de ficar sempre ruim da garganta, então vamos operar para acabar logo com isso", disse o atacante após a vitória brasileira por 3 x 0 sobre a Espanha, neste domingo, no Maracanã. A cirurgia será realizada pelo Otorrinolaringologista parnaibano Augusto César Ramos, na Gávea, Rio de Janeiro.  

O jogador de 21 anos, que trocou o Santos pelo Barcelona antes do início da Copa das Confederações, terminou a competição com quatro gols em cinco jogos, além de ter sido o melhor em campo em quatro partidas e de ter sido eleito o craque do torneio.

Outro jogador da seleção brasileira que será operado esta semana no Rio de Janeiro é o zagueiro David Luiz, que sofreu uma fratura no nariz durante partida contra o México. O jogador do Chelsea, que continuou jogando normalmente pela seleção apesar da lesão, será submetido a cirurgia na quarta-feira.

Fonte: Agência Reuters

http://br.reuters.com/article/topNews/idBRSPE96000I20130701

 

Voz é destaque em site da campanha “Ouvido, nariz e garganta: cuide e viva melhor”

28/06/2013

A campanha ôOuvido, nariz e garganta: cuide e viva melhorö, iniciativa da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia a Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) tem movimentado o país para conscientizar a população sobre os cuidados com esses órgãos.

Temas como ôVozö, ôLaringiteö e ôDor de gargantaö tem sido destaque no site ôOuvido, nariz e gargantaö, uma das principais plataformas de comunicação da campanha digital. Além disso, as matérias divulgadas sobre laringologia estimulam o envio de dúvidas e comentários de internautas que seguem a campanha nas principais redes sociais (Facebook e Twitter).

Saiba mais sobre os cuidados com a voz:

Voz gravada

Voz diferentes

Laringite

Dor de garganta

Beyoncé revela que não gosta de sua própria voz

28/06/2013

Entenda porque, assim como a popstar internacional, estranhamos ao ouvir nossa voz falada

A cantora Beyoncé fez uma revelação sobre a sua própria voz. Com tantos anos de carreira, a musa pop admitiu que não gosta de ouvir a si mesma. Mas, não fiquem desesperados porque ela não irá parar de cantar! Quando canta, a artista ama a sua voz. O problema é quando ela está falando. Isso mesmo, Beyoncé ouviu a dublagem que fez para a Rainha Tara no filme Epic e odiou o resultado. ôEu tenho uma voz estranha quando falo. Odeio me ouvir falar!ö, declarou.

Quase todo mundo odeia ouvir a própria voz gravada. O lado bom é que existe uma resposta para isso. O som pode chegar aos nossos ouvidos de duas maneiras diferentes: conduzido pelo ar ou pelos ossos. Na condução pelos ossos, a transmissão do som vai das nossas cordas vocais para a cóclea, estrutura em forma que caracol, localizada nas profundezas de nosso ouvido e responsável pela captação do som.

A frequência desses sons enviados por nossas cordas vocais é diminuída ao longo do caminho e é por isso que nossa voz, quando gravada, nos parece mais aguda, porque a ouvimos com a frequência de sons normais, pois são enviados pelo ar. De acordo com o professor de psicologia da Universidade de Glasgow, pesquisador de percepções vocais, Pascal Belin, ônós nunca ouvimos nossas vozes como as outras pessoas ouvem, por isso nossa surpresa ao ouvir uma gravaçãoö.

Já a otorrinolaringologista Chris Chang, de Virgínia, EUA, explica que quando ouvimos nossa voz gravada o processo de recepção do som não tem mais a ver com a cóclea, mas com o ar. A voz que ouvimos gravada é a voz que todas as outras pessoas ouvem. É basicamente o mesmo que acontece quando gostamos do que vemos no espelho, mas não nas fotos. O fato é que estamos acostumados com as nossas imperfeições, ou seja, com a assimetria, ainda que leve, do nosso corpo.

Fonte: Caras On-line
http://caras.uol.com.br/especial/musica/post/beyonce-revela-que-odeia-sua-propria-voz-dublagem-epic-rainha-tara

 

Pessoas com azia frequente estão mais propensas ao câncer de garganta

21/06/2013

Pessoas com azia frequente estão mais propensas ao câncer de garganta

Nos pacientes com o problema mas que tomavam antiácidos, o risco de adquirir a doença foi reduzido em 41% em comparação aos demais

 

A azia frequente aumenta o risco de câncer na garganta, e os antiácidos de venda livre podem oferecer proteção, descobriu um novo estudo publicado no periódico "Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention".

Os pesquisadores estudaram a incidência de azia e o uso de medicamentos em 631 pacientes com carcinoma de células escamosas da garganta e das cordas vocais, que não fumavam nem consumiam bebidas alcoólicas em excesso. Os participantes foram relacionados a 1.234 pessoas saudáveis de um grupo de controle.

Após levar em conta os fatores idade, sexo, raça, tabagismo, consumo de álcool, infecção pelo HPV-16, nível educacional e índice de massa corporal, eles descobriram que as pessoas tinham um histórico de azia frequente estavam 78% mais propensas a ter câncer que as que não relataram o problema.

http://www.otempo.com.br/interessa/sa%C3%BAde-e-ci%C3%AAncia/pessoas-com-azia-frequente-est%C3%A3o-mais-propensas-ao-c%C3%A2ncer-de-garganta-1.662680

Fonte: O Tempo (The New York Times)

Demi Lovato adia planos de turnê para fazer cirurgia na garganta

07/06/2013

Demi Lovato adia planos de turnê para fazer cirurgia na garganta


Turnê será adiada por causa de cirurgia e atividades na TV

Ao que tudo indica, os fãs da cantora Demi Lovato terão que esperar um pouco mais para ver a estrela sair em turnê pelo mundo. Em entrevista à MTV, Demi disse que, por enquanto, não tem planos de sair em turnê para divulgar o disco ôDEMIö, lançado no início deste mês. 

A cantora contou que terá que fazer uma cirurgia na garganta e que está com a agenda comprometida, o que deve adiar os shows. ôNa verdade, esse verão eu vou ter que retirar minhas amígdalas. Eu não tenho certeza também se esse ano será a melhor oportunidade para sair em turnê, já que o æX-FactorÆ tem me ocupado bastanteö, contou.

 
http://www.cifraclubnews.com.br/noticias/57382-demi-lovato-adia-planos-de-turne-para-fazer-cirurgia-na-garganta.html

Fonte:Cifraclub News

A voz também precisa de repouso

07/06/2013

A voz também precisa de repouso

Conheça os cuidados que devem ser tomados com a voz e maneiras de prevenção da rouquidão.


A voz é produzida na laringe através da vibração das pregas vocais, que realizam seu movimento de acordo com o fluxo de ar que vem dos pulmões e com a ação dos  músculos da laringe. De início o som é baixo e fraco, mas ao chegar nas cavidades de ressonância, como a faringe, a boca e o nariz, ele é ampliado e tem um maior alcance.

Após essa amplificação, o som é articulado na cavidade oral por meio dos lábios, bochechas, língua, palato e mandíbula. "Bem resumidamente, é esse o processo que a voz deve percorrer se não houver nenhum problema no meio do caminho", explica Alexandre Cercal, otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). 

A voz tem papel fundamental na vida das pessoas. Ela é um marco tão característico e importante para alguém assim como pode ser a sua fisionomia ou impressão digital. Desde os primeiros choros e risos do bebê, o som produzido já traz formas distintas de comunicação: dor, cansaço ou satisfação. Essa é uma forma que o ser humano encontra de manter contato com os outros, de satisfazer suas necessidades e de controlar o seu mundo. Com o passar do tempo, a voz também faz com que seja possível se comunicar com outras pessoas fazendo uso somente dela, como, por exemplo, em uma conversa ao telefone.

Tendo em vista a importância da voz, Cercal comenta que a falta de conhecimento de certos cuidados básicos para preservá-la pode ter como consequência o aparecimento de algumas doenças como, edemas, nódulos, pólipos, entre outras. "São necessários alguns cuidados simples para evitar problemas como a rouquidão e até mesmo calos nas cordas vocais. Hidratação, exercícios regulares e o descanso são fundamentais para que a utilização da voz não se transforme em um problema de saúde", destaca. 

 

 
http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-27--236-20130525
 

Fonte:Portal Bonde News

Novas tecnologias afinam
características vocais

22/05/2013

Novas tecnologias afinam características vocais

Electrolaringografia baseia-se na colocação de eletrodos na laringe

 

Filipa Lã, docente no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro (UA), utiliza um software que permite avaliar o tom e os parâmetros acústicos pretendidos dos seus alunos. A nova técnica permite observar por meio de um computador a afinação, timbre e tipos de fonação de uma determinada tarefa vocal. O registo visual ajuda ainda a compreender e identificar se a pessoa canta no tom pedido e com as características acústicas recomendáveis ao estilo musical, neste caso, o canto lírico.

A electrolaringografia, técnica não invasiva que consiste na colocação de dois eléctrodos externamente à laringe, permite à docente acompanhar o padrão de vibração das pregas vocais dos seus alunos, tornando o ensino do canto mais eficiente, quer em termos de otimização vocal (produção com menor esforço, mas com maior projeção vocal) quer em termos de aquisição de uma técnica vocal saudável, fundamentada em conhecimento científico e tácito.

Outra novidade é a medição da pressão subglótica û um parâmetro fisiológico fundamental à saúde do cantor û pela qual a docente aperfeiçoa o desempenho vocal. São várias as situações de abuso da voz que advêm da projeção vocal fundamentada apenas no aumento da pressão subglótica.


http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=57587&op=all

Fonte:CiÛncia Hoje

Voz pode ajudar ou prejudicar as relações de trabalho

22/05/2013

É difícil ouvir o som da sua própria voz. Mas esse som pode afetar a impressão que outras pessoas têm de você mais ainda do que o que você diz.Uma voz forte e calma pode melhorar suas chances de chegar ao cargo de diretor-presidente. E uma voz gemida e nasalada, um tom rouco ou um volume estridente pode acabar distraindo os colegas.
Novas pesquisas mostram que o som da voz de uma pessoa influencia fortemente como ela é vista. O som da voz de um palestrante importa duas vezes mais do que o conteúdo da sua mensagem, de acordo com um estudo com base em 120 apresentações de executivos, realizado no ano passado pela QuantifiedImpressions, uma empresa de análises de comunicação de Austin, no Estado americano do Texas.
Os pesquisadores usaram um software para analisar as vozes dos palestrantes, depois coletaram a opinião de um grupo de dez especialistas e de 1.000 ouvintes. A qualidade da voz dos oradores teve peso de 23% nas avaliações dos ouvintes; o conteúdo das mensagens, 11%. Outros fatores foram o entusiasmo dos palestrantes, conhecimento e presença.
Pessoas que ouvem gravações de vozes ásperas, fracas, cansadas ou ofegantes tendem a qualificar o orador como uma pessoa negativa, fraca, passiva ou tensa. Pessoas com voz normal são vistas como bem-sucedidas, sensuais, sociáveis e inteligentes, de acordo com um estudo de 74 adultos publicado recentemente no "JournalofVoice". "Nós somos programados para julgar as pessoas. Você ouve alguém falar e a primeira coisa que você faz é formar uma opinião da pessoa", diz Lynda Stucky, presidente da ClearlySpeaking, empresa de treinamento de Pittsburgh, na Pensilvânia.
Outras características vocais irritantes incluem quando a pessoa enuncia frases como se fossem perguntas e quando ela tem como tique incluir ruídos estranhos, as muletas verbais, no final das palavras. Essas esquisitices "fazem o ouvinte pensar que a pessoa que está falando está desconfortável ou com dor", diz Brian Petty, um patologista da fala do Centro de Voz da EmoryUnivesity, em Atlanta, no Estado americano da Georgia.

http://online.wsj.com/article/SB10001424127887324474004578445424180757916.html

Fonte:The Wall Street Journal

Especialistas afirmam que é possível mudar a voz

26/02/2013

Vozes estridentes, roucas ou ôsoprosasö são sinais que de algo pode estar errado e tratamento médico pode resolver o problema 


Alguns tipos de voz não costumam agradar. Isso porque se destacam muito das demais e incomodam pela intensidade alta e som agudo. São aquelas consideradas irritantes e que as pessoas costumam apelidar de "taquara rachada". 


Culturalmente, há padrões mais ou menos aceitos como ænormaisÆ, æbonsÆ e æbonitosÆ. Há culturas nas quais vozes fortes são bem aceitas e outras em que somente a baixa e suave é tida como ideal. Por outro lado, vozes um pouco roucas ou æsoprosasÆ também podem ser consideradas agradáveis, embora nesse caso possam estar presentes alterações na prega vocal. 


Eduardo Ortiz, otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), comenta que a voz é fundamental para o ser humano, que é o único animal que se comunica falando. "Ninguém tem a mesma voz. É como se fosse uma impressão digital. Pessoas com a voz como a da participante do BBB13, Anamara, costumam ter sulco na corda vocal e podem passar por cirurgia, se quiserem". 


Ele frisa que o problema costuma ser mais comportamental que físico: "Uma voz diferente muitas vezes impede a pessoa de ter uma ascensão profissional, por exemplo. Fora que as pessoas costumam caçoar de quem tem voz mais fina, que irrita por causar um desconforto auditivo". 


Se a situação está incomodando, o médico diz que o primeiro passo é procurar um otorrinolaringologista, que fará exames para verificar as cordas vocais. Em seguida, se for necessário, o paciente pode ser encaminhado para uma fonoaudióloga ou terá de passar por uma cirurgia ou até fazer as duas coisas.  Ortiz conta ainda que os tratamentos costumam durar por volta de três meses. "Depois disso, o paciente volta e refaz o exame, que pode ser nasofibrolaringoscopia, laringoscopia ou estroboscopia", afirma o médico. 


Confira aqui os mitos e verdades sobre a voz! 


Fonte: UOL 


http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/02/25/tons-de-voz-estridentes-como-de-anamara-do-bbb13-podem-ser-mudados-dizem-especialistas.htm

Sexo oral amplia casos de tumores na boca e garganta

14/02/2013

Responsável por mais de 500 mil novos casos de câncer no colo do útero por ano, HPV se torna vilão dos tumores na boca e garganta, que têm aumentado entre jovens


Há uma luz vermelha acesa na saúde pública: jovens que nunca fumaram nem beberam estão sendo cada vez mais afetados por tumores de boca e de garganta. A maioria dos casos de câncer oral está associada à infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) û da família Papilomaviridae, sexualmente transmissível e capaz de provocar lesões de pele ou mucosa. É também esse vírus o responsável pelo desenvolvimento de 500 mil novos casos anuais de câncer de colo uterino.

Para o médico Sérgio Augusto Triginelli, com pós-doutorado em ginecologia oncológica, o momento é de alerta e de desmistificação. ôO jovem está transando mais. Está bebendo mais, se drogando mais. Isso provoca uma liberalidade quase inocente, já que, alterado, o sujeito não é mais dono de seu controleö, considera. Até há bem pouco tempo, câncer de boca e garganta era comum na população com mais de 50 anos, com histórico de alcoolismo e tabagismo. ôHoje, assim como o fumo está para o pulmão, o HPV está para os casos de câncer de colo do útero e oralö, alerta o especialista.

No Brasil, levantamentos anteriores indicavam prevalência de infecção pelo HPV menor que 2% nos pacientes com câncer de cabeça e pescoço. ôUm estudo nosso publicado em 2012 mostra que em pacientes jovens com tumores de boca a prevalência é de 32%, o que é muito altoö, diz Luiz Paulo Kowalski, diretor do Núcleo de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital do Câncer de São Paulo, conhecido como Hospital A.C. Camargo. O estudo, publicado em periódicos médicos internacionais, comparou 47 amostras de tumores de pacientes com menos de 40 anos e 67 amostras de pacientes com mais de 50 anos. Entre os mais velhos, o índice de infecção pelo HPV foi de 8%.

O HPV

Estudos em diversos centros de pesquisa no mundo comprovam que entre 50% e 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas por um ou mais tipos de HPV em algum momento da vida. Porém, a maioria das infecções é transitória, sendo combatida espontaneamente pelo sistema imunológico, principalmente entre as mais jovens. Qualquer pessoa infectada com HPV desenvolve anticorpos (que poderão ser detectados no organismo), mas nem sempre estes são suficientemente competentes para eliminar o vírus.

A transmissão é por contato direto com a pele infectada. Os HPVs genitais são transmitidos por meio das relações sexuais, podendo causar lesões na vagina, colo do útero, pênis e ânus. Também existem estudos que demonstram a presença dos vírus na pele, na laringe (cordas vocais) e no esôfago. Já as infecções subclínicas são encontradas no colo do útero. O desenvolvimento de qualquer tipo de lesão clínica ou subclínica em outras regiões do corpo é bastante raro. O uso de preservativo (camisinha) diminui a possibilidade de transmissão na relação sexual (apesar de não evitá-la totalmente). Por isso, seu uso é recomendado em qualquer tipo de relação sexual, mesmo naquela entre casais estáveis. No caso dos homens, o número de infectados pelo HPV chega a 50% da população masculina mundial, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) no Brasil.

Fonte: Estado de Minas

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/02/13/interna_gerais,350161/sexo-oral-em-xeque-pratica-amplia-casos-de-tumores-na-boca-e-garganta.shtml

Brasil é um dos líderes mundiais em câncer de laringe, diz presidente da ABORL-CCF

13/02/2013

Brasília - O presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), Agricio Crespo, disse no Dia Mundial do Câncer,  4 de fevereiro, que o Brasil é um dos países com maior incidência de câncer de laringe do mundo. ôA população brasileira ainda fuma muito. Essa é a principal causa [da grande incidência no Brasil], e quando ele [fumo] está associado à bebida alcoólica existe uma potencialização de efeitosö, diz Crespo.
Dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) indicam que fumantes têm dez vezes mais chances de desenvolver câncer de laringe e quando há associação do fumo com bebida alcoólica esse número sobe para 43 vezes. ôOutras causas são situação socioeconomica desfavorável e má alimentaçãoö, diz Crespo.
O câncer de laringe, quando descoberto precocemente, tem taxas de cura que vão de 80% a 100%. É uma doença predominantemente masculina. Para cada mulher atingida há nove homens com a doença, que é mais comum depois dos 40 anos de idade, tendo seu pico de incidência entre os 50 e 60 anos.

Fonte: Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-02-04/brasil-e-um-dos-lideres-mundiais-em-cancer-de-laringe-diz-presidente-da-associacao-brasileira-de-otor

Beber água e comer maçã ajudam a proteger a voz e evitar a rouquidão

13/02/2013

No Carnaval, é comum as pessoas ficarem em locais muito barulhentos, onde mal dá para conversar com quem está do lado. As consequências geralmente aparecem na voz, que costuma ficar rouca ou pode até desaparecer no dia seguinte. A água é importante porque hidrata a laringe e, dessa maneira, diminui os riscos de lesão nas cordas vocais. Já a maçã tem ação adstringente, que ajuda a limpar a boca e a faringe, melhorando a ressonância da voz e facilitando sua projeção. Até mesmo o movimento de mastigar a fruta já ajuda a soltar a musculatura que produz a voz.

Durante entrevista ao programa Bem Estar, da TV Globo, exibido nesta quinta-feira (7/2), o presidente da ABORL-CCF, Dr Agricio Crespo, explica que, além dos abusos vocais, a inflamação da garganta pode ser desencadeada pela exposição a ar-condicionados e ventiladores. Isso porque o vento frio diminui a defesa do organismo e resseca as mucosas. Por isso, sentir dor de garganta é muito mais comum no inverno, principalmente para aquelas pessoas que são mais sensíveis a mudanças bruscas de temperatura. Essas pessoas também devem evitar tomar bebidas geladas e sorvetes, que podem diminuir a imunidade.
Clique aqui e confira mais dicas para preservar a saúde da voz no Carnaval:

Fonte: G1 (Bem Estar)

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/02/beber-agua-e-comer-maca-ajudam-proteger-voz-e-evitar-rouquidao.html

Dia Internacional do Câncer: campanha alerta sobre os tumores causados pelo cigarro

05/02/2013

Médicos do Inca preveem para este ano 520 mil novos casos da doença no Brasil.
Fumo é uma das principais causas do câncer de laringe.
O Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Ministério da Saúde e entidades ligadas à prevenção do câncer vão aproveitar o Dia Internacional do Câncer, no dia 4 de fevereiro, para alertar a população sobre mitos e verdades a respeito da doença e cobrar mais responsabilidade de cada uma na prevenção da doença. Com o slogan ôO câncer é uma questão de destino?ö, será realizada uma série de ações no Rio.
Na campanha, quatro questões foram propostas para cobrar a responsabilidade de cada um com a prevenção e esclarecer que o câncer, além de não ser ôdestinoö, não é apenas um problema de saúde pública, não está restrito a idosos e não é uma sentença de morte.
O consumo do cigarro é um dos principais causadores de câncer no planeta. Segundo dados do Ministério da Saúde, o fumo é responsável por 90% dos casos de câncer no pulmão (entre os 10% restantes, um terço é de fumantes passivos) e por 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer, como de esôfago, boca e laringe.

Fonte: O Dia

http://odia.ig.com.br/portal/cienciaesaude/inca-cobra-mais-preven%C3%A7%C3%A3o-1.543389

Morrissey é internado e pode estar com câncer na garganta

05/02/2013

O cantor acredita na cura e já pensa em voltar a fazer turnês
Hospitalizado desde o dia 26 de janeiro, Morrisey foi diagnosticado com uma doença na garganta chamada Esôgafo de Barrett. Segundo a agência de notícias Ween, isso aumenta as chances do cantor britânico estar com um tumor maligno.

ôAssim que dei entrada no hospital William Beaumont em Michigan, eu recebi tratamento para concussão, uma úlcera hemorrágica e Esôfago de Barrett. O positivo disso tudo é que agora não existem mais alimentos conhecidos que me restem provar. Eu estou bem determinado a voltar a turnê, no dia 9 de fevereiro, no Chelsea Ballroom, em Las Vegasö.

Fonte: R7

http://entretenimento.r7.com/musica/noticias/internado-morrissey-pode-estar-com-cancer-na-garganta-20130201.html

John Mayer fala sobre recuperação de sua voz

01/02/2013

"Tudo mudou na minha voz", declara o cantor

No ano passado, depois de ser diagnosticado com uma granuloma, um problema grave na sua garganta, os médicos disseram a John Mayer que poderia levar anos até que ele pudesse cantar novamente, após a primeira cirurgia que não obteve sucesso. Mayer se submeteu a uma segunda cirurgia, em agosto, e voltou aos palcos no dia 16 de janeiro, pela primeira vez depois de dois anos, realizando um show beneficente em Montana.

Em uma entrevista à Rolling Stone, o cantor falou sobre a recuperação de sua voz. "Tudo mudou na minha voz. Minha risada mudou", declarou Mayer. "Encontrei novas maneiras em torno de tudo, novas maneiras de falar e de rir. Agora me pergunto se consigo voltar a forma da minha voz que eu tinha quando cantava e depois fazer o que eu quero com ela". 

O cantor, que fará a turnê de verão de seu álbum "Born and Raised", revelou que esse é o seu trabalho mais significativo e popular. John Mayer também fará show no Brasil, sendo uma das principais atrações do Rock in Rio no dia 15 de setembro.

Fonte: Vagalume
Data: 31/01/2013

http://www.vagalume.com.br/news/2013/01/31/john-mayer-fala-sobre-recuperacao-de-sua-voz-turne-e-namoro-com-katy-perry.html#ixzz2Je88t4Hh

Estudo avalia câncer de laringe de 1994 a 2003 no Amazonas

01/02/2013

Inca aponta câncer de laringe como o mais incidente entre os homens.

Pesquisa teve como objetivo analisar a taxa de sobrevida de pacientes.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam o câncer de laringe como o mais incidente entre os homens, prejudicando principalmente a cabeça e o pescoço, representando 25% dos tumores malígnos nestas áreas.

A escassez de dados epidemiológicos relacionados à doença no Amazonas levou a estudante finalista do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Jenifer Morais de Melo, a desenvolver um estudo com o objetivo de calcular a taxa de sobrevivência de pacientes diagnosticados com câncer de laringe no período de 1994 a 2003, levando em consideração achados em exames endoscópicos, histopatológicos, estadiamento e tratamento utilizados.

Jenifer Melo destacou ainda que durante o estudo, foram revisados 82 prontuários, dos quais 49 apresentaram dados coniventes para a pesquisa, a maioria dos pacientes apresentava carcinoma epidermoide bem diferenciado (14,63%) à época do diagnóstico e foram submetidos à sessão de radioterapia (51,02%) como único tratamento. Durante internação para tratamento na FCecon, foi constatado apenas um óbito.

Fonte: G1

Data: 31/01/2013

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2013/01/estudo-avalia-indice-de-cancer-de-laringe-de-1994-2003-no-amazonas.html

Clipe musical usa máquina de ressonância magnética

30/01/2013

O vídeo do cantor Sivu mostra o interior da cabeça humana no processo da fala e canto

Quantas vezes você já pensou em querer entrar na mente de um músico? O cantor Sivu tentou realizar esse desejo para os fãs: seu novo clipe, da música "Better Man Than Heö, foi filmado com a ajuda de um aparelho de ressonância magnética.

A ideia surgiu da obsessão do artista de capturar imagens sem usar câmeras e lentes convencionais. Para não perder a essência das imagens do aparelho médico, não houve muita modificação na pós-produção do clipe, deixando o conceito básico ainda mais impressionante.

Sivu também tirou a inspiração de um fato importante: pesquisas feitas para melhorar o tratamento de crianças que nascem com lábio leporino e fenda palatina. O clipe foi produzido no Hospital St Basrtholomews, principal centro das pesquisas da doença. 

Para assistir ao vídeo, acesse: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=_964dqQxQwY

Fonte: Tec Mundo

 http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/35858-artista-grava-clipe-dentro-de-maquina-de-ressonancia-magnetica.htm#ixzz2JOg3xRw1

 

 

Tratamento do câncer de laringe impede crescimento da barba de Lula

30/01/2013

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, recuperado de um câncer de laringe detectado em outubro de 2011, tem revelado sua tristeza a amigos próximos por saber que nunca mais poderá exibir sua barba, marca registrada de Lula, devido a uma série de sessões de quimioterapia e radioterapia.

As sessões de radioterapia ôqueimaramö a grande maioria dos folículos (raízes) capilares de sua barba de forma definitiva. Os folículos danificados perderam de vez a capacidade de fazer crescer pelos. A barba foi parte inseparável de sua figura pública desde que apareceu como líder sindical importante, nos anos 70.

Fonte: Portal Revista Veja, 28/01/2013

http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tag/cancer-de-laringe/

Minha extensão vocal diminuiu demais”, diz Pedro Leonardo após acidente

30/01/2013

Na fase final de sua recuperação, o cantor Pedro Leonardo disse em entrevista ao ôFantásticoö, da TV Globo, que o que mais lhe incomodou foi a sua voz. ôEu sempre cantei lá em cima. Então, eu queria voltar a ser o que eu eraö. 


Pedro afirma que está com 98% do tratamento concluído. ôSó faltam esses 2%. Relaxa (sic). Sinto que nasci de novoö, declara. O cantor passou 80 dias internado após sofrer um grave acidente de carro, ao voltar de um show na divisa de Minas Gerais e Goiás em 23 de abril de 2012.


Fonte: Globo.com, 27/01/2013
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2013/01/sinto-que-nasci-de-novo-diz-pedro-leonardo-apos-acidente.html

Estudo associa HPV a câncer de garganta

14/12/2012

Uma infecção transmitida sexualmente e geralmente associada ao câncer de colo do útero também está relacionada a um risco quintuplicado de câncer no aparelho vocal, segundo um estudo publicado na revista Journal of Infectious Diseases.

Pesquisadores chineses combinaram os resultados de 55 estudos das últimas duas décadas, e descobriram que 28 por cento das pessoas com câncer de laringe tinham tecidos tumorais com resultados positivos para o vírus do papiloma humano (HPV).

Mas esse índice variou amplamente de estudo para estudo -- desde a ausência do HPV em pacientes com câncer de garganta, até uma taxa de infecção de 79 por cento nos pacientes com tumores.

"A infecção pelo HPV, especialmente pelo tipo HPV-16, de alto risco, foi apontado como significativamente associado ao risco de carcinoma de células escamosas de laringe", escreveu o coordenador do estudo, Xinagwei Li, da Academia Chinesa de Ciências Médicas e da Faculdade Médica da Universidade de Pequim.

Além de reverem os estudos, os pesquisadores analisaram também 12 trabalhos que comparavam tecidos cancerosos e não-cancerosos em um total de 630 pacientes. Eles concluíram que os tecidos cancerosos de garganta tinham 5,4 vezes a chance de dar positivo para um exame de HPV, em relação ao tecido não-canceroso.

"Estamos descobrindo que o HPV parece estar ligado a vários carcinomas de células escamosas da cabeça, pescoço e garganta", disse William Mendenhall, oncologista especializado em radioterapia, da Universidade da Flórida, em Gainesville, que não participou do estudo.

"Acho que o risco do HPV em câncer de laringe é provavelmente relativamente baixo", acrescentou. "A maioria dos pacientes que vemos atualmente vindo com câncer de laringe têm um forte histórico de tabagismo, e também de consumo pesado de bebidas."

Além do cigarro e do álcool, a má alimentação e a exposição a certas substâncias químicas podem aumentar o risco de cânceres de cabeça e pescoço (incluindo laringe).

A Sociedade Americana do Câncer estima que 12.360 pessoas receberão um diagnóstico de câncer de laringe nos EUA em 2012, e que haverá 3.650 mortes em decorrência da doença.

Mendehall disse que, de todos os cânceres de cabeça e pescoço, o HPV parece desempenhar um papel maior não no de laringe, e sim no câncer das amígdalas e do fundo da língua.

"A exposição é provavelmente décadas antes. Alguém que desenvolva um câncer da base de língua aos 50 anos provavelmente foi exposto ao vírus anos antes, na adolescência ou na faixa dos 20 anos."

Pelo menos metade das pessoas sexualmente ativas contrai HPV em algum momento da vida, segundo autoridades dos EUA, mas o vírus geralmente é eliminado pelo sistema imunológico. Apenas algumas das mais de 40 cepas do HPV estão associadas ao câncer.

(Fonte: Reuters / Reportagem em Nova York de Genevra Pittman) http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE8B202220121203?pageNumber=1&virtualBrandChannel=0

Mudança de temperatura e de estação pode deixar você rouco

28/11/2012

Mudança de temperatura e de estação pode deixar você rouco
Causas mais comuns da rouquidão aguda são laringites agudas, gripes e resfriados

Carla Sá
A professora Rosalia recorre ao chá com casca de romã e folhas de hortelã

 

A chegada das estações frias é aguardada por muitas pessoas todo ano. Porém, especialmente nessa época do ano, um certo problema aparece na voz de muitos: a rouquidão.

A fonoaudióloga Kamyla Loureiro Gonçalves relata que a rouquidão é um dos primeiros sintomas que percebemos quando nossa voz não está boa. Já a otorrinolaringologista Débora Prizon Praga, do Hospital Metropolitano, explica que a rouquidão é ôé definida como um distúrbio caracterizado na qualidade vocal. Ela pode ser aguda de curta duração ou crônica de longa duraçãoö, explica a fonoaudióloga.

Kamyla diz, ainda, que as causas mais comuns das rouquidões agudas são as laringites agudas, gripes e resfriados. Já nas crônicas, as principais causas são o tabagismo, o álcool, as sinusites, a pneumonia, os refluxos gastroesofágico, o hipotireoidismo e o reumatismo.

O otorrinolaringologista da Unimed Vitória Giulliano Ruschi Luchi, explica que nas épocas do ano em que as estações estão mudando ocorre uma variação climática. Com isso, além dos resfriados, a rouquidão pode ser mais frequentes. ôNão dá para evitar. A pessoa deve procurar um médico, pois o sintoma pode ser algo simples ou a manifestação de uma doença mais graveö, diz. É ideal evitar lugares fechados com fumaça de cigarro, tomar bastante água para hidratar o corpo e evitar ingerir líquidos muito gelados.

A professora Rosalia Sá de Oliveira, 51, relata que sempre a partir de setembro sua voz fica cansada. Ela diz que já tem uma receita para enfrentar o problema. ôFaço um chá com a casca da romã e folhas de hortelã grosso. Depois faço gargarejo com eleö, conta.

Fique atento

Hidratação
- Dicas
Se hidrate bem, não fala muito alto nem rápido. Outra dica para os profissionais da voz é se consultar, pelo menos, uma vez ao ano

Fuja
- Evite
Evite líquidos muito gelados, ambientes fechado e com fumaça de cigarro, o hábito de consumir álcool, alimentos pesados, condimentos

Ajuda
- Duração
Quando a rouquidão perdurar por mais de duas semanas ou, quando estiver associada com outros fatores, como, dor, tosse com sangue, dificuldade para engolir, presença de caroço no pescoço, dificuldade para respirar, pigarro ou sensação de bola na garganta

 

Fonte: Jornal A Gazeta
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/10/voce_ag/vida/1367742-mudanca-de-temperatura-e-de-estacao-pode-deixar-voce-rouco.html

Foto: Carla Sá

Educação aprova emendas para saúde vocal do professor

19/06/2012

A Comissão de Educação e Cultura aprovou na quarta-feira (30) as emendas do Senado ao Projeto de Lei 1128/03, do ex-deputado Carlos Abicalil, que autoriza o Executivo a criar o Programa Nacional de Saúde Vocal do Professor da Rede Pública. A aprovação foi pedida pela relatora, deputada Fátima Bezerra (PT-RN).

O programa consiste em exames de prevenção odontológica, atendimento médico para reabilitação vocal e treinamento semestral sobre saúde vocal e uso adequado da voz. A atuação dos médicos na reabilitação e capacitação foi incluída no texto por duas emendas do Senado e incorporada ao projeto pela deputada Fátima Bezerra. O projeto foi aprovado em 2010.

A relatora destacou que os problemas de voz são a principal causa de afastamento por licença médica de professores nas escolas públicas. Para ela, a implantação do Programa de Saúde Vocal ôpoderá reduzir as despesas com as contratações de professores substitutosö.

Tramitação

As emendas do Senado serão analisadas agora pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). O projeto ainda passará pelo Plenário.

Fonte: Portal da CÔmara dos Deputados

http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/EDUCACAO-E-CULTURA/418981-EDUCACAO-APROVA-EMENDAS-DO-SENADO-A-PROGRAMA-DE-SAUDE-VOCAL-DO-PROFESSOR.html

Não há mais vestígio de câncer em Lula, segundo exames

19/06/2012

Exames realizados no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmaram não haver mais nenhum vestígio do câncer de laringe, segundo informou nesta quinta-feira sua assessoria.

Na quarta-feira, ele retirou o cateter subcutâneo pelo qual recebeu o medicamento quimioterápico, implantado havia sete meses.

Por ordens médicas, Lula deve poupar a voz nos próximos dias.

Por isso ele cancelou a participação, no sábado, da inauguração da Arena Socioambiental na Rio + 20.

Fonte: BBC Brasil

http://www.bbc.co.uk/portuguese/ultimas_noticias/2012/06/120614_lula_rn_rc.shtml

Receitas caseiras podem prejudicar a voz

16/05/2012

O ideal é sempre procurar orientações de um médico otorrinolaringologista

O mau uso da voz pode trazer alterações anatômicas nas pregas vocais, entre elas edemas, nódulos, pólipos e sulcos. Ou seja, fatores que podem aparecer nas estruturas da laringe, originando os distúrbios da voz. Os sintomas são pigarro, ardência na garganta, cansaço ao falar, rouquidão, falta de volume e projeção da voz, tensão cervical e sensação de corpo estranho na garganta. Ainda segundo o médico Odilon Ferreira Neto, as disfonias podem ser resultados de problemas orgânicos ou emocionais. É fundamental que sejam avaliadas por otorrinolaringologistas.

Para o especialista, é muito importante que as pessoas aprendam a cuidar da voz e a perceber possíveis alterações que podem resultar em doenças. Outras atitudes podem ajudar na prevenção, como não fumar ou utilizar drogas, ingerir bebidas muito quentes ou muito geladas, pigarrear e tossir, além de abusar de café e chocolates, pois estes alimentos aumentam o muco no trato respiratório. ôAlém disso, é importante não abusar da voz, seja com gritos ou mesmo se aventurando nos karaokês de fins de semana, e evitar mudanças bruscas de temperatura e o uso do ar-condicionadoö, completa. É fundamental manter postura ereta ao falar e evitar automedicação e soluções caseiras, como gengibre, pastilhas e gargarejos.

Vale lembrar que existem por aí diversas receitas antigas que ensinam como utilizar semente de romã, gelo e vinagre com sal, por exemplo, para melhorar a voz, mas é importante ressaltar que cada pessoa reage a esses estímulos de forma individual.

Fonte:JM Online - http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,7,SA%DADE,61354

Com inflamação na garganta, Gal cancela shows em SP

16/05/2012

A cantora Gal Costa cancelou dois shows que faria durante a Virada Cultural Paulista, em Araraquara, no próximo dia 19, e em São José do Rio Preto, no dia 20. Segundo a assessoria de Gal, a cantora é vítima de uma "forte inflamação em sua traqueia e laringe" e está impossibilitada de cantar, por ordem médica.

Informada na última sexta-feira sobre o cancelamento dos shows, a organização da Virada Cultural já anunciou que a cantora Vanessa da Mata vai substituir Gal nos dois shows.

Fonte:EstadÒo - http://www.estadao.com.br/noticias/geral,com-inflamacao-na-garganta-gal-cancela-shows-em-sp,872933,0.htm

Supercâmera é usada no estudo da produção da voz

27/04/2012

São Paulo - Para produzir a voz, as pregas vocais existentes na laringe humana vibram entre 100 e 400 vezes por segundo. O fenômeno, impossível de ser observado a olho nu, pode ser visto em câmera lenta graças a um aparelho de videolaringoscopia capaz de capturar até 4 mil imagens por segundo.

A tecnologia tem permitido a pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) entender melhor o funcionamento das pregas vocais e estudar patologias que prejudicam sua vibração. Também se tornou possível avaliar, com critérios objetivos, o impacto de cirurgias e tratamentos na produção da voz.

Pioneiro no país, o equipamento foi adquirido com recursos de um projeto financiado pela Fapesp. Por meio de parceria com uma equipe de otorrinolaringologistas da Faculdade de Medicina coordenada pelo professor Domingos Hiroshi Tsuji, da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, a máquina foi doada ao Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo, onde estão sendo feitos os exames que já resultaram em duas dissertações de mestrado û além de cinco doutorados e um pós-doutorado em andamento.

ôA ideia é tentar identificar padrões. O médico olharia o gráfico e já saberia se a alteração é causada por um cisto ou por um nódulo, por exemploö, contou a otorrinolaringologista Adriana Hachiya, membra da diretoria da Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e responsável pelo Ambulatório de Pesquisas em Voz, onde os exames com o videolaringoscópio de alta velocidade são realizados.

Hachiya também participa de um projeto em parceria com a FMUSP para estudar a vibração cordal de pacientes com mais de 65 anos. ôA prega vocal é formada por músculo e mucosa. Com a idade, o tônus muscular diminui. Por isso a voz do idoso é mais fraca e trêmula. Vamos aplicar exercícios e avaliar a melhoraö, explicou.

Fonte: Revista Exame

http://exame.abril.com.br/tecnologia/ciencia/noticias/supercamera-e-usada-no-estudo-da-producao-da-voz

Björk cancela show no Brasil devido a problemas vocais

27/04/2012

A cantora Björk  cancelou oficialmente a apresentação que faria no festival Sónar São Paulo, por causa de problemas na garganta. Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (25), a produção do evento anunciou o cancelamento, e prometeu informações sobre reembolso ou troca de ingressos até a próxima sexta-feira (27).

Na semana passada, a islandesa cancelou as duas últimas de uma série de seis apresentações em Buenos Aires, na Argentina, pelo mesmo motivo.

Depois de exames detalhados, seu médico especialista recomendou repouso imediato das cordas vocais a fim de debelar os nódulos inflamados. Desde que Björk cancelou, sob orientação médica, dois shows na Argentina, quando esta condição surgiu, ainda é muito cedo para que volte a tentar cantar sob o risco de causar uma lesão permanente em sua voz. Mesmo querendo muito se apresentar, Björk não poderá fazer este show.

Será anunciado na imprensa e publicado no website oficial do evento  www.sonarsaopaulo.com.br. O Sónar São Paulo acontece nos dias 11 e 12 de Maio, no Parque Anhembi. Durante os dois dias, o festival contará mais de 50 artistas em performances de música avançada e new media art, incluindo concertos, DJ sets, performances audiovisuais e atividades para profissionais. O Sónar São Paulo 2012 combina showcases de talentos emergentes com grandes shows e produções audiovisuais de renomados artistas da cena eletrônica brasileira e internacional.

Fonte: UOL û Vírgula

http://virgula.uol.com.br/ver/noticia/festivais-de-musica/2012/04/25/298982-bjork-cancela-show-no-sonar-sao-paulo

Médicos fazem mutirão contra câncer na laringe em São Paulo

30/03/2012

Especialistas do hospital A.C. Camargo realizaram atendimentos para a população no combate à doença no Brasil

Nesta quinta, médicos do hospital A.C. Camargo foram a um centro comercial de São Paulo para examinar e informar as pessoas sobre essa o câncer de laringe. Durante a ocasião, foram levados equipamentos para fazer a triagem daqueles que realmente precisam procurar um médico.
Quem entrou na fila fez também teste de capacidade pulmonar, recebeu dicas para deixar de fumar e o conselho de perder o medo da doença e do médico.

Apenas 25% dos casos de câncer de laringe são diagnosticados logo cedo, quando o tumor é bem pequeno e muito mais fácil de tratar; 75% dos doentes demoraram demais para procurar um médico.

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/03/medicos-fazem-mutirao-contra-cancer-na-laringe-em-sao-paulo.html

Fonte:G1 û Jornal Nacional

'Sem voz estaria morto', diz Lula

30/03/2012

Um dia depois de ter anunciado o desaparecimento do tumor na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em entrevista ao Jornal Folha de S. Paulo que teve mais medo de perder a voz do que de morrer com a doença.

"Se eu perdesse a voz, estaria morto", afirmou o ex-presidente, quase 16 quilos mais magro e com a voz um pouco mais rouca que o normal.

Sobre sua vida política, Lula disse que tentará evitar uma agenda "alucinada" e que vai procurar a senadora Marta Suplicy (PT-SP) para que ela entre na campanha do ex-ministro Fernando Haddad pela Prefeitura de São Paulo.

"Eu acho que ele vai surpreender muita gente. E desse negócio de surpreender muita gente eu sei. Muita gente dizia que a Dilma era um poste, que eu estava louco, que eu não entendia de política. Com o Fernando Haddad será a mesma coisaö.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1069313-sem-voz-estaria-morto-diz-lula-em-entrevista-exclusiva.shtml

Fonte:Folha.com

Exames mostram que tumor de Lula desapareceu

29/03/2012

Ex-presidente fez nesta quarta (28) exames para verificar estado de tumor.
Assessoria de Lula diz que houve ´remissão completa do câncer´.

O Hospital Sírio-Libanês informou nesta quarta-feira (28) que os exames realizados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostram "ausência de tumor visível". Lula teve câncer de laringe diagnosticado em outubro do ano passado.

Conforme a nota, foram realizados exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia, que revelaram "apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia". O ex-presidente seguirá, segundo o hospital, com sessões de fonoaudiologia e fará avaliações periódicas.

A cura do câncer só é anunciada pela equipe médica cinco anos após o sumiço do tumor.
A assessoria de Lula informou que ele esteve no hospital entre 8h e 10h desta quarta. Segundo a assessoria, a equipe médica aponta que houve ôremissão completa do câncerö.

http://g1.globo.com/politica/noticia/2012/03/hospital-diz-que-exames-mostram-ausencia-de-tumor-visivel-em-lula.html

Fonte:G1

Mesmo sem tumor, câncer de laringe exige acompanhamento por anos

29/03/2012

Após o desaparecimento do tumor na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai precisar de acompanhamento médico regular por alguns anos antes de poder ser considerado "curado" da doença, de acordo com os oncologistas.

O câncer de laringe ocorre predominantemente em homens e é um dos mais comuns entre os que atingem a região da cabeça e pescoço. Representa 25% dos tumores malignos que acometem essa área e 2% de todas as doenças malignas. Estima-se que serão registrados 6.110 novos casos da doença em 2012, em dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Segundo os médicos, o monitoramento é necessário em virtude da possibilidade do retorno do tumor, comum em casos de câncer. Na doença do ex-presidente, como a doença foi descoberta antes de alcançar um estágio avançado, a taxa de cura é considerada alta: de 50% a 90%.

ôIsso significa que a chance de o câncer retornar é inversamente proporcional, de 20% a 30%, mas ela existe. Para os tumores de laringe, em geral, os dois primeiros anos têm mais risco de recidiva, mas o desaparecimento do tumor é o primeiro passo da curaö, dizThiago Bueno de Oliveira, oncologista do Hospital A.C. Camargo.

Acompanhamento dura, no mínimo, cinco anos

A partir de então, quem tem o mesmo diagnóstico do ex-presidente precisa fazer um acompanhamento  intensivo nos três primeiros anos. Neste período, o paciente terá que passar, a cada três meses, por consultas periódicas nas quais serão avaliados sintomas como dor de garganta e no pescoço, dificuldade de engolir e a possibilidade de aparecimento de nódulos na região. Além disso, serão feitos exames de tomografia de face e de pescoço e um raio-x de tórax. A cada seis meses haverá a obrigatoriedade de fazer ainda uma laringoscopia.

Passados os três anos, os mesmos procedimentos terão de ser realizados a cada seis meses,  entre o quarto e quinto ano, e, após cinco anos, apenas anualmente, explica o oncologista clínico Felipe Roitberg, do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp).

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/03/mesmo-sem-tumor-cancer-de-laringe-exige-acompanhamento-por-anos.html

 

 

Fonte:G1

Celine Dion se recupera de problema nas cordas vocais

22/03/2012

Após cancelar shows em Las Vegas devido a uma inflamação nas cordas vocais no começo do mês, Celine Dion afirmou que sua recuperação está indo bem.A cantora declarou que recebeu ôboas notíciasö de seu médico durante a semana passada e que deve estar completamente recuperada até o meio de abril.

Dion tem planos de gravar seus novos álbuns, em inglês e francês, assim que sua voz estiver em boas condições. Os shows da cantora ficarão suspensos até o dia 9 de junho.

http://musica.uol.com.br/ultnot/2012/03/19/celine-dion-se-recupera-de-problemas-nas-cordas-vocais.jhtm

Fonte:UOL

Jessie J e John Mayer cancelam turnê devido a problemas vocais

13/03/2012

Jessie J cancela shows por problemas na voz

Depois de Adele, John Mayer e Celine Dion, agora é Jessie J que cancelou shows por problemas na voz. Ela deveria se apresentar em um festival na Austrália, mas foi orientada a não fazê-lo.

"Parece que minha voz decidiu sair para passear. Peço desculpas muito grandes a todos os fãs que queriam me ver hoje no #futuremusicfest. Beijo", escreveu ela em seu Twiiter. Jessie iria subir ao palco do Future Music Festival, que também teve shows de FatboySlim e TinieTempah. Ela revelou que recebeu ordens médicas para não realizar a apresentação. "Fui aconselhada a não fazer o show por causa da minha voz, que desapareceu devido ao cansaço/jetlag, essa é a verdade."

A cantora também relembrou o caso de Adele, e disse que não gostou de algumas piadas de mau gosto que surgiram nas redes sociais. "Devo dizer que não acho as brincadeiras com a voz de Adele engraçadas. O que aconteceu com a voz dela foi sério, não foi brincadeira. Ter problemas vocais é horrível para qualquer cantor. Todos nós devemos entender o quão difícil isso foi para ela, não por meio de piadas, mas apoiando seu fantástico retorno".

Fonte: Clic RBS

http://wp.clicrbs.com.br/atlantidafloripa/2012/03/07/jessie-j-cancela-shows-por-problemas-na-voz/?topo=52,1,1,,292,e224

 

John Mayer cancela turnê novamente por causa de tumor nas cordas vocais

Mayer disse que durante um ensaio nesta semana sentiu um desconforto na garganta e procurou um médico novamente porque a voz não soava direito

O cantor John Mayer, que vinha se recuperando de um tumor nas cordas vocais descoberto em 2011, precisou novamente cancelar uma turnê por causa da descoberta de um granuloma na garganta. Em post no seu blog escrito nesta sexta (9), Mayer disse que durante um ensaio na semana sentiu um desconforto na garganta e precisou procurar um médico novamente porque a voz não soava direito.

"Fui a uma consulta na quarta-feira (7) e o médico revelou que o granuloma tem crescido em volta da parte que achamos que tinha se curado. Esta é uma má notícia. Não tenho escolha, a não ser fazer uma pausa por tempo indeterminado das apresentações ao vivo", disse.

O cantor também preferiu esclarecer para os fãs o que é a doença: "sei que existe certa confusão quanto a essa condição, mas quero explicar isso melhor. Um granuloma é formado em um lugar onde as cordas vocais batem com frequência e é formado um caroço, que continua a crescer e vira uma bola de neve. Não existe outra forma de cuidar a não ser um tratamento intenso", diz.

ôEstou muito triste no momento, mas saibam o quanto estou decepcionado e completamente chateado por você que estava planejando assistir um show. Eu amo as pessoas com quem trabalho e nada parece pior que ter que deixar o palcoö, finaliza.

Fonte: UOL û A crítica

http://acritica.uol.com.br/buzz/Manaus-Amazonas-Amazonia-John-Mayer-cancela-novamente-vocais_0_661133896.html

Internado com pneumonia, Lula apresenta melhoras no Sírio-Libanês

09/03/2012

O hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, divulgou um boletim médico na manhã desta quinta-feira informando que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua "recebendo tratamento com antimicrobianos" e "apresenta melhora clínica e laboratorial", mas segue sem previsão de alta.

Lula foi internado no domingo com uma infecção pulmonar e febre baixa e concluiu o tratamento de radioterapia contra o câncer de laringe no dia 17 de fevereiro, mas os medicamentos continuam a agir no corpo por algumas semanas. A previsão era de que ele realizasse novos exames na segunda quinzena de março, quando será possível avaliar se o tumor desapareceu completamente.

A batalha de Lula contra o câncer

Desde que iniciou o tratamento, em outubro do ano passado, o ex-presidente já perdeu 12 kg. De acordo com a assessoria do Instituto Lula, apesar do fim do tratamento, o ex-presidente ainda queixava-se de dores na garganta - um sintoma considerado "normal" no final desse tipo de tratamento. Ainda segundo a assessoria, o mal estar aumentou no fim de semana e, por isso, Lula foi ao hospital para ser avaliado.

O câncer de Lula

Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro de 2011. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.
O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5654037-EI306,00-SP+ainda+internado+Lula+apresenta+melhoras+no+SirioLibanes.html

Fonte:Portal Terra

Dave Grohl revela ter cisto na garganta há um ano

09/03/2012

Prestes a vir ao Brasil como atração principal do festival Lollapalooza, em São Paulo, o vocalista do FooFighters, Dave Grohl, revelou que o motivo do cancelamento de uma série de shows na Ásia no início deste mês foi por causa de um problema nas cordas vocais. "Tenho um cisto na minha garganta já há um ano. Só que eu vinha evitando mexer nele", revelou o cantor à revista "Rolling Stone Brasil" de março, que chega às bancas na segunda-feira (12).

"Quando voltei pra casa da última viagem, aquilo acabou se transformando em algo que me obrigou a procurar um médico pra valer. Fui lá e tive de fazer uma ressonância magnética, passei por diversos médicos, só para ter certeza de que não era algo realmente perigoso", contou Dave Grohl, acrescentando que está "berrando até a minha cabeça estourar pelos últimos 18 anos".

Na entrevista, Grohl diz que ter a certeza de que sua garganta irá funcionar pelo resto da vida é o mais importante neste momento. "Eu só precisava mesmo me consultar com uns médicos, cuidar disso e ficar pronto para voar para aí e encontrar vocês. Poder ir para o Brasil e tocar para um público que não vejo há dez anos ou mais? É uma honra incrível até o fato de que queiram que eu volte!".

O FooFighters se apresenta em São Paulo, durante o festival Lollapalooza Brasil, no dia 7 de abril no Jockey Club. Os ingressos já estão esgotados.

http://musica.uol.com.br/ultnot/2012/03/08/tenho-um-cisto-na-minha-garganta-ja-ha-um-ano-revela-dave-grohl-a-revista.jhtm

Fonte:UOL

Tabagismo entre mulheres cai em 10 anos

09/03/2012

Estudo mostra a diminuição deste vício entre as brasileiras e como elas tentam deixá-lo

Hoje, dia 8 de março, é o Dia Internacional da Mulher, e a boa notícia do universo feminino é que sua relação com o fumo se tornou mais fraca nos últimos 10 anos. Hoje, o índice de mulheres fumantes é de 18% contra 21% registrado em 2002.

Esta é uma das diversas informações trazidas pela pesquisa ôMulheres e cigarro, retrato de um vício fora de modaö, realizada durante o mês de fevereiro pela Quest Inteligência de Mercado, empresa especializada em pesquisa e análise de mercado, com o objetivo de traçar um perfil da afinidade entre o público feminino e o tabagismo.

O estudo é comparativo a pesquisa similar realizada pela empresa em 2002, e ouviu 1.500 mulheres com 18 anos de idade ou mais, em nove capitais û São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA) e Fortaleza (CE). A margem de erro da pesquisa é de 2,6% para mais ou para menos. A apresentação da pesquisa pode ser vista em: www.questmkt.com.br.

Dividida entre fumantes, ex-fumantes e mulheres que nunca fumaram, a pesquisa revela que as mulheres estão começando a ter contato direto com o cigarro cada vez mais tarde û 61% das fumantes disseram ter iniciado o vício antes dos 18 anos, contra 75% relatado em 2002. Em compensação, o percentual das fumantes na faixa entre 18 e 29 anos aumentou substancialmente, passando de 22% para 37%.

Segundo a pesquisa, os amigos são a maior influência para a primeira tragada entre mulheres fumantes, com 53%, enquanto 14% experimentaram por curiosidade. Os parentes responderam por 13% do total.

Entre as mulheres fumantes, a maioria, ou 54%, disse fumar até meio maço de cigarros por dia, enquanto 37% afirmaram consumir, em média, um maço diariamente. Apenas 9% informaram fumar mais de uma carteira de cigarros ao dia.

Fora de moda

Se antigamente fumar era sinônimo de glamour, como mostrado pelo cinema, ou de juventude, vitalidade e aventura, segundo as propagandas televisivas e na mídia em geral, hoje este vício, que custa bilhões de reais ao Brasil em tratamentos contra as doenças relacionadas a ele, está em queda gradual entre as mulheres.

Do universo pesquisado que ainda fuma, 68% já tentaram parar, mas acabaram retornando ao tabagismo. Infelizmente, 48% voltaram às tragadas em menos de três meses, 15% resistiram entre 4 e 11 meses e surpreendentes 37% ficaram ôlimpasö do vício por um ano ou mais.

Quanto às ex-fumantes, a maioria esmagadora mostra-se persistente quanto ao fim do vício, visto que 88% delas largaram o cigarro há mais de um ano, contra 12% que estão nesta empreitada há menos de 12 meses.

A pesquisa revela outro dado interessante da relação das mulheres fumantes com as leis antifumo û 11% relataram que a legislação as ajudou a diminuir o vício, enquanto 85% o mantiveram inalterado. Somente 4% disseram ter aumentado a quantidade de cigarros consumidos.

http://www.brandpress.com.br/Saude-e-Fitness/Em-10-anos-cai-numero-de-mulheres-fumantes-e-daquelas-que-iniciaram-o-tabagismo-antes-dos-18-anos-revela-pesquisa.html#ixzz1oYKIA7oi

Fonte:Brandpress

Novos tratamentos ajudam na luta contra o câncer de laringe

06/03/2012

Conheça os tratamentos que podem ajudar na luta contra o câncer de laringe, doença que o ex-presidente Lula tem enfrentado.

O oncologista Fernando Maluf falou sobre as causas desse tipo de câncer e os novos tratamentos na cura da doença.
Essa é a doença que o ex-presidente Lula enfrenta, inclusive.

Clique aqui para assistir ao vídeo da reportagem especial da Record News.

http://noticias.r7.com/saude/noticias/novos-tratamentos-ajudam-na-luta-contra-o-cancer-de-laringe-20120305.html?question=0

Fonte:R7, 05/03/2012

Pacientes com câncer de laringe têm mais chances de contrair pneumonia

06/03/2012

Lesões na garganta criam ambiente favorável para que bactérias e vírus se alojem no pulmão

Pessoas em tratamento de câncer de laringe ou de pulmão têm maior chance de contrair pneumonia, se ainda apresentarem lesões ativas nessas áreas. A avaliação é da coordenadora da oncologia clínica do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, Pilar Esteves Diz. Segundo ela, essas lesões podem elevar a produção de secreção ou impedir a saída de fluídos naturais do pulmão, criando um ambiente favorável para que bactérias e vírus oportunistas se alojem no sistema respiratório.

Outro fator que contribui para a incidência de pneumonia em pacientes com câncer de laringe são as lesões próximas à garganta que dificultam o ato de engolir. ôNesses casos, pode haver aspiração de saliva e isso favorece a pneumoniaö, explica Pilar. Desde o início do tratamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem tido dificuldade para se alimentar e vem se submetendo a uma dieta baseada em comidas pastosas.

Segundo ela, o tratamento depende das condições imunológicas do paciente û que só a contagem de glóbulos brancos pode revelar -, da sua faixa etária, das condições respiratórias e da extensão e tipo de pneumonia, que pode ser causada por bactéria, vírus ou fungo. Porém, nem sempre os exames conseguem identificar o agente causador da pneumonia e é comum que quadros virais evoluam para bacterianos se não forem tratados com rapidez, segundo a médica.

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,pacientes-com-cancer-de-laringe-tem-mais-chances-de-contrair-pneumonia,844371,0.htm

Fonte:Portal EstadÒo, 05/03/2012

Adele cancela turnê nos EUA para não danificar a voz para sempre

06/03/2012

Adele cancelou uma turnê pelos Estados Unidos, após receber algumas recomendações médicas. A cantora, que fez sua volta aos palcos no mês passado, durante a cerimônia do Grammy, foi submetida a uma cirurgia para retirar pólipos das cordas vocais em novembro de 2011. As informações são doGigWise.

Adele vai precisar adiar os planos de sair em turnê porque os médicos disseram que ela pode danificar permanentemente sua voz se forçá-la tanto, como em uma turnê.

"A cirurgia foi um sucesso, mas eles ainda estão preocupados. Eles liberaram uma apresentação, mas não uma sequência delas", disse uma fonte.

http://musica.terra.com.br/noticias/0,,OI5647979-EI1267,00-Adele+cancela+turne+pelos+Estados+Unidos+por+recomendacao+medica.html

Fonte:Terra, 05/03/2012

Unifesp oferece tratamento gratuito contra o tabagismo

05/03/2012

População recebe acompanhamento dos profissionais da entidade para o combate a um dos principais fatores de risco do câncer de laringe

O Núcleo de Prevenção e Cessação do Tabagismo û PrevFumo, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), oferece tratamento gratuito para quem deseja parar de fumar.

Os atendimentos são realizados em grupo individualmente por uma equipe multiprofissional, formada por médicos, fisioterapeutas e psicólogos. O núcleo atende, em média, a quatro mil pacientes por ano.

As sessões de 75 minutos acontecem uma vez por semana, durante um mês, até completar um ano.

O PrevFumo está localizado à Rua dos Açores, 310. No Jardim Luzitânia, em São Paulo/SP (próximo ao Parque do Ibirapuera). Para agendar uma avaliação inicial é preciso ligar nos telefones: (11)5904-8046 / 5572-4301, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Fonte:Sentir Bem û UOL
http://sentirbem.uol.com.br/index.php?modulo=novidades&id=562&tipo=

Novo tratamento reduz efeitos colaterais da radioterapia

02/03/2012

 Mais de 70% dos cânceres orais e de faringe exigem a radioterapia pós-operatória. Especialistas consideram a nova técnica menos tóxica e agressiva

Médios da Universidade de Granada (Espanha) criaram uma nova técnica de aplicação da radioterapia que, segundo eles, é "muito menos tóxica do que a que se emprega atualmente".

A toxicidade a que Miguel Martínez Carrillo e seus colegas se referem é o nível de radiação a que ficam sujeitas áreas do corpo saudáveis, que não precisam do tratamento, provocando efeitos colaterais tão intensos que podem exigir a interrupção do tratamento.O novo aparelho permite que a radiação seja dirigida apenas às áreas cujas células estão afetadas pelo câncer.

Protocolo para radioterapia

Os cientistas espanhóis desenvolveram um protocolo de tratamento para demonstrar que os cânceres da cavidade oral e da faringe, que precisam de quimioterapia ou radioterapia pós-operatórias, podem ter a intensidade desses tratamentos diminuídos de forma apreciável sem comprometer sua eficácia.

Mais de 70% dos cânceres orais e de faringe exigem a radioterapia pós-operatória - uma quantidade menor exige também a quimioterapia.

Esses tratamentos são "tremendamente tóxicos", dizem os cientistas, sobretudo pela ulceração das mucosas da boca e da faringe - é comum a necessidade da interrupção do tratamento pela gravidade dos efeitos colaterais, diminuindo as possibilidades de cura dos pacientes.

Mapa de risco

O novo protocolo envolve o desenvolvimento de um "mapa de risco" para as diversas áreas potencialmente atingidas pelo câncer e submetidas à cirurgia.Com este mapa, os pesquisadores espanhóis demonstraram que é possível reduzir sensivelmente o volume de tecido que recebe a radiação, desta forma minimizando os efeitos colaterais.

Ao longo de três anos de testes do novo protocolo, a equipe conseguiu chegar ao fim do tratamento de radioterapia, sem interrupções, em 95% dos pacientes - 44% deles tiveram diminuição no volume de tecido tratado em relação ao tratamento convencional.A quantidade de recidivas - volta do câncer após o tratamento - foi equivalente ao do tratamento convencional.


Máscara termoplástica usada para aplicação da radioterapia em um paciente com câncer de faringe

http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=efeitos-colaterais-radioterapia&id=7485

Fonte:Dißrio da Sa·de, 02/03/2012

Celine Dion cancela shows por problemas nas cordas vocais

02/03/2012

A cantora canadense Celine Dion cancelará seus shows em Las Vegas, nos Estados Unidos, durante pelo menos seis semanas por problemas em uma de suas cordas vocais.

"Tentei cantar durante a passagem de som na semana passada e não tive controle da minha voz. Pensamos que após alguns dias de descanso eu melhoraria, mas não melhorou. Acho que foi pior do que pensei", disse a artista de 43 anos em seu site.

A cantora foi diagnosticada com "fraqueza em sua corda vocal direita derivada de uma doença virótica" e teve que cancelar a apresentação prevista para o dia 18 de março. "Obviamente isto é o pior para um cantor, não ser capaz de fazer seus espetáculos. Me sinto pior sabendo que estou decepcionando meus fãs. Sinto muito, espero que me perdoem", lamentou.

A previsão é que a cantora retome seus shows durante a temporada do verão americano, entre os dias 9 de junho e 19 de agosto.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1055994-celine-dion-cancela-shows-por-problemas-nas-cordas-vocais.shtml

Fonte:Folha.com, 01/03/2012

Foo Fighters cancela show por problemas na garganta de Dave Grohl

01/03/2012

A banda norte-americana Foo Fighters cancelou uma apresentação em Cingapura, que aconteceria nesta sexta-feira (2). De acordo com um comunicado oficial emitido pela banda, o vocalista Dave Grohl recebeu recomendações médicas para não forçar a voz.

ôEstamos muito mal em ter que cancelar. Não foi uma decisão fácil, de maneira alguma, mas depois de avaliarmos os conselhos médicos, não tivemos escolha. Mais de um médico disse a Dave que ele precisa pegar leve na voz. Odiamos desapontar nossos fãs em Cingapura e esperamos que vocês entendam e que nos vejamos num futuro não muito distanteö, escreveu o grupo.

Não foram divulgados mais detalhes sobre o problema vocal de Grohl. Os fãs brasileiros vivem a expectativa do show da banda em São Paulo em abril, no Lollapalooza Brasil, cujo primeiro dia já está esgotado.

http://www.cifraclubnews.com.br/noticias/32651-foo-fighters-cancela-show-por-problemas-na-garganta-de-dave-grohl.html

Fonte:Cifraclub News

Câncer de laringe está entre os 10 tipos mais frequentes nos homens

28/02/2012

Cigarro e álcool são os maiores vilões da saúde que podem desencadear esse tipo de tumor. Clique aqui e ouça a matéria.

 

 

 

 

 

Fonte:Rßdio EstadÒo ESPN

Lei proíbe o uso e compra de narguilé para menores no Distrito Federal

28/02/2012

Estudo da UnB indica que sessão de narguilé equivale a 100 cigarros.

Lei distrital publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (24) proíbe menores de 18 anos de comprarem e usarem em locais públicos o narguilé - espécie de cachimbo dÆágua que funciona com fumos especiais com sabores diferentes.

A iniciativa é da deputada distrital Liliane Roriz. Em nota, a deputada afirma que ôque respeita a tradição do Oriente Médio e do produto, mas nada pode estar acima da saúde individual do cidadãoö.

A proibição vale para o fumo que é usado no aparelho. As lojas vão ter que pedir identidade na hora da venda e colocar avisos sobre a proibição. Quem descumprir está sujeito às penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Estudo

Uma pesquisa da Universidade de Brasília (UnB) indica que uma sessão do narguilé equivale a fumar 100 cigarros. De acordo com o autor do estudo, o pneumologista Carlos Alberto Viegas, o narguilé tem uma concentração de nicotina que gira em torno de 4%, enquanto o cigarro tem, em média, 2%.

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2012/02/lei-distrital-proibe-o-uso-e-compra-de-narguile-para-menores-no-df.html

 

Fonte:G1

Tumores de laringe engrossam estatísticas do câncer

27/02/2012

As estimativas do câncer no Brasil e no mundo saltam a cada ano, colocando no topo do ranking de causas de morte, atrás apenas das doenças cardiovasculares. Levantamento do Instituto Nacional do Câncer (Inca) û Estimativa 2012 û Incidência de Câncer no Brasil ûaponta sete novas localizações de tumores que vêm aumentando as estatísticas, entre elas o de laringe û um dos tipos mais comuns de câncer de cabeça e pescoço.

Segundo Fernando Cotait Maluf, chefe da Oncologia Clínica do Centro de Oncologia do Hospital São José, os tumores malignos de cabeça e pescoço correspondem a 6% de todos os tipos de câncer, respondendo por 644 mil novos casos e 352 mil óbitos a cada ano. Comum em pessoas com mais de 40 anos de idade, a manifestação desse tipo de tumor é até três vezes mais recorrente em homensdo que em mulheres.

A população masculina sofre mais as consequências do vício do cigarro. O tabagismo û além de fazer mal aos pulmões û é a causa de 95% dos casos de câncer de laringe. O álcool não fica longe dos principais fatores de risco para esse tipo de tumor, ainda mais quando associado ao vício do cigarro.

ôO tabagismo e o álcool são os grandes responsáveis pela maioria dos tumores de cabeça e pescoço, especialmente quando associados. Fumantes û e ao mesmo tempo etilistas û apresentam risco de 40 a 100 vezes maior de desenvolver um câncer de laringeö, ressalta o especialista.

Os fatores que influenciam o aparecimento do câncer de laringe não param por aí. A própria poluição e infecções pelo papilomavírus humano (HPV) contribuem para alavancar as estatísticas.

Fonte:EsteticDerm
http://www.esteticderm.com.br/?p=2561

Rooney não se recupera de infecção na garganta e fica fora de amistoso entre Inglaterra e Holanda

27/02/2012

Wayne Rooney, atacante do Manchester United, foi descartado do amistoso entre Inglaterra e Holanda, na quarta-feira, por conta de uma infecção na garganta, disse o técnico do clube, Alex Ferguson. A informação é da agência de notícias ôReutersö.

Rooney ficou fora da derrota do United para o Ajax pela Liga Europa na última quinta-feira, e também da vitória de 2 a 1 sobre o Norwich City, no sábado, pelo Campeonato Inglês.

ôWayne ainda não se recuperou da infecção na garganta. Esperamos tê-lo à disposição no domingo que vem, porque temos uma partida importanteö, disse Ferguson.

Fonte:Globoesporte.com
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/2012/02/problema-na-garganta-tira-rooney-do-amistoso-entre-inglaterra-e-holanda.html

Veja a repercussão na mídia sobre os cuidados com a voz no Carnaval

27/02/2012

Clique para visualizar

 

Lady Gaga diz que bulimia quase acabou com sua voz

17/02/2012

Cantora diz que ácido estomacal afetou cordas vocais quando sofria da doença

A cantora Lady Gaga disse, durante uma conferência para mulheres na Califórnia, que sofria de bulimia e que a doença quase a fez perder a voz. Segundo ela, o ácido estomacal estava destruindo suas cordas vocais. "É mais fácil falar sobre isso agora que eu não faço mais. Eu vomitava o tempo todo no colégio, mas a bulimia deixou minha voz ruim, então, tive de parar. Mas, mesmo para vocês que não cantam, talvez não haja um motivo que as force a parar antes que seja tarde demais. A bulimia é uma doença muito perigosa", disse a cantora.

Gaga afirmou que começou a sofrer da doença porque queria comer os pratos que seu pai preparava, como macarrão e almôndegas. "Eu sempre falava para ele: 'Pai, por que você nos dá essa comida? Eu preciso emagrecer'. E ele dizia: 'Coma o seu espaguete'. Eu queria ser uma bailarina magrela, mas eu era uma italiana voluptuosa que comia almôndegas toda noite".

http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/lady-gaga-diz-que-bulimia-quase-acabou-com-sua-voz

Fonte:Veja Online

Novas drogas permitem tratar câncer de laringe sem cirurgia

15/02/2012

Tratamento tradicional era a remoção completa da laringe, mas novo tratamento modificou esse cenário

Se os números demonstram um cenário avassalador para a incidência de câncer ù mais de 500 mil novos casos previstos para 2012, segundo o Instituto nacional do Câncer (Inca) ù, a boa notícia fica por conta do avanço da medicina para o tratamento da doença. No caso do tumor de laringe, tipo de câncer contra o qual luta o ex-presidente Lula, o tratamento tradicional era a laringectomia total, ou seja, a remoção completa da laringe. No entanto, protocolos de tratamentos que incorporaram a quimioterapia à radioterapia modificaram esse cenário.

De acordo com o médico Fernando Cotait Maluf, chefe da Oncologia Clínica do Centro de Oncologia do Hospital São José, houve avanço no desenvolvimento de drogas quimioterápicas mais eficazes e no modo mais efetivo de combiná-las à radioterapia, sem contar a modernização das técnicas de radioterapia. Estudos recentes demonstram que entre 70 e 80% dos pacientes que passam pelo procedimento têm seu tumor erradicado sem a necessidade de cirurgia.

Os tumores malignos de cabeça e pescoço correspondem a 6% de todos os tipos de câncer, respondendo por 644 mil novos casos e 352 mil óbitos a cada ano. Comum em pessoas com mais de 40 anos de idade, a manifestação desse tipo de tumor é até três vezes mais recorrente em homens do que em mulheres.

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2012/02/novas-drogas-permitem-tratar-cancer-de-laringe-sem-cirurgia-diz-oncologista-3662336.html

Fonte:Zero Hora, 13/02/2012

Incidência dos tumores da cabeça e pescoço está a aumentar nos jovens

15/02/2012

Mais de 90% dos tumores da cabeça e pescoço ocorrem em pessoas acima dos 40 anos, mas a sua incidência nos grupos etários mais jovens está a aumentar. O diagnóstico precoce é muito importante, pois quando ele é feito tardiamente compromete o prognóstico da doença, avança comunicado de imprensa.

ôOs médicos otorrinolaringologistas têm um papel fundamental na detecção destes tumores numa fase inicial. É preciso estar atento aos sinais de alerta, como o aparecimento de um ôcaroçoö no pescoço, alterações na voz como a rouquidão,  dificuldade ou dor ao engolir, aparecimento de sangue na saliva ou na boca, uma dor persistente no ouvido e alterações na pele da face ou do pescoçoö, explica José Saraiva, Coordenador da Unidade de Otorrinolaringologia do Hospitalcuf Descobertas.

O especialista acrescenta: ôOs principais fatores de risco dos tumores da cabeça e pescoço são o tabaco e o álcool (associados aos tumores da cavidade oral, faringe e laringe), a infecção pelo papiloma vírus (HPV), a exposição solar excessiva e a exposição a certos produtos industriais. Uma dieta pobre em vegetais e frutas e a má higiene oral aparecem também frequentemente associadas a um aumento do risco de desenvolver tumores da cavidade oral e faringeö.

http://www.pop.eu.com/news/6460/26/Incidencia-dos-tumores-da-cabeca-e-pescoco-esta-a-aumentar-nos-jovens.html

Fonte:Portal de Oncologia PortuguÛs, 14/02/2012

Projeto na Câmara institui política de saúde vocal para professores

15/02/2012

Tramita na Câmara projeto que institui a Política Nacional de Saúde Vocal. O objetivo é avaliar e tratar questões relativas às condições de saúde da voz dos profissionais de ensino público e privado, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com a proposta (Projeto de Lei 2776/11), do deputado Saraiva Felipe (PMDB-MG), os professores deverão realizar exames médicos e fonoaudiológicos, com a finalidade de detectar indícios de alterações vocais ou patologias na laringe; participar de programas de prevenção, de recuperação e de capacitação; além de outras atividades.

De acordo com o texto, os exames serão realizados por equipe interdisciplinar dotada de médicos, psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais, com experiência comprovada na área de voz.

http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/SAUDE/409424-PROPOSTA-INSTITUI-POLITICA-DE-SAUDE-VOCAL-PARA-PROFESSORES.html

Fonte:AgÛncia CÔmara de NotÝcias, 13/02/2012

Lula é internado com inflamação de laringe e esôfago

13/02/2012

O ex-presidente deve prosseguir com o tratamento de radioterapia nesta segunda-feira

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado no último sábado (11)no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com queixas de perda de apetite e fadiga, segundo boletim médico divulgado no início da noite. Após avaliação, a equipe médica constatou "apenas a presença de inflamação de mucosa da laringe e esôfago", consequência das sessões de radioterapia às quais Lula foi submetido.

Ele deve retomar o tratamento radioterápico nesta segunda-feira (13), como já era planejado. Os médicos que estão cuidando do ex-presidente afirmaram que exames realizados no decorrer da tarde de sábado mostraram sinais de desidratação e pigarro na garganta. Segundo os médicos, Lula está clinicamente bem, já consegue se alimentar normalmente e faz sessões de fisioterapia para ajudar na retirada da secreção da garganta. O ex-presidente ainda não tem previsão de alta.

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2012/02/lula-e-internado-com-inflamacao-de-laringe-e-esofago-1.html

Fonte:G1, 13/02/2012

Whitney Houston, a voz de ouro se cala aos 48 anos

13/02/2012

A diva do pop vendeu 170 milhões de discos em 25 anos e foi a primeira artista a emplacar sete singles consecutivos no topo das paradas

Com um físico de modelo e uma voz potente e luminosa, a americana Whitney Houston, que morreu no sábado em Beverly Hills aos 48 anos, teve uma das carreiras mais brilhantes no mundo contemporâneo do pop, mas sua trajetória foi ofuscada por problemas com as drogas abundantemente retratados pela imprensa.

A causa da morte ainda não foi divulgada, apenas se sabe que ela foi encontrada morta por um integrante de sua equipe na banheira de uma suíte no quarto andar do Beverly Hilton, hotel de Los Angeles.A estrela, vencedora de 26 American Music Awards e seis Grammy, tinha a seu lado números astronômicos para comprovar o sucesso. Segundo o site oficial da cantora, Whitney vendeu 170 milhões de discos em 25 anos e foi a primeira artista a emplacar sete singles consecutivos no topo das paradas, segundo a imprensa especializada.

Whitney Houston incursionou pelo mundo do cinema como "O Guarda-Costas" (1992), ao lado de Kevin Costner. A trilha sonora do filme se tornou uma das mais vendidas do planeta, em parte graças à balada soul "I Will Always Love You", na que Houston demonstra o encanto de uma voz extraordinariamente ágil, potente e até explosiva, de grande fôlego e insolentes agudos.

Os problemas vocais de Whitney

Em 2008, Whitney Houston teve de fazer aulas de canto, porque a sua voz foi destruída pelos anos de tabaco e abuso de drogas pelos quais passou a cantora e atriz. De acordo com o tabloide inglês Daily Mirror, os vícios de uma das maiores divas do mundo da música deixaram as suas habilidades vocais ôquase irreconhecíveisö, durante a gravação de um novo trabalho, após anos .A situação estava tão crítica na época que o executivo da editora Clive Davis viu-se obrigado a enviar Whitney para terapia da voz e aulas de canto, nas quais se gastaram ômilhares de dólaresö.

Em setembro de 2009 retorna com um novo álbum, "I Look toYou".De maneira geral, o disco foi bem recebido pela crítica, apesar da voz menos potente da cantora.

Whitney Houston nasceu em 9 de agosto de 1963 em Newark (Nova Jersey)."Posso resistir à dor, mas minha vida não se limita a isto", canta Whitney Houston em "Nothin' But Love", single que deu nome a sua última turnê mundial, em 2010.

Confira a repercussão na mídia sobre as 10 Dicas para os professores cuidarem bem da voz durante as aulas. Veja as matérias

13/02/2012

Clique para visualizar

Lula venceu o câncer, afirmam médicos

10/02/2012

O câncer na garganta do qual o ex-presidente Luís Inácio Lula Silva sofria regrediu a zero, segundo os médicos do Hospital Sírio Libanês responsáveis pelo seu atendimento. O tratamento do ex-presidente acaba na sexta-feira, 17, véspera do carnaval. Hoje, Lula passou por mais uma sessão de quimioterapia. A partir de agora, o tratamento será mais leve.

Lula foi informado da notícia há cerca de duas semanas. Apesar da cura, os médicos vão manter o tratamento com radioterapia e quimioterapia até o final, como uma medida de precaução. Só depois de concluído o tratamento é que eles anunciarão oficialmente que Lula está curado. 

O ex-presidente foi diagnosticado com tumor localizado de laringe depois de realizar exames no dia 29 de outubro do ano passado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após queixas de dores de garganta.

http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/77848_LULA+VENCEU+O+CANCER+AFIRMAM+MEDICOS

Compositor busca voz especial para 'nota nunca cantada antes'

08/02/2012

O compositor britânico Paul Mealor está à procura de uma voz masculina capaz de alcançar notas tão graves que talvez nunca tenham sido cantadas antes.

Paul Mealor é do País de Gales e tem 36 anos. No ano passado, foi convidado a compor uma peça para a cerimônia de casamento do príncipe William. Ele também foi notícia no Natal ao emplacar uma de suas composições na cobiçada posição número 1 da parada britânica. Agora, o músico e sua gravadora, Decca, anunciaram que estão em busca de um baixo profundo capaz de realizar um feito extraordinário: cantar um mi quase três oitavas abaixo do chamado dó central.

A especialista em voz e professora de canto paulistana Beth Amin, ouvida pela BBC Brasil, afirma não ter conhecimento de que alguém possa alcançar essa nota. "Nunca ouvi alguém chegar a essa nota, mas sabemos que as vozes mais graves do mundo estão no leste europeuö, disse.

Amin explicou que estilos de canto praticados na Mongólia e por monges tibetanos podem produzir sons bastante graves. "Esses cantores usam as estruturas em torno da laringe, como a língua e o nariz, para alterar o som emitido pela corda vocal e produzir uma frequência mais grave. Mas não existe flexibilidade e é muito difícil de cantar melodias nesse registro", conclui a especialista.

Não há indícios de que Mealor esteja, no entanto, procurando cantores que atuam fora da tradição ocidental de canto lírico. A busca da voz está sendo feita por meio de revistas especializadas e também por um website. As gravações devem ter início na primavera britânica.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/02/120206_compositor_procura_voz_mv.shtml

Especialistas ensinam a cuidar das cordas vocais como os cantores fazem

08/02/2012

Aprenda com a reportagem como não ter problemas de rouquidão ou calos

O que há de parecido no trabalho de Ivete Sangalo, cantores de pagode, professoras de escola e apresentadores de TV? Todos eles precisam usar a voz para trabalhar.E como ter um preparo vocal para falar ou cantar, sem danificar sua voz?
Aprenda aqui os cuidados com profissionais para não ter problemas de rouquidão ou calos nas cordas vocais.

Clique aqui para ver o vídeo da reportagem.

http://noticias.r7.com/saude/noticias/especialistas-ensinam-a-cuidar-das-cordas-vocais-da-forma-como-ivete-sangalo-e-outros-famosos-fazem-20120207.html?question=0

Fonte:R7

Dia Mundial do Câncer alerta sobre os riscos da doença

06/02/2012

No último dia 4 de fevereiro, o mundo voltou as suas atenções para o Dia Mundial do Câncer. No Brasil, não poderia ser diferente, já que dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) servem como alerta máximo contra esta doença. Além disso, o câncer de laringe está entre os tipos de câncer com maior incidência no Brasil.

Outro dado preocupante do Inca mostra que só em 2012 serão registrados cerca de 520 mil novos casos de câncer no Brasil. A doença atinge cerca de 10 mil brasileiros todos os anos, e estima-se ainda um milhão de novos casos de câncer no país até 2014.

Apesar dos avanços reconhecidos nas áreas de diagnóstico, pesquisa e tratamento na luta contra o câncer, este mal continua sendo a principal causa de morte no mundo. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 12,7 milhões de pessoas são diagnosticadas todo o ano com câncer e 7,6 milhões morrem vítimas da doença no mundo.

http://suadieta.com.br/Materias/1781/saude/dia-4-de-fevereiro-dia-mundial-do-cancer

Fonte:Sua dieta û Terra, 04/02/2012

Portugueses morrem cada vez mais vítimas de cancro na laringe

06/02/2012

As mortes por cancro aumentaram 12 por cento em 2010, ano em que quase 25 mil portugueses morreram devido a um tumor maligno, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, os casos na laringe, brônquios e pulmão são os que provocam mais mortes em Portugal (4046), seguindo-se o cancro do cólon (2650 mortes), do estômago (2323), do tecido linfático (2009) e da próstata (1786 casos mortais).

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=523914&tm=2&layout=121&visual=49

http://suadieta.com.br/Materias/1781/saude/dia-4-de-fevereiro-dia-mundial-do-cancer

Fonte:RTP NotÝcias

Rio Grande do Sul tem a maior incidência de tabagismo do Brasil

06/02/2012

O Rio Grande do Sul é o estado que apresenta maior incidência de pessoas que fumam no país û cerca de um quinto da população adulta û segundo o coordenador do programa de Controle do Tabagismo do Complexo Hospitalar da Santa Casa de Porto Alegre, o pneumologista Luiz Carlos Corrêa da Silva. Para o especialista, a maioria dos fumantes gaúchos, que totaliza 19% dos adultos, não avalia o grau de periculosidade que o tabaco representa.

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) revelou também que o Rio Grande do Sul é o Estado com maior taxa de mortalidade pelo fumo, com 0,036 para cada mil habitantes. O estudo mostra que, em relação aos estados com maiores médias de morte por tabaco, o RS possui 17 municípios na lista, e três deles ocupam as três primeiras posições: Caseiros, com 0,328; São Valério do Sul, 2,647 e São João da Urtiga, 0,202.

http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=389319

Fonte:Correio do Povo, 06/02/2012

Lei que proíbe fumo em locais fechados completa dois meses de sanção

03/02/2012

Desde o dia 15 de Dezembro de 2011, está em vigor à lei que proíbe o fumo em ambientes fechados de todo o país. A lei acaba com as exceções e proíbe o fumódromo em todo o território nacional, ou seja, acabaram também as salinhas destinadas aos fumantes nas empresas e até os hotéis, tem que ter quartos específicos para quem usa cigarro. Leis parecidas, na Inglaterra, contribuíram para queda de 21% nos casos de infarto. E já traziam benefícios em cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Paraná e em São Paulo.

O que há por trás do cigarro - Até setecentos aditivos químicos talvez entrem nos ingredientes utilizados na fabricação de cigarros, mas a lei permite que os fabricantes guardem a lista em segredo. No entanto, constam entre os ingredientes matais pesados, pesticidas e inseticidas. Alguns são tão tóxicos que é ilegal despejá-los em aterros. Aquela atraente espiral de fumaça está repleta de cerca de 4.000 substâncias, entre as quais acetona, arsênico, butano, monóxido de carbono e cianido. Os pulmões dos fumantes e de quem está perto ficam expostos a pelo menos 43 substâncias comprovadamente cancerígenas.

A lei antifumo impede ainda fabricantes de mostrarem suas marcas em eventos musicais e esportivos. E, a partir de 2016, torna os maços ainda mais assustadores, ou realistas, com mensagens de advertência também na parte da frente. O valor da multa para quem desrespeitar a lei ainda depende de uma regulamentação.

O fumo está relacionado a doenças como câncer da boca, laringe, gargantas, esôfago, pâncreas, estômago, intestino delgado, bexiga, rins e colo do útero; derrame cerebral, ataque cardíaco, doenças pulmonares crônicas, distúrbios circulares, úlceras pépticas, diabetes, infertilidade, bebês abaixo do peso, osteoporose e infecções dos ouvidos. Pode-se acrescentar ainda o perigo de incêndios, já que o fumo é a principal causa de incêndios em residências, hotéis e hospitais.

http://www.oriobranco.net/component/content/article/29-destaque/22639-lei-que-proibe-fumo-em-locais-fechados-completa-dois-meses-de-sansao.html

Fonte:O Rio Branco

Formol pode causar tumor na laringe

01/02/2012

O formol começou a ser usado para alisar os cabelos há dez anos, nos salões de beleza do subúrbio do Rio de Janeiro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o formol está relacionado ao aparecimento de tumores no nariz, na boca, na faringe, na laringe e na traqueia. Também pode atacar o fígado. O câncer pode levar anos para aparecer. 

Por conta do uso em alisamentos, em 2009 a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de formol puro no país todo. Mesmo assim, ele continuou sendo usado agora com outros nomes: escova inteligente, marroquina, egípcia, de chocolate etc. ôSe as pessoas começaram a usar esse procedimento nas mulheres a partir de 2000, lá para 2020 ou 2030 a gente pode ter uma mudança no perfil dessa doença no Brasilö, prevê a epidemiologista do Inca.

A comerciante Mariluz de Souza procurou um salão de beleza em Cuiabá para fazer um alisamento nos cabelos e deixou bem claro para cabeleireira. ôDisse que eu não queria que fizesse escova com formol. Ela respondeu que a dela não continha formolö, afirma Mariluz. Entretanto, fotos tiradas ainda no hospital mostram que o corpo da comerciante reagiu com muita força a uma intoxicação. Ela estava com a face inchada e com feridas no couro cabeludo, perdendo parte do cabelo.

A profissional que atendeu Mariluz afirmou ter aplicado um produto com pouquíssimo formol: 0,2%. Nessa quantidade, autorizada pela Anvisa, o formol atua apenas como conservante e não provoca riscos à saúde. Se a mistura alisar, é porque tem mais formol do que devia.

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2012/01/saloes-de-beleza-usam-formol-acima-do-limite-permitido-diz-uerj.html

http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1678073-15605,00.html

Fonte:G1, Programa Fantßstico û TV Globo

Datena e Adele passam bem após cirurgia na garganta

01/02/2012

Datena passa bem após cirurgia e volta a apresentar o Brasil Urgente
O apresentador teve alta no dia seguinte à cirurgia da garganta e poucos dias depois retornou ao seu posto do programa da Band

Depois da cirurgia na garganta na quinta-feira (26) para a retirada de um pólipo das cordas vocais, o apresentador voltou ao comando do programa Brasil Urgente, da Band. A notícia foi dada pelo próprio jornalista em seu Twitter. ôDaqui a pouco, às 17h, de volta ao Brasil Urgente! Me ajuda aí!ö, escreveu o apresentador.

A recuperação

Depois da cirurgia, o apresentador recebeu alta no dia seguinte e prosseguiu com a recuperação em casa. Na rede social, Datena também agradeceu o carinho do público. ôJá em casa, descansando. Muito legal saber como tem gente de bem que se importa com você. Agradeço a cada oração e mensagem, de coração!ö, disse.

O apresentador teve que ser operado para a retirada de um pólipo, uma lesão nas cordas vocais que causa incômodo e rouquidão. A cirurgia estava marcada para fevereiro, mas devido ao resultado dos últimos exames do apresentador, o processo cirúrgico teve que ser adiantado. 

Fonte: O Fuxico, 30/01/2012

http://ofuxico.terra.com.br/noticias-sobre-famosos/datena-volta-a-apresentar-o-brasil-urgente-nesta-segunda/2012/01/30-130163.html

 

Datena

Após cirurgia na garganta, Adele voltará aos palcos no Grammy
Cantora operou as cordas vocais nos Estados Unidos em 2011

A cantora britânica Adele voltará aos palcos pela primeira vez após a operação que fez na garganta na cerimônia do prêmio Grammy, que será realizado no dia 12 de fevereiro em Los Angeles, nos Estados Unidos."Vou cantar no Grammy. Faz tanto tempo que não faço isso que tinha começado a esquecer que era cantora. Estou com muita vontade. Até breve", escreveu nesta terça-feira a artista de 23 anos em sua conta no Twitter.

O álbum da cantora, "21", foi o mais vendido nesse século no Reino Unido. Adele realizou uma delicada operação nas cordas vocais nos EUA, motivada por uma hemorragia, e ao que tudo indica já está recuperada.

Fonte: G1, 31/01/2012

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/01/apos-cirurgia-na-garganta-adele-voltara-aos-palcos-na-entrega-do-grammy.html

Adele

Personalidades passam por cirurgias para tratar problemas vocais. Veja as matérias

26/01/2012

Datena remarca cirurgia na garganta para esta quinta-feira

José Luiz Datena irá se internar no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, 25, para ser operado na manhã seguinte

O apresentador José Luiz Datena (54) teve que adiar em dois dias a cirurgia para retirada de um pólipo em sua garganta, que estava marcada para esta terça-feira, 24. Em entrevista ao Muito+, da Band, ele explicou que foi preciso fazer alguns ajustes, mas irá se internar no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, 25, para operar na manhã seguinte.

A cirurgia será realizada pelo Dr. Paulo Pontes. Há risco de danos às cordas vocais de Datena, que irá operar justamente para evitar a perda total de sua voz.

Fonte: Revista Caras Online û UOL, 24/01/2012

http://caras.uol.com.br/noticia/datena-remarca-cirurgia-na-garganta-para-esta-quinta-feira#image0

José Luiz Datena

 

 

Basile é operado com sucesso de um nódulo na garganta

O treinador Alfio Basile, que tem como característica marcante o grave vozeirão no futebol argentino, foi operado nesta quarta-feira com sucesso de um nódulo na garganta, que lhe trazia rouquidão quando forçava as cordas vocais.

O técnico do Racing Club, 68 anos, foi operado com sucesso e "está de bom humor e contente", garantiram os médicos responsáveis pela cirurgia."A operação foi muito boa. Entrou tranquilo e agora está de bom humor e contente. Durante um período não poderá forçar a voz, apenas falar normalmente", disseram os médicos.

Fonte: Terra û Esportes, 25/01/2012

http://esportes.terra.com.br/futebol/noticias/0,,OI5577729-EI1832,00-Basile+e+operado+com+sucesso+de+um+nodulo+na+garganta.html

Alfio Basile

 

 

Após cirurgia de voz, Keith Urban aprende valor das palavras

O cantor passou por uma cirurgia em novembro para remover pólipos de uma corda vocal, o que fez os médicos lhe ordenarem descanso de voz por três semanas e o proibir de cantar até fevereiro.

Urban, que emplacou no primeiro lugar das paradas a canção "Long Hot Summer", co-escrita com Richard Marx, disse que enquanto esteve impossibilitado de falar seus outros sentidos se aguçaram, especialmente a audição.

Fonte: Reuters Brasil, 26/01/2012

http://br.reuters.com/article/entertainmentNews/idBRSPE80P02Z20120126

Keith Urban

Datena esclarece que não tem câncer

24/01/2012

Exames do apresentador revelaram a presença de um pólipo em suas cordas vocais

José Luiz Datena, 54 anos, aproveitou o programa "Muito +", na Band, para esclarecer que não tem câncer, mas sim um pólipo (tipo de lesão) nas cordas vocais, que causa incômodo e rouquidão. O jornalista se internou nesta segunda-feira, no Hospital Albert Einstein, onde será operado pelo médico Paulo Pontes, mesmo cirurgião de Silvio Santos, nesta terça.

De acordo com o jornal Agora São Paulo, a preocupação de Datena é grande. A cirurgia foi apressada por conta dos resultados dos exames. Segundo médicos ouvidos, se for benigno, a recuperação é rápida e em 15 dias, o paciente pode voltar ao trabalho. Se for um tumor, o tratamento requer outras medidas. O doutor Paulo Pontes não quis comentar o caso.

Fonte:Jornal O Dia

Presidente da ABORL-CCF marca presença na rádio CBN Campinas

24/01/2012

O Dr. Marcelo Hueb, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia (ABORL-CCF), que tem o braço científico da ABLV, concedeu entrevista à rádio CBN Campinas nesta terça-feira, 24/01, sobre os principais cuidados com a saúde da voz e sobre os problemas de audição causados pelo mau uso dos fones de ouvido.

Durante sua participação, o presidente comentou ainda sobre os trabalhos de orientação e conscientização desenvolvidos pelo órgão, como a Campanha da Voz, a Campanha Nacional da Saúde Auditiva e a Campanha Respire Pelo Nariz e Viva Melhor.

Maiores detalhes da entrevista, você pode conferir no site:
http://www.portalcbncampinas.com.br/noticias_interna.php?id=44731

Após três anos de tratamento contra câncer, paciente volta a falar. Veja a matéria

20/01/2012

Matéria sobre o tratamento do câncer de garganta, língua e esôfago de Nilton Armando dos Santos no site IG. Clique na imagem abaixo para ler a matéria completa.

Repercussão na Mídia sobre a referência do Brasil no tratamento do Câncer de Laringe

12/01/2012

Veja a divulgação na mídia sobre a referência e importância do Brasil no tratamento de câncer de laringe.

Veja a Divulgação sobre as 10 Dicas de Como Cuidar da sua Voz no Fim de Ano na Mídia

10/01/2012

Veja a Divulgação sobre as 10 Dicas de Como Cuidar da sua Voz no Fim de Ano na Mídia.

Deputado quer uso de microfones em sala de aula

20/12/2011

Deputado quer uso de microfones em sala de aula

O deputado Eurípedes Lebrão (PTN) apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa que dispõe sobre a autorização do uso de microfones por professores durante a ministração nas salas de aula, onde tenham mais de 31 alunos. Conforme o projeto a mesma medida também será obrigatória nas escolas privadas.

Para o parlamentar, a medida vai beneficiar os profissionais da educação que ministram aulas seguidas diariamente e também vai contemplar os alunos que poderão escutar melhor e assim, aprender com mais facilidade os ensinamentos que são ministrados.

Lebrão destacou que dados da Associação Brasileira de Laringologia e Voz apontam que a maioria dos educadores e de outras profissões que usam a voz com bastante frequência, não tem precaução contra o desgaste excessivo da sua laringe, o que representa 70% da população ativa do país.

Salientou que no caso dos educadores, após falarem num ambiente para mais de 30 pessoas deveriam fazer exercícios vocais, o que não acontece. ôMuitos professores iniciam suas aulas na parte da manhã e encerram à noite forçando as cordas vocais, e com isso, uma série de doenças laboraisö, observou.

De acordo com o deputado, a proposta visa garantir a saúde dos educadores, diminuindo o quadro de doenças na garganta dos professores, e com isso os gastos na saúde pública.

 

Fonte:Jornal Eletr¶nico Rond¶nia Ao Vivo

A primeira vitória contra o câncer

19/12/2011

Fonte:Revista Veja

Tabagismo cai nos EUA; cresce consumo de maconha

19/12/2011

O consumo de álcool e cigarros entre adolescentes americanos está nos menores níveis das últimas três décadas, mas o uso da maconha está crescendo, revela um estudo dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.

Cerca de 19% dos estudantes de ensino médio disseram ter consumido cigarros no último mês, número muito abaixo dos 36,5% registrados em meados da década de 1990. As taxas de tabagismo entre os adolescentes de todas as idades caíram no último ano. Os cientistas dizem que a regulamentação de locais 100% livres de tabaco e o aumento do preço dos cigarros reduziu o número de fumantes. Ainda que o álcool continue sendo popular entre os jovens, as taxas de consumo compulsivo entre os menores de idade também apresentaram quedas significativas.

Em geral, o consumo de álcool e cigarros entre os adolescentes se encontra em seu menor nível desde que a pesquisa foi feita pela primeira vez, em 1975. No entanto, o consumo de maconha aumentou em 2011 pelo quarto ano consecutivo, o que implica um forte contraste com a queda drástica da década anterior. O uso diário de maconha está em seu pico mais alto em 30 anos entre estudantes de ensino médio, segundo dados do estudo. Entre os adolescentes do último ano escolar, 36,4% disseram ter fumado maconha no último ano e 6,6% notificaram consumo diário.

A pesquisa anual, feita University of Michigan, ouviu quase 47 mil alunos de 400 escolas públicas e privadas. A pesquisa deste ano incluiu pela primeira vez perguntas sobre maconha sintética, uma mistura de ervas, especiarias e químicos que costuma ser conhecida por Spice ou K2. Mais de 11%  dos estudantes informaram ter consumido essa substância no ano anterior. Até pouco tempo atrás, era possível conseguir a substância legalmente pela internet e nos comércios. Mas neste ano, alguns químicos sintéticos foram proibidos.

Fonte:EstadÒo

Câncer de Lula regrediu 75%

14/12/2011

O ex-presidente teve boas notícias, nesta segunda, ao saber dos resultados de exames realizados


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez uma bateria de exames para avaliar os resultados de seu tratamento e recebeu boas notícias. Os exames mostram que o tumor na laringe de Lula regrediu 75% graças a quimioterapia.

O médico do ex-presidente, Roberto Kalil, afirmou neste segunda em entrevista coletiva que Lula e todos da equipe que cuida dele ficaram muito aliviados. "A melhora acima do esperado até surpreendeu a equipe médica. Foi uma redução extraordianária", disse um outro membro da equipe, Artur Katz.

De acordo com os médicos responsáveis, não será preciso fazer uma cirurgia. No entanto, em janeiro o ex-presidente iniciará a o tratamento de radioterapia, que será feito durante seis a sete semanas todos os dias.

Fonte:Dißrio de S. Paulo

Câncer de laringe é novo foco da Campanha da Voz

14/12/2011

Há mais de 10 anos, o mês de abril é o mês da voz, época em que a Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) intensifica seus trabalhos de conscientização com a Campanha Nacional da Voz. Porém, os preparativos já estão começando, com o objetivo de alertar a população a se prevenir contra o câncer de laringe, doença que há meses toma conta da mídia depois do diagnóstico do ex-presidente Lula.

Até o ano de lançamento da campanha, em 1999, o câncer de laringe vitimava 15 mil brasileiros por ano, sendo 8 mil casos fatais, segundo dados da OMS. Em cada edição da Campanha, são atendidas e orientadas cerca de 40 mil pessoas, número que se repete anualmente desde então.

O enfoque da Campanha para esse final de ano, bem como no ano que vem, será para a prevenção, conscientização e informação sobre esse mal, que atinge 10 mil pessoas no Brasil todos os anos, segundo dados recentes do Instituto Nacional do Câncer (INCA), e surge principalmente com a ingestão excessiva de álcool e o vício de fumar. Além disso, pacientes com câncer de laringe que continuam a fumar e beber têm probabilidade de cura diminuída e aumento do risco de aparecimento de um segundo tumor primário na área de cabeça e pescoço.

Além de tudo isso, há uma estimativa de um milhão de novos casos de câncer nos próximos dois anos no país, segundo o INCA. Outro dado preocupante da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de incidência deste tipo de tumor, perdendo apenas para a Espanha.

Para que a população saiba como se prevenir desse mal, e sabendo que, hoje, a chance de cura de um câncer de laringe é alta, especialmente se ele é descoberto no momento em que ele está confinado na região onde se iniciou, a ABLV irá trabalhar fortemente com a sua campanha para evitar que esses números sejam grandes nos próximos anos no país.

Divulgação da Campanha:

   

 

Fonte:Jornal Brasil, O Documento e Gazeta Digital

Lula chega a hospital para 3ª e última sessão de quimioterapia

12/12/2011

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou por volta das 7h30 desta segunda-feira ao hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para a terceira e última sessão da quimioterapia contra o câncer de laringe identificado no fim de outubro. Além de receber a medicação, Lula deve ser submetido a uma bateria de exames para avaliar a resposta às outras duas sessões de quimioterapia a que foi submetido.

Os médicos preveem submeter Lula a uma sessão de radioterapia no início de 2012. O presidente venezuelano, Hugo Chávez, havia marcado para domingo um encontro com Lula. Entretanto, devido às fortes chuvas que atingem o seu país, Chávez cancelou a viagem ao Brasil e à Argentina, onde acompanharia a posse da presidenta Cristina Kirchner para mais quatro anos de mandato.

O câncer de Lula

Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.

O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

Fonte:Terra

Moda do narguilé resiste, atrai jovens e preocupa médicos

07/12/2011

Moda do narguilé resiste, atrai jovens e preocupa médicos

Jovens e até crianças têm sido vistos em locais públicos de Maringá usando um apetrecho perigoso: o narguilé. Como em Maringá o uso é proibido por lei apenas em bares, lanchonetes e casas noturnas, não há o que os impeça de usar em praças e esquinas.

O problema, como alerta o médico otorrino Angelo Panerari, é que os produtos consumidos nesses cachimbos provocam problemas de saúde, que são potencializados quanto menor for a idade do consumidor. "Depende do produto utilizado, mas eles causam diretamente dois problemas: um térmico e um químico, com enormes danos", explica.

Conhecido como ôhookahö nos países de língua inglesa, ou por ôshishaö na África, o narguilé se popularizou no Brasil, principalmente entre jovens, a partir de uma novela de televisão que mostrava costumes árabes. O que parecia ser uma moda inocente, pode se tornar um sério problema de saúde pública para o País.

A Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) recomenda um veto ao uso do aparato em todo o território nacional. Conforme o ex-presidente da instituição, Jeferson Sampaio DÆÁvila, não há níveis seguros para o consumo de tais substâncias, uma vez que envolve fumo, álcool e outras drogas mais potentes, à disposição de crianças. "O que agora é difundido como moda, mais tarde pode causar doenças típicas do consumo excessivo e contínuo de tais agentes. Problemas nas cordas vocais, como a rouquidão, tumores, e até mesmo o câncer de laringe, podem futuramente acometer os usuários", adverte o médico.

Especialistas em doenças respiratórias estimam que 50 tragadas são suficientes para viciar. Estudo realizado pela UNB (Universidade de Brasília) mostra que 80 minutos de narguilé equivalem a 100 cigarros.

Uma pesquisa, realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), com 3.189 universitários e divulgada em agosto, mostrou que a "moda" já é a segunda (depois do cigarro) forma mais frequente de consumo do tabaco entre esses jovens. "Apesar de haver poucos estudos que avaliem os riscos específicos do cachimbo dÆágua, sabe-se que não existe segurança em consumir nenhum tipo de tabaco em nenhuma quantidade", diz Jefferson Gross, cirurgião torácico e diretor do Instituto.

Consequências

Para o médico Angelo Panerari, não há como prever as consequências em longo prazo do consumo continuado do cachimbo. "A curto e médio prazo pode provocar problemas na voz e na garganta, por causa do aumento do calor na área. A longo prazo, os efeitos dos produtos químicos são devastadores. Podem provocar inclusive câncer de garganta", avisa.

Uma nocividade que não preocupa o menor AC, de 15 anos, que mora noJardim Novo Horizonte e, diariamente, junto com três ou quatro amigos, fazem sessões de narguilé. "Não dá nada não, é gostoso, a gente fica conversando e fumando". "Não acredito no que falam por aí. Narguilé não faz mal", completa outro garoto, aparentando ainda menos idade. Eles garantem que os pais sabem que eles usam o cachimbo e não se importam. "Às vezes a gente fica até a meia-noite aqui. O pai acha melhor a gente ficar aqui papeando, onde ele sabe o que está fazendo, que andando por ai."

Fonte:O Dißrio.com

Deputado quer uso de microfones em sala de aula

06/12/2011

Deputado quer uso de microfones em sala de aula

O deputado Eurípedes Lebrão (PTN) apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa que dispõe sobre a autorização do uso de microfones por professores durante a ministração nas salas de aula, onde tenham mais de 31 alunos. Conforme o projeto a mesma medida também será obrigatória nas escolas privadas.

Para o parlamentar, a medida vai beneficiar os profissionais da educação que ministram aulas seguidas diariamente e também vai contemplar os alunos que poderão escutar melhor e assim, aprender com mais facilidade os ensinamentos que são ministrados.

Lebrão destacou que dados da Associação Brasileira de Laringologia e Voz apontam que a maioria dos educadores e de outras profissões que usam a voz com bastante frequência, não tem precaução contra o desgaste excessivo da sua laringe, o que representa 70% da população ativa do país.

Salientou que no caso dos educadores, após falarem num ambiente para mais de 30 pessoas deveriam fazer exercícios vocais, o que não acontece. ôMuitos professores iniciam suas aulas na parte da manhã e encerram à noite forçando as cordas vocais, e com isso, uma série de doenças laboraisö, observou.

De acordo com o deputado, a proposta visa garantir a saúde dos educadores, diminuindo o quadro de doenças na garganta dos professores, e com isso os gastos na saúde pública.

 

Fonte:Jornal Eletr¶nico Rond¶nia Ao Vivo

Datena passa por cirurgia na garganta nesta terça-feira

23/01/2011

Datena passa por cirurgia. O apresentador se interna na noite desta segunda-feira (23) no hospital Albert Einstein. Nesta terça-feira, o apresentador da Band vai operar um problema na garganta. 
A cirurgia estava marcada para o mês que vem, mas uma alteração nos exames apressou o procedimento. Há risco de ele ficar sem voz.

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/01/divirta_se/noticias/famosos/1099760-datena-passa-por-cirurgia-na-garganta-nesta-terca-feira.html

Fonte:Gazeta Online

Bookmark and Share
Desenvolvido por GN1

Copyright 2005-2019 - Academia Brasileira de Laringologia e Voz

Av. Indianópolis, 1287 - Planalto Paulista - São Paulo - SP - Fone: (11) 5053.7500